museus a céu aberto da europaMoinho do Museu Nacional da Dinamarca

Um dos maiores museus a céu aberto da Europa é de graça

Um dos maiores museus a céu aberto da Europa fica na Dinamarca e é de graça, por incrível que pareça. Nesse país onde tudo é tão caro que para comprar a janta você precisa vender o almoço, muitas atrações interessantes são gratuitas e a gente vai te dar dicas sobre elas. O Frilandsmuseet ou Museu Nacional da Dinamarca é uma delas. Quem vem para Copenhague, capital dinamarquesa, deve considerar uma visita a esse museu que fica a poucos minutos do centro, acessível por trem e ônibus.

Eu passo todo os dias na porta do museu e fico sempre com vontade de entrar de novo. Primeiro, pelo imponente moinho de vento, daqueles estilos europeus antigos, que se encontra logo na entrada. É o mesmo da foto de capa. Acho ele tão lindo que quase caio da bike ou quebro o pescoço de tanto ficar olhando para ele. E também pelo fato de o espaço estar sempre aberto para quem deseja fazer caminhadas ou pique nique. Há também um pomar com vários tipos de maçãs e algumas árvores castanheiras, tudo liberado para quem quiser comer. Acho que foi nesse pomar que provei as mais de 15 variedades de maçãs europeias.

museus a céu aberto da europa

pomar museu de lyngby

Frilandsmuseet, um dos maiores museus a céu aberto da Europa e cheio de história

Trata-se de um dos maiores e mais antigos museus a céu aberto da Europa- são 86 acres de terra, nos quais estão espalhadas mais de 100 construções históricas. Foi fundado em 1987 por um inspetor de museus, entusiasta da história dos povos antigos e casas do interior da Dinamarca. O museu conta essa história em cores, arquitetura, cheiros e sensações. No espaço, encontram-se várias fazendas, casas, celeiros, moinhos… todas construções originais das terras escandinavas – incluindo Suécia e Noruega. Tudo data de 1600 a 1900.

museus a céu aberto da europa

Instalações do museu Nacional da Dinamarca

Sensações

O cheiro exalado, obviamente, é bem coerente. As instalações cheiram a mofo e são tão frias quanto provavelmente eram as casas com sistemas menos eficientes de aquecimento. Há uma casa que mantém uma cozinha em funcionamento, para determinados eventos para relembrar a culinária tradicional dos povos nórdicos. No natal por exemplo, havia senhoras vestidas a caráter a fazer biscoitos dinamarqueses e pães tradicionais, além de cozinharem um ganso, abatido à moda antiga numa sala anterior.

Objetos, roupas, azulejos, utensílios, decoração e até mesmo uma revista feminina antiga são coisas que você encontra em algumas das casas. Os telhados típicos dos séculos 18 e 19 e todo o ambiente em que provavelmente viveram os famosos dinamarqueses Hans Christian Andersen, escritor, e o filósofo Søren A. Kierkegaard, na Dinamarca de apenas 1 milhão de pessoas…

museus a céu aberto da europa

Objetos no museu nacional da Dinamarca

Reserve o melhor hotel em Copenhague seguindo nossas dicas

Natureza

Em uma das entradas do museu há hortas com várias espécies de plantas, leguminosas, folhas, tudo o que era cultivado pelos nórdicos, tudo que resiste aos períodos mais frios e foi capaz de suprir as necessidades alimentares dos antigos. Há também espaço com animais que eram e ainda são domesticados naquela época. Lindas cabras e patos escandalosos foram os destaques da visita que fiz.

museus a céu aberto da europa

Animais no Museu Nacional da Dinamarca

Lá também tem um café e restaurante, que ficam abertos durante o expediente do museu. Então, caso não seja adepto de pique nique, ainda há a possibilidade de sentar-se para conversar sobre as exposições em um lugar charmoso que também oferece a culinária nórdica contemporânea. Há também uma loja de souvenirs para você gastar boas coroas em pequenos objetos escandinavos – desde danish design moderno à miniaturas de casinhas ou objetos dos tempos antigos.

Recomendo muito o passeio. Uma visita durante o verão é mais prazerosa, uma vez que se pode fazer pique nique, olhar com mais cuidado os jardins e plantas, animais…então, aqui algumas informações para quem tem planos de vir à capital da Dinamarca:

Frilandmuseet – Museu Nacional da Dinamarca

Endereço: Kongevejen 100, 2800 Lyngby
Transporte: a estação de trem mais próxima é a de Sorgenfri. Os ônibus 184 e 194 param na entrada principal do museu
Abertura: varia. Mas por agora, de terça a domingo, de 10.00 às 16.00
Para mais informações sobre horários de abertura no verão, bem como facilidades e serviços para cadeirantes, dê uma olhadinha no site.
Entrada: Gratuita!

Vai viajar para a Dinamarca? Faça agora o seu seguro viagem. Ele é exigido para entrar na Europa, e se você não apresenta-lo será barradx na migração. Além disso, é a garantia de que você estará amparadx caso haja algum imprevisto com a sua saúde. Aqui você pode pesquisar o melhor preço em várias seguradoras, comprar o que se adequar ao seu orçamento, conseguir um desconto e parcelar sem juros.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer com 2 colegas um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário sobre as Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Foi por paixão também que larguei um emprego público, para me aventurar pelo mundo dos festivais com a Pri.

1 comment

Add yours

Deixe uma resposta

Close