rock werchterRock Werchter/Divulgação

Guia de viagem para o Rock Werchter

Festival dos mais antigos da Europa – na ativa desde 1974, quatro dias de lineup estrelado SEMPRE, experiência típica de um festival de verão europeu, estrutura exemplar. Com todos esses predicados, não precisa de mais argumentos para dizer o quanto a gente recomenda uma viagem para o Rock Werchter, na Bélgica. Foi ótima a nossa passagem por lá.

Detalhes e shows do Rock Werchter nos destaques dos nossos stories no Instagram

Um guia de viagem para o Rock Werchter

Pra que você também tenha uma boa experiência, use o guia a seguir como referência inicial para o seu planejamento. Não deixe também de ler os demais conteúdos linkados no texto, pois eles vão complementar as informações. Se tiver dúvidas, poste nos comentários e elas serão respondidas. 😉

Datas, ingressos e lineup

Ao planejar sua viagem para o Rock Werchter, tenha livres o último fim de semana de junho e o primeiro fim de semana de julho. É em um desses dois fins de semana que o festival costuma ocorrer, sempre de quinta a domingo (são quatro dias). A confirmação das datas normalmente acontece a partir de outubro. Portanto, acompanhe as redes sociais e o site do festival para não perder os anúncios oficiais.

Poucos dias depois, são anunciadas as primeiras atrações e também iniciada a venda de ingressos, tanto os diários quanto o passe de quatro dias (que eles chamam de Combi). As bandas são anunciadas aos poucos e pode levar alguns meses até o lineup ser divulgado por completo.

A venda de ingressos não é concorrida, o que quer dizer que você não precisa estar a postos no primeiro minuto da abertura de vendas. Mesmo assim, nunca se sabe quando o anúncio de um nome X ou Y pode acarretar numa corrida insana por ingressos. Além disso, há anos em que em determinado momento esgotam-se ou o passe de quatro dias ou um determinado dia.

Por tudo isso, se você vai pelo festival em si, compre o passe de quatro dias assim que puder. Se o plano é ir em um ou dois dias, tente se decidir o quanto antes, pois não é possível prever se e quando os ingressos de um dia vão esgotar.

Ao comprar o ingresso, você vai receber um voucher por e-mail. Leve-o impresso no dia do festival. Vá direto para a entrada. Basta apresentá-lo diretamente nas catracas e imediatamente vão colocar a pulseira no seu braço. Ou seja, não é necessário fazer nenhuma troca antes nem passar em bilheteria, tampouco registrar a pulseira.

Onde ficar durante o Rock Werchter

O Rock Werchter acontece – olha só que coincidência 😛 – em Werchter (ponto vermelho no mapa), uma vila minúscula com pouco mais de três mil habitantes, a cerca de 35 km de Bruxelas. A principal cidade na região do entorno de Werchter é Leuven (no holandês) ou Louvain (no francês), o ponto verde no mapa, que fica a 15 km de Werchter e a 25 km de Bruxelas (ponto amarelo no mapa).

Para chegar até o Festivalpark, em Werchter, onde rola o festival, é preciso pegar um trem de Bruxelas até Leuven, depois um ônibus de Leuven até Werchter e, enfim, caminhar uns 20 minutos dentro do Festivalpark até chegar na entrada (mais detalhes sobre chegar no festival nos tópicos seguintes).

A área de shows do festival é aberta ao público em cada um dos quatro dias de Rock Werchter ao meio-dia. Logo começam os shows, que não param e vão até as duas horas da manhã. Normalmente são dois grandes headliners por dia, um tocando na sequência do outro no Main Stage entre 21h e 2h (há apenas o intervalo para troca de equipamentos, iluminação, etc).

Saber desses pormenores é fundamental para entender e decidir onde ficar durante o festival. Mas não só. É importante considerar também quantos dias você vai no Rock Werchter e o tipo de experiência que pretende ter.

Considere, então, o seguinte:

Se você quer ir nos quatro dias de Rock Werchter

Certamente, pegar trem + ônibus e encarar 20 minutos de caminhada e depois ir embora só as duas da manhã durante quatro dias não é a melhor logística nem humanamente possível. Por isso, para quem quer ir em todos os dias de Rock Werchter é importante estar o mais perto possível. Assim, você ganha tempo e poupa energia. Há duas opções nesse cenário:

1. Você pode acampar no festival

Para tanto, é preciso adquirir um ingresso separado para o camping, chamado The Hive. Há quatro modalidades disponíveis, com níveis diferentes de conforto, inclusive instalações luxuosas, todas dentro do Festivalpark.

Há também o Camping Regular. Apesar de ficar fora do Festivalpark e não ser comandado pela produção do festival, ele é uma das opções oficiais de acomodação e também é vendido diretamente no site do Rock Werchter.

2. Você pode ficar em um hotel em Leuven

Preferencialmente, o mais perto possível da estação de trem da cidade, que é de onde partem os ônibus gratuitos que vão para o festival e onde esses mesmos ônibus gratuitos te deixam na volta (mais sobre isso no tópico sobre chegar e sair do Rock Werchter).

Não recomendo ficar em outra cidade senão esta, pois ao chegar de madrugada do festival você provavelmente só terá transporte para outras cidades no início da manhã, por volta das 5h.

Reserve um hotel o quanto antes, pois a cidade não é tão grande assim (cerca de cem mil habitantes), logo a rede hoteleira também não tem opções de sobra. Você pode pesquisar hotéis em Leuven aqui.

Se você quer ir em um ou no máximo dois dias de Rock Werchter

Indo em apenas um ou no máximo dois dias de festival, mesmo tudo terminando muito tarde, é humanamente possível ficar em Bruxelas. Foi assim que eu fiz, uma vez que escolhi ir apenas em um dia do festival, a sexta-feira.

Já que provavelmente você também vai passar uns dias a turismo na capital belga (o que eu também fiz), você cria uma base única e elimina aquele processo chatinho de check-in aqui, check-out ali, desfaz mala, arruma mala outra vez, etc.

A dica importante neste caso é você escolher um hotel que fique perto de uma das três grandes estações ferroviárias de Bruxelas – Gare du Nord, Gare Centrale ou Gare du Midi (norte, centro e sul de Bruxelas, respectivamente). Isso vai ser útil tanto na ida quanto na volta do festival (mais no tópico sobre chegar e sair do Rock Werchter). Confira aqui as nossas recomendações de onde ficar em Bruxelas.

Chegando em Bruxelas

É possível que você chegue em Bruxelas tanto de avião quanto de trem. Não há um jeito melhor ou mais barato de chegar. Tudo vai depender das datas em que você fizer suas reservas e das condições de compra das passagens – se promocionais ou não, por exemplo. Vai depender também do roteiro da sua viagem; pode ser que você esteja vindo de algum outro lugar, por exemplo.

O importante é você saber o seguinte: evite chegar nas últimas horas da noite, seja de avião ou de trem. No aeroporto, o último trem que sai para o centro da cidade parte às 23h59. Depois, só às 4h. Leia mais aqui pra não passar perrengue. No caso da chegada por trem, as três estações ferroviárias (Nord, Centrale, Midi) são conectadas com o metrô. Mas, para que você aproveite essa comodidade, é preciso ter tempo hábil para fazer a conexão com o metrô, que opera até a meia-noite.

Chegando e saindo do Rock Werchter

Se você leu este guia de viagem para o Rock Werchter até aqui, já sabe que o festival acontece no vilarejo de Werchter e que a cidade principal mais próxima é Leuven que, por sua vez, fica a 25 km de Bruxelas.

Então, aproveite agora para decorar esta parte do mapa da Bélgica, pois a sua chegada e saída do festival fatalmente vai passar por esses três lugares. Além disso, é preciso organização antecipada para alguns passos do trajeto.

Chegando no festival

Para chegar até o Rock Werchter, você vai ter que pegar um trem de Bruxelas até Leuven. Chegando na estação em Leuven, você vai pegar um ônibus que, enfim, vai te levar até o Festivalpark em Werchter.

Tanto o trem Bruxelas-Leuven (ou de qualquer cidade belga para Leuven) quanto o ônibus Leuven-Werchter são gratuitos para quem vai ao festival.

Importante! Para usar o trem gratuitamente, você deve emitir online o bilhete grátis (ida e volta) utilizando o código de compra do seu ingresso. Não se preocupe, cerca de um mês antes do festival você receberá um e-mail com todas as instruções. É muito simples, não tem segredo. Esse bilhete gratuito te dá o direito de embarcar em qualquer uma das três estações ferroviárias de Bruxelas – Nord, Centrale e Midi.

Para usar o ônibus não é necessário nenhum ticket especial. Apenas saia da estação, siga as placas (Festival Bus) e entre nos ônibus cujos letreiros indicam Rock Werchter. Na quarta-feira, um dia antes do festival, quando o camping é aberto, os ônibus rodam a partir das 14h. Nos dias do festival, a partir das 7h.

rock werchter

Rock Werchter/Divulgação

Saindo do festival

Há algumas diferenças sutis no trajeto da volta, dependendo da sua forma de hospedagem.

Se você vai acampar até o último dia de festival, isso quer dizer que você ainda vai dormir de domingo para segunda no Festivalpark. Sendo assim, basta pegar o ônibus gratuito até a estação de Leuven na segunda-feira e de lá utilizar o bilhete gratuito de trem para voltar pra Bruxelas.

Se você vai em todos os dias de festival e vai se hospedar em Leuven, basta pegar o ônibus gratuito até a estação (eles rodam até as 4h) e de lá seguir caminho para o seu hotel. Na volta para Bruxelas, aproveite o bilhete gratuito.

Se você vai apenas em um dia do Rock Werchter e vai ficar em Bruxelas, pegue o ônibus gratuito até a estação de Leuven. Chegando lá, para utilizar o bilhete gratuito de trem na volta, você terá que esperar até por volta das 5h da manhã, quando saem os primeiros trens para Bruxelas (lembra que não rola trem de madrugada, certo?).

Caso queira ir embora direto, você tem que comprar o ticket do shuttle bus para Bruxelas. Ele é vendido no mesmo site de venda de ingressos (Ticketmaster) e em 2019 custou 18 euros. O ônibus para nas estações Nord, Centrale e Midi, por isso é importante escolher um lugar para ficar próximo a essas estações, pra facilitar a sua vida na volta.

Consumo de comida e bebida no festival

Este é um item que, em geral, a gente só começa a pensar nas vésperas do festival, mas no caso do Rock Werchter é preciso tê-lo em mente antes.

Se você vai acampar, é preciso ter um espaço livre no seu roteiro antes da chegada ao festival para fazer compras no supermercado e se abastecer para o camping.

Se você pretende comprar comida e bebida lá dentro, acampando ou não, também deve se planejar antes. O motivo: o Rock Werchter vende vouchers de comida e bebida antecipadamente pelo site e eles são mais baratos se comprados online. Mais precisamente, em 2019, os valores foram os seguintes:

  • No site, antes do festival: 2,75 euros cada ficha
  • Dentro do festival: 2,90 euros (no cartão) e 3 euros (no dinheiro) cada ficha

No site, os vouchers são vendidos em combos de 20, 40, 60 e 80. Dentro do festival, não há restrições. Você pode comprar uma ficha ou 50 de uma vez só.

Faça as contas, considere seu orçamento, lembre-se do IOF de 6,38% para compras no cartão e avalie se para você compensa comprar antes ou no dia do festival.

Roteiros de viagem pré ou pós-Rock Werchter

passeios e excursões em Bruxelas

Bruxelas, jardins do Palácio Real.
Stock Photos/TTStudio/Shutterstock

É claro que você vai ter uns dias para turistar, seja antes ou depois do Rock Werchter (ou os dois). Estando na Bélgica, as possibilidades são muitas. Você pode:

  • Conhecer a capital da Bélgica, óbvio. Veja dicas de passeios em Bruxelas
  • Ir de Bruxelas para Amsterdã. Nesse caso, confira nossas dicas de passeios em Amsterdã, incluindo um roteiro alternativo
  • Visitar outras cidades belgas, como Bruges ou Bouillon
  • Ir para Luxemburgo. Ainda vou escrever sobre minha experiência lá. Mas adianto que com 11 euros você paga a passagem de ônibus que leva três horas pra chegar em Luxemburgo
  • Ir para Londres. De trem. Sim! Todo mundo fala sobre o famoso trem da Eurostar de Paris para Londres. Mas o fato é que a empresa também tem o mesmo trem de alta velocidade no trajeto Bruxelas-Londres.

Eu fiz este trajeto e também ainda vou escrever mais detalhadamente sobre. Tudo bem que você não vai conseguir uma passagem tão barata quanto a do ônibus Bruxelas/-Luxemburgo. Mas, gente, é Londres, né? (desculpa, eu amo a cidade)

Outras dicas pra você organizar sua viagem para o Rock Werchter

Consulte este texto com dicas pra você organizar seu orçamento para a Bélgica. E não se esqueça de adquirir um seguro viagem, que é obrigatório na Europa.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário