Charles Reagan Hackleman/Coachella/Divulgação

Quanto custa viajar para o Coachella

Cravar quanto custa viajar para o Coachella é uma tarefa não muito simples. Primeiro, porque quando se trata desse festival ultra-hypado, o céu é o limite. Um levantamento feito pela empresa de viagem No.1 Currency colocou o Coachella no topo da lista dos festivais mais caros do mundo. É muito ~valor agregado~, entende? Segundo, vivemos num país com momentos esparsos de estabilidade econômica, o que torna um pouco imprevisível a variação cambial (SDDS dólar a R$ 1,50).

Mas, sim, é possível ter uma estimativa de quanto custa viajar para o Coachella e é o que este texto pretende fazer: um cálculo aproximado, partindo dos valores mais baixos possíveis. Essas contas serão feitas considerando os três dias de festival e um tempo para turismo em Los Angeles em três cenários:

  1. Três noites de camping no Coachella + quatro noites em Los Angeles
  2. Três noites em hotel no Coachella + quatro noites em Los Angeles
  3. Três noites com pacote oficial do Coachella + quatro noites em Los Angeles

Ao ver os cálculos e valores finais considere que:

  • Os preços foram cotados com o dólar a R$ 3,50
  • Os valores consideram sempre as opções mais baratas de hospedagem, alimentação e transporte para cada situação
  • O valor padrão da passagem aérea até Los Angeles foi fixado em R$ 2.500, mas esse valor pode ser mais baixo ou mais alto dependendo de promoções, disponibilidade de voos e cidades de partida
  • O valor das quatro noites em Los Angeles é invariável para as três situações. Considerando o valor mais barato de hospedagem (hostel), gastos com alimentação (refeições baratas) e transporte (público), o período em Los Angeles fica em R$ 1.140. Para saber quanto custaria apenas ir ao Coachella, sem turismo algum, basta subtrair este valor

NÃO CUSTA REPETIR: todos esses cálculos são bem conservadores e podem variar conforme a taxa cambial, o período em que você vai fazer suas reservas e seus hábitos de viagem (se faz questão de ficar em hotel ou se não liga de dividir quarto em hostel, se gosta de comer em restaurante ou se cozinha, se anda de ônibus ou só de uber, etc)

1. Quanto custa viajar para o Coachella: camping no festival + quatro noites em Los Angeles

Esta provavelmente é a opção mais barata, apesar de não ser a mais confortável. O importante aqui é eliminar o gasto com hotel nos arredores do festival, porque os preços podem ser assustadores. Seu custo com estadia nos dias de Coachella será apenas com o camping, bem mais em conta.

Além disso, poderá entrar com comida e bebida (permitido apenas para quem vai acampar), o que te permite fazer compras num supermercado e economizar bastante. Para tanto, você terá que se programar, dentro do seu roteiro, para fazer compras antes de ir para o festival.

Um gasto inevitável é o shuttle oficial que vai te levar de Los Angeles para a área de camping diretamente. O cálculo leva em conta que você já tem equipamento de camping (barraca, saco de dormir). Se este não for o seu caso, inclua estes custos no valor final.

Valores na imagem em reais.

quanto custa viajar para o coachella

2. Quanto custa viajar para o Coachella: hotel nas proximidades do festival + quatro noites em Los Angeles

Esta é a opção mais puxadas pro bolso. Um levantamento feito por sites de reserva de hotéis mostrou que, nas datas do Coachella, os hotéis da região (Palm Springs, Palm Desert e Indian Wells, cidades próximas a Indio onde há rede hoteleira) ficam até 140% mais caros!

Inevitavelmente, você vai precisar de um shuttle que vai te buscar e levar do hotel todos os dias, o que pode ser comprado junto com ingresso, diretamente no site do Coachella.

Além disso, quem não acampa não pode entrar com comida ou bebida no festival. Sendo assim, é preciso consumir absolutamente tudo lá dentro, o que é sempre uma opção de custo maior. Lá dentro, os lanches e snacks vendidos em barracas variam entre aproximadamente US$ 7 e US$ 20. Há também restaurantes com serviço de mesa que cobram cerca de US$ 50 por pessoa. Estes são preços praticados em 2017. Pelo menos a água é de graça e você só precisa levar uma garrafinha plástica.

Valores na imagem em reais.

quanto custa viajar para o coachella

MASOQ

Calma.

Se você não acampa de jeito nenhum e considera este valor de hotel fora da realidade (porque de fato é, né?), você pode tentar alternativas mais em conta, como AirBnB, que reduz bastante o custo de hospedagem, ou então fazer couchsurfing, com hospedagem a custo zero.

Valores na imagem em reais.

3. Quanto custa viajar para o Coachella: pacotes oficiais do festival + quatro noites em Los Angeles

Comprar os pacotes oficiais do Coachella pode ser uma alternativa pra quem faz questão de ficar em hotel, não quer ter o trabalho de procurar hospedagem e não quer passar o estresse de ter comprar ingresso, pois eles incluem ingresso + shuttle + hotel. Mas para escolher essa opção há um pré-requisito: você precisa ter companhia para o festival. É que os pacotes são vendidos apenas para duas ou quatro pessoas.

Como não poderia deixar de ser, pacotes podem acabar encarecendo a viagem porque você paga não só pelos produtos/serviços inclusos, como também pela comodidade de ter alguém resolvendo tudo pra você.

Se vai ficar, de fato, mais caro ou não, vai depender de alguns fatores.

  • Os valores dos pacotes variam conforme o hotel e, como era de se esperar, os que são mais baratos esgotam mais rápido. Ou seja, se você optar pelos pacotes, tem que ser ágil na compra, assim como quem vai comprar os ingressos na disputadíssima fase de vendas

  • Por razões óbvias, o custo por pessoa fica menor quando o pacote é para mais pessoas. Se você for com mais três amigxs (pacote pra quatro), o valor por pessoa pode ficar cerca de R$ 1.400 mais barato do que se você for com apenas uma companhia (pacote pra duas pessoas). Difícil é ter três amigxs com dinheiro e tempo disponíveis pra fazer uma viagem dessas com você 🙁

A conta abaixo leva em consideração o valor mais baixo encontrado no site oficial de um pacote para duas pessoas: US$ 2.345. Como os cálculos anteriores foram feitos para uma única pessoa, a conta do pacote vai seguir este mesmo padrão e considera o valor por pessoa do pacote mais barato, ou seja US$ 1.172,50.

quanto custa viajar para o coachella

Mas, espere! Não é só isso

Além dos cálculos acima, que já te dão uma ideia geral de quanto custa viajar para o Coachella, o Festivalando tem outros textos que podem ser úteis pra quem sonha em ir pro festival na Califórnia:

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

4 comments

Add yours
  1. Renan 3 Janeiro, 2018 at 01:09 Responder

    Que facada, ein Pri! Será que esses valores que você pesquisou, repercutem em outros festivais norte-americanos em cidades diferentes, podendo até servir de parâmetro?
    O que você achou do line do Coachela? Tem até coisas legais. Achei o primeiro dia interessante, mas o line em si tá bem fraco. Não vi nenhum headliner chamativo nessa edição, com exceção da Beyoncé.
    Eu achava que o site voltaria no meio de janeiro. Mas como o line do festival saiu ontem, você deve ter unido o útil ao agradável com esse post, hehe. Como o Festivalando é o seu filho, aí fica difícil largá-lo por muito tempo, bate saudade, não é?

    • Priscila Brito 4 Janeiro, 2018 at 11:44 Responder

      Oi, Renan! Acho que outros grandes festivais do EUA podem ficar com um custo um pouco mais baixo (não necessariamente mais barato pro bolso de quem ganha a vida em reais). Tem umas coisas que deixam o Coachella obrigatoriamente mais caro, como o fato de só poder comprar ingresso de três dias (no Bonnaroo e Governors Ball você pode pagar por um dia só). Além disso, o festival acontece numa cidade minúscula, sem rede hoteleira preparada, e as cidades do entorno usadas como base de hospedagem (Palm Springs, Indian Wells), além de também serem menores, têm rede hoteleira também pequena e com foco em resorts e turismo voltado pro golfe e pro tênis. Ou seja, hotéis de alto padrão, naturalmente mais caros e ainda mais valorizados pelo “custo Coachella”. Aí pesa muito mais do que um Governors Ball que, mesmo sendo em Nova York, uma cidade caríssima, você tem pelo menos uma oferta gigante de hospedagens pra todos os perfis e bolsos. Na realidade o blog volta mesmo semana que vem, inclusive eram os planos pra esse post. Mas como ele já estava pronto, não fazia sentido esperar até semana que vem sendo que tinham acabado de anunciar o lineup. E apesar de não ter publicações nessas últimas semanas, tem umas questões técnicas/de manutenção que não tiram férias, então estive de plantão esses dias todos pra cuidar desses detalhes.

Deixe uma resposta

Close