" /> Turismo em Amsterdã: o roteiro "turistão" pra quem vai à cidade pela primeira vez | Festivalando
turismo em amsterdãAmsterdã Stock Photos/ Olena Z/Shutterstock

Turismo em Amsterdã: o roteiro “turistão” pra quem vai à cidade pela primeira vez

A gente ama explorar a capital da Holanda de várias maneiras. Por isso, aqui no blog não faltam dicas de turismo em Amsterdã. Apesar de a gente ter uma pegada mais alternativa, também curtimos e fazemos os roteiros turistões nos locais que visitamos. Na verdade, na correria de viagem pra festival, fazer o roteiro turistão é o que mais se encaixa.

No entanto, é bom avisar que é quase impossível esgotar as possibilidades de turismo em Amsterdã em um só post. Por isso, decidimos fazer este recorte das atividades mais procuradas e que traduzem bem esse conceito de “turistão” que curtimos banstante aplicar aqui.

Turismo em Amsterdã: dicas gerais

Antes de falar das atrações proprieamente ditas, é preciso falar sobre filas. Amsterdã é uma das cidades mais turísticas da Europa. Portanto, a maior parte das atividades por lá, em alta temporada, gera muitas filas. Assim, a única solução eficaz pra este problema é comprar ingressos pela internet. Deste modo, você evita as filas e ainda ganha acesso a atividades exclusivas pra quem compra com antecipação.

Em boa parte das vezes, pra quem se dedica exclusivamente ao turismo na cidade pode ser um bom negócio comprar o Amsterdam City Card (você pode comprar neste link). Este cartão existe em versões de 1 a 3 dias e dá acesso gratuito a mais de 40 museus, ao sistema de transporte da cidade, além de dar direito de até 25% de desconto em alguns restaurantes e cafés. Tabém há outras vantagens, como mapa detalhado da cidade, acesso gratuito a atrações e passeios de barco e ainda desconto para aluguel de bikes e scooters.

Uma outra opção para quem acha que não vai aproveitar tanto o Amsterdam City Card é comprar apenas o cartão de transporte público de Amsterdã ( este é o link onde você pode adquiri-lo). Há cartões que podem dar direito ao livre uso do sistema de transporte público da cidade por um até sete dias. Além disso, você também pode comprar a opção com transfer para o aeroporto. Aconselho muito a compra pra quem quer evitar filas e aborrecimentos com a compra de tickets separados.

Turismo em Amsterdã: passeios pelos canais e principais pontos turísticos

Não é em vão que os passeios pelos canais da cidade são um dos mais vendidos. Afinal, é a criação urbana ao longo das águas que dá o tom da cidade e faz de Amsterdã um lugar especial. Além disso, é uma forma um tanto agradável de ter uma visão geral da capital holandesa, passando por alguns pontos importantes como a Ponte Estreita e o Golden Bend. Contudo, a oferta deste tipo de passeio é grande, com diversos tipos de cruzeiros. Por isso, é interessante pesquisar aquele que mais faz o seu tipo.

Porém,  ainda existe outro tipo de passeio muito procurado pelos turistas em Amsterdã: O passeio de ônibus combinado com barco. Nele, muitos outros pontos turísticos da cidade podem ser vistos. Portanto, é bem mais completo, dando uma visão ampla dos pontos de turismo em Amsterdã, além de ter uma apresentação mais densa sobre a história e cultura local (este passeio pode ser comprado aqui neste link).

Uma outra opção são as visitas guiadas com bicicleta, com duração de duas horas. É uma maneira deliciosa de descobrir a cidade nas suas minúcias. Afinal, a bike vai onde o ônibus e o barco não podem entrar. Costuma ser uma opção ativa e muito procurada no verão e primavera. Super recomendado! ( Link pra comprar).

Opção de primavera: visita ao Keukenhof

Por falar em primavera, as visitas ao Keukenhof são um must pra quem visita a Holanda neste período. Trata-se do jardim de tulipas e flores diversas mais famoso do país. É um lugar lindo, que definitivamente vai te fazer feliz! Existem excursões que oferecem traslados e também informações e mapas, assim como esta aqui.

No entanto, é preciso planejar bem sua viagem para o perído entre março e maio, quando o jardim abre suas portas com toda a exuberância das flores.  (em 2019, o jardim abrirá em 21/03 e ficará até 19/05).

Leia também:

Turismo em Amsterdã: museus

O turismo em Amsterdã também é muito famoso pelos atrativos do mercado da arte. Há vários museus na cidade. Inclusive, existe uma praça dedicada a eles, a Museumplein. Neste local, você vai encontar desde o museu nacional da Holanda, o Rijksmuseum ( compre entradas aqui), a museus de arte moderna, como o MOCO (compre sua entrada para o MOCO aqui).

Sem dúvida, um dos museus mais procurados é o Rijksmuseum, ou museu nacional. Afinal, lá você poderá encontrar mais de 400 obras de artistas como Rembrandt, Vermeer e Jan Steen, além de pratarias e itens diversos que contam boa parte da história dos países baixos. É claro que se trata de uma das atrações com mais fila. Por isso, sempre aconselhamos comprar as entradas antes ( aqui neste link você compra entradas e evita filas).

E não se esqueça: é na Museumplein que está o famoso I AMSTERDAM, onde todo mundo tira foto ;). Há também uma versão dele na parte de fora do aeroporto Schipol.

Além dele, é também um dos mais visitados o museu Van Gogh. O famoso pintor holandês foi um dos artistas mais influentes da pintura ocidental. E é em Amsterdã, no Museu Van Gogh que se concentra a maior coleção de pinturas, desenhos, esboços e cartas produzidas pelo artista. (pra comprar ingresso antecipado e evitar filas, clique aqui).

Inclusive, existem excursões guiadas dedicadas exclusivamente a este museu, fechando o passeio com um cruzeiro pelos canais. ( Você pode comprar a excursão com entrada para o museu aqui).

A história de Anne Frank

Ainda, outra atração muito procurada é a casa de Anne Frank, transformada em um museu biográfico. Anne Frank era uma adolescente alemã, de origem judaica que foi vítima do Holocausto. Ela e sua família se estabeleceram na Holanda, mas foram perseguidos até que levados aos campos de concentração depois da invasão nazista nos Países Baixos. Toda a comovente história, seu diário, fotos e locais onde ela e sua família transitaram podem ser vistos em excursões como esta aqui.

Turismo em Amsterdã: vida noturna e outros passeios

Amsterdã também é conhecida pela vida noturna bastante agistada, assim como pela cultura liberal. Lá, a prostituição e uso de algumas drogas são atividades legais.

Pra começar, o passeio pela cervejaria mais famosa do país é uma das opções mais procuradas. Afinal, além de conhecer a cervejaria, você ainda toma um monte de cervejihas e já sai prontx pra festa. O Heinekem Experience também se esgota fácil. Por isso, é melhor se garantir e comprar a entrada com antecipação, aqui neste link.

Leia aqui o roteiro completo do turismo alternativo em Amsterdã

Num misto de curiosidade e espanto, muita gente tem como um dos primeiros destinos de turismo em Amsterdã o Red Light District, ou o bairro da prostituição. Porém, este passeio pode ficar ainda mais interessante quando guiado por um local, que incrementa tudo com muita história, além de dar orientações sobre como se portar por lá. (Compre aqui neste link e evite filas).

E pra quem deseja conhecer o Red Light e os famosos coffee shops, há também excursões que combinam estas duas atrações, como esta aqui.

Turismo em Amsterdã: outras opções

Como já havia dito antes, é quase impossível explorar tudo o que Amsterdã tem para oferecer em um só post. Por isso, a gente deixa essas outras opções aqui:

Vai viajar para a Holanda? Faça agora o seu seguro viagem. Ele é exigido para entrar na Europa, e se você não apresenta-lo será barradx na migração. Além disso, é a garantia de que você estará amparadx caso haja algum imprevisto com a sua saúde. Aqui você pode pesquisar o melhor preço em várias seguradoras, comprar o que se adequar ao seu orçamento, conseguir um desconto e parcelar sem juros.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário