É chegada a segunda semana de dezembro. E com isso, a gente já vai começando a se preparar para um pequeno e merecido recesso. Porém, não sem antes fazer uma Retrospectiva Festivalando 2018. Afinal, a gente ama relembrar as delícias de viver na estrada em busca dos melhores festivais de música.

via GIPHY

Retrospectiva Festivalando 2018 –  o ano em que desbravamos o Brasil

2018 foi mesmo muito legal por aqui. Primeiro, porque foi o ano em que desbravamos outros estados do Brasil. Por si só, isso já é um grande feito, já que anos anteriores a gente concentrou muito a ida a festivais do Rio e São Paulo.

Coolritiba

A primeira aventura pra além das montanhas mineiras foi em Curitiba, no Paraná. Foi a vez de conhecer o Coolritiba e a lindeza da Pedreira Paulo Leminski. E será que o Coolritiba foi mesmo Cool? A gente conta tudo, é claro.

Federal Music

Também estivemos no Federal Music, no centro do país. Pra quem não sabe, o Distrito Federal é cheio de festivais legais, e o Federal Music é um bom representante da cena eletrônica. Contamos como foi a edição de 2018 aqui.

MADA

Mas um dos pontos mais altos da nossa guinada pelos festivais do Brasil foi a nossa participação no MADA! Além de tudo, fomos escolhidas pra ser embaixadoras do MADA em 2018. O festival foi sensacional, e a gente conta como foi aqui. Mas Natal também é uma atração a parte, e vai deixar saudades.

Antes de ir pra Natal a gente avisou lá no blog que o @festivalmada era uma oportunidade e tanto de juntar música e turismo. Não deu outra. Tem coisa melhor do que descarregar a lomba de festival na beira da praia? Entre um dia e outro do MADA deu tempo de conhecer um dos cartões postais da capital do Rio Grande do Norte, o Morro do Careca e a praia de Ponta Negra #festivalando #musicfestivals #music #festival #musicfestivalseason #summer #festivalmada #festivalmada20 #natal #pontanegra #praia #riograndedonorte #travel #viagem #blogger #travelblogger #trip #instatravel #igtravel #iamtb #traveltheworld #wanderlust #travel4life #photooftheday #travellife #travelgram #traveladdicts #passionpassport #morrodocareca #nofilter

Uma publicação compartilhada por Festivalando (@festivalando_) em

São Paulo já virou segunda casa

O nosso primeiro festival de 2018 foi o Planeta Brasil. Pra quem ainda não sabe, este é um festival mineirinho que vem crescendo e mostrando sua relevância no cenário nacional. Apesar de Minas ser a nossa casa, parece prudente dizer que São Paulo é a segunda morada do Festivalando.


Afinal, é terra do Lolla. E em 2018 fomos conferir o Lollapalooza Brasil em sua versão gigantesca. Além dele, que já é de praxe todo ano, também estivemos no Respect Festival e no Forró da Lua Cheia. E pra fechar, não tão com chave de ouro assim, nosso último festival do ano também foi em SP. O Proconload ou Poplorde (leia pra entender esses nomes carinhosos que demos ao Popload 2018).

Apesar de não ser Brasil, vale lembrar:como um Lolla puxa o outro, demos um pulinho no Lollapalooza Argentina também este ano. Inclusive, isso rendeu comparativos ótimos entre Lollas na Argentina, Chile ou Brasil, pra quem tá em dúvida 😉

Retrospectiva Festivalando 2018 – Repetecos e novidades na Europa

Graspop


Na temporada de verão dos festivais europeus em 2018, fomos de repeteco com o Graspop Metal Meeting. Afinal, a edição deste ano foi especial, com 4 dias. Porém, o Graspop XL teve lá seus percalços. Assim, a gente que já estava querendo fazer as pazes com o festival por conta da lama de 2016 acabou ficando no zero a zero. Mas não interpretem mal: amamos o Graspop e ele é sem dúvida um dos maiores festivais de metal da Euorpa na atualidade. Porém, existem falhas que a gente não pode ignorar. Afinal, não é um festival barato.

Zeeltje

Mas aproveitando a visita à região dos Países Baixos e Bélgica, também conhecemos um festival pequetito chamado Zeeltje. Porém, é preciso confessar que fomos atraídas por um único show, da Nashville Pussy. Zero arrependimento de ter atravessado a Holanda por isso. Afinal, saímos super no lucro com este festival.

Rock in Rio Lisboa e Download Madri

Além disso, 2018 também foi o ano em que finalmente conhecemos a filial do Rock in Rio em Lisboa, com direito a prévia da lacração de Anitta. Mas, seria um desperdício ir a Lisboa e não dar um pulo em Madrid. Firmes nesta premissa, fomos pra cidade espanhola para conferir a versão deles para o Downaload Festival, que acabou sendo Download, pero no mucho. Uma pena.

Fim de retrospectiva =) . E assim a gente se despede deste ano que foi massa. Mas é claro, esperando que 2019 seja ainda melhor pra nós e pra todes vocês <3

 

[jetpack_subscription_form title=”Gostou deste post? Temos muito mais pra você!” subscribe_text=”Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.” subscribe_button=”Quero!”]

Leave a comment