Guia completo de CopenhagueCopenhague, Dinamarca. Ph: Fedor Selivanov via Shutterstock

Guia completo de Copenhague: viagem, hotéis, roteiros de turismo e mais

Tem coisas que só o Festivalando faz por vocês. Por exemplo, um guia completo de Copenhague, bem aqui, aberto e disponível. Decidimos fazer um post reunindo tudo que já publicamos sobre a capital dinamarquesa, uma das nossas cidades preferidas no mundo!

Organizamos dicas que vão te ajudar desde a fase de apenas sonhar até aquela de planejar e partir para a ação. Mas nosso guia completo de Copenhague é assim: cheio de macetes preciosos de quem morou na Dinamarca por um ano e curte muita música e festivais. Daí, além de ter o conteúdo que outros guias pagos poderiam ter, ainda tem aquele plus do turismo musical, que só a gente sabe incluir nos roteiros, né?

Guia completo de Copenhague: conheça a capital dinamarquesa

onde ficar em copenhague

Igor Dymov via Shutterstock

Copenhague (København) é a capital da Dinamarca, uma das cidades porturárias mais importantes da Escandinávia e que mais ocupa lugar no meu coração. Desconfio que também é uma das que mais ocupam espaço no core da Pri também! O motivo para a gente gostar tanto desta cidade? Bom, melhor ler o post em que conto como a Escandinávia arruinou a minha vida!

Com mais de 1.213.822 habitantes, Copenhague é cosmopolita e moderna, mas também acolhedora. Foi lá que aprendi na prática o conceito de Hygge (verbo dinamarquês que resume a ação de fazer coisas para tornar qualquer ambiente acolhedor e feliz na comapania das pessoas queridas).

Limpa, moderna e organizada, lugar dos transportes pontuais e bem ramificados. Tudo ali é suave, leve de alguma maneira. Os dinamarqueses são alegres e gentis. Mas é melhor entender um pouco mais da cultura do país antes de sair fazendo coisas que possam incomodar. Já o clima, bem, não é assim lá o mais convidativo. E sempre há a certeza da chuva! Mas os dois verões que passei lá foram amáveis.

Primeiros passos: planejamento financeiro e estimativa de gastos

É preciso conhecer os possíveis gastos com uma viagem para poder decidir se ela cabe mesmo em nossos planos. Por isso, a gente fez as contas para saber quanto em média se gasta em uma viagem para Copenhague. No caso, fizemos as contas incluindo gastos com a ida ao festival Copenhell. Pra quem não pretende ir ao festival, basta subtrair os gastos com ingresso e transporte para o evento.

Também é preciso se planejar para levar dinheiro em cash. Neste post aqui fazemos cálculos e damos dicas sobre como fazer a troca no melhor câmbio em Copenhague.

Depois de colocar tudo isso na ponta do lápis e ver que talvez possa não caber, mantenha a calma! Temos um post com várias dicas para economizar em Copenhague.

Mãos à obra com as reservas: onde ficar e roteiros de turismo tradicional

onde ficar em copenhague

Nyhavn, Copenhague. Ph: Dmytro Shapoval via Shutterstock

Copenhague é uma cidade turística. Por isso, existe uma ampla oferta de hotéis e outros tipos de acomodação na cidade. O problema são os preços. Por isso, é bem importante o nosso post com dicas de onde ficar em Copenhague. Como as bicicletas fazem parte da cultura local, também aconselho você a dar uma olhadinha no nosso mini guia da bicicleta em Copenhague. Sabia que dá para alugar uma bike e sair fazendo turismo sobre duas rodas?

O roteiro de turismo básico em Copenhague pode ser feito em um dia. Te explicamos como conhecer as atrações turísticas mais importantes da capital em 24 horas neste post. Mas se você tem mais tempo e realmente deseja uma experiência imersiva num lugar icônico no país, melhor reservar um dia para conhecer a Christiania, a comunidade hippie alternativa de Copenhague.

Outro lugar que é um pedaço da história do país e merece uma visita é o Frilandsmuseet, que fica a meia hora do centro da cidade. Trata-se de um dos maiores museus a céu aberto na Europa. O Frilandsmuseet também parece um cenário de “faz de conta”!

Não se esqueça de tomar todas as providências para a sua viagem. Para isso, fizemos a Central de Reservas online do Festivalando. Nela você consegue descontos em passagens áreas, acomodações, seguro viagem e também o melhor câmbio para troca de moedas.

Turistar em CPH também é brincar

guia completo de copenhague

Tivoli. Ph: By Mordechai Meiri via Shutterstock

Os dinamarqueses possuem a fama de serem um dos povos mais alegres do mundo. Um dos motivos talvez sejam os parques. Em Copenhague, há pelo menos dois parques que você não pode deixar de ir: o Tivoli e o Bakken.

E claro que a história viking também não poderia ficar de fora. Pra isso, você precisa se deslocar até Roskilde, onde poderá conhecer o museu de barcos vikings da Dinamarca. Dependendo do dia da semana, é possível “brincar de ser viking” e fazer um passeio de barco super especial no museu.

Especial de Natal

Para quem viaja em datas próximas às comemorações natalinas, ainda tem um roteiro especial de turismo em Copenhague em dezembro. Com este roteiro, segue toda uma programação gastronômica de natal possível de se fazer por lá. E se ficar com vontade de dar presentes ou presentear a si mesmx, passe na Tiger. Eles têm presentes incríveis e baratinhos!

Onde comer em Copenhague?

A capital dinamarquesa também concentra muitas opções de cozinha internacional. Porém, nem sempre as coisas vão sair baratas. Por isso, temos um post com dicas de comer barato em Copenhague.

Em algum momento da sua viagem, não deixe de pedir para provar o hyldeblomst, refrigerante dinamarquês feito de flor  . Ele é super tradicional e tem uma bela história.

Turismo musical em Copenhague

guia completo de copenhague

Operaen CPH. Ph: Arva Csaba via Shutterstock

CPH é uma capital que respira música. Por isso, não é tão difícil esbarrar em lugares para se fazer turismo musical na cidade. Existe  um roteiro de turismo musical que atende ao clássico e alternativo e outro roteiro feito especialmente para quem ama  metal e rock.

Além disso, são muitos os cafés na cidade onde acontecem pequenos shows e jams, tanto entre anônimos como entre famosos. Há também cafeterias muito especiais, como esta aqui onde se pode tomar café, ouvir música e escolher vinis para comprar.

Os festivais que rolam em Copenhague e arredores

guia do roskilde

Per Lange/Roskilde Festival

Pra muita gente, o turismo musical é motivado pela ida aos festivais de música. Nos incluímos nesse grupo. Na verdade, chegamos até a Dinamarca por causa do Roskilde Festival, um dos maiores e mais antigos festivais de música no mundo.

Além dele, há festivais dentro da própria capital que merecem estar nos roteiros dos amantes de música. O Distortion, o maior festival de música eletrônica na Escandinávia é um deles. Assim como o Copenhell, para quem curte um som mais pesado.

Viagens “bate-volta” para fazer quando estiver em Copenhague

Caso você vá para Copenhague, considere conhecer melhor o país e também os vizinhos. Um dos bate-voltas mais baratos e mais legais é sem dúvida o CPH-Malmo. Malmo é uma cidade na Suécia que fica a menos de 1 hora de trem de Copenhague. Assim como CPH, Malmo é linda e merece uma visita.

Outras duas cidades dinamarquesas fáceis de serem acessadas a partir de CPH são Roskilde e Aalborg. Considere visitá-las!

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

 

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer com 2 colegas um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário sobre as Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Foi por paixão também que larguei um emprego público, para me aventurar pelo mundo dos festivais com a Pri.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta

Close