rock in rio lisboa 2020Rock in Rio Lisboa/Divulgação

Rock in Rio Lisboa 2020: o que saber para se planejar

Rock in Rio Lisboa 2020 à vista! É isso mesmo, pois em anos pares a Cidade do Rock cruza o Atlântico, muda de endereço e é montada no Parque da Bela Vista, na capital portuguesa. O Festivalando esteve por lá em 2016 e 2018 e, como não poderia deixar de ser, te conta na sequência o que é importante saber caso esteja nos seus planos conhecer a versão portuguesa do festival.

Quando vai ser o Rock in Rio Lisboa 2020?

O Rock in Rio Lisboa 2020 vai acontecer nos dias 20, 21, 27 e 28 de junho. Como você pode notar pelas datas, em Portugal o festival é mais curto que no Brasil. Continuam sendo dois fins de semana, mas são apenas dois dias de shows em cada um deles.

Quanto custa o ingresso do Rock in Rio Lisboa?

O ingresso diário do Rock in Rio Lisboa custa 69 euros (aproximadamente R$ 320) e já está à venda aqui. Atenção para os detalhes deste ingresso, que guarda uma semelhança e uma diferença com o ingresso do Rock in Rio no Brasil.

Semelhança: venda no escuro

Tal qual o nosso Rock in Rio Card, o ingresso à venda no momento serve a princípio para qualquer dia do festival. Somente entre janeiro e fevereiro de 2020, quando certamente já haverá a confirmação das atrações, é que você decide em qual dia irá usá-lo.

Diferença: mais que um ingresso

Agora atenção para a diferença. Este ingresso às escuras vem com uma série de vantagens, o que eles chamam oficialmente de “Pack de Experiências”. É uma consequência direta da demanda muito mais baixa por ingressos do Rock in Rio Lisboa na comparação com o Brasil.

Só como exemplo, essas entradas começaram a ser vendidas no fim de setembro de 2019 e continuam lá totalmente disponíveis. A própria Roberta Medina comentou em uma entrevista que a dinâmica de venda do Rock in Rio em Portugal é outra, com ingressos sendo vendidos principalmente nas últimas semanas que antecedem o festival.

Com menos gente interessada, é preciso oferecer mais incentivos para que as pessoas se sintam motivadas a comprar o ingresso antes, não é mesmo? O resultado é que o ingresso para o Rock in Rio Lisboa vendido em pré-venda é praticamente um “Rock in Rio Club embutido”. Ele te dá direito ao seguinte:

  • Um par de entradas para o Preview do Rock in Rio Lisboa 2020
  • Fila exclusiva na entrada
  • 15% de desconto em produtos oficiais do Rock in Rio
  • 10% de desconto em produtos da seção musical da Fnac em Portugal
  • Participação em sorteios de prêmios a serem usufruídos durante o Rock in Rio Lisboa (pares de ingressos, upgrade para a área VIP, ingresso vitalício, entrada antecipada)

Mesmo com as vendas a uma velocidade menor, a partir do momento em que as atrações são confirmadas, há o risco de um dia ou outro esgotar com mais antecedência. Portanto, se você quer muito ir, seja pelo Rock in Rio Lisboa em si ou por conta de uma atração específica, compre assim que puder.

Uma possibilidade remota

Em 2018, além dos ingressos diários, pela primeira vez o Rock in Rio Lisboa vendeu também passes para o fim de semana. Ainda não há informações sobre a disponibilidade dessa alternativa para 2020.

Quem vai tocar no Rock in Rio Lisboa 2020?

Ainda não há nenhuma atração musical confirmada para o Rock in Rio Lisboa 2020. Tudo está em aberto e não necessariamente pode haver coincidência com atrações que tocaram recentemente no festival aqui no Brasil. Em 2018, por exemplo, se apresentaram Bruno Mars, Demi Lovato e The Killers, que nunca passaram pela Cidade do Rock no Rio.

rock in rio lisboa 2020

Rock in Rio Lisboa/Divulgação

Como é a experiência do Rock in Rio Lisboa?

Suave. Light. Serena. Perto do furor que é o Rock in Rio no Brasil, o Rock in Rio em Lisboa é um mar de tranquilidade. Por aqui, ele é “O” Rock in Rio, “O” festival; por lá ele é mais uma dentre outras várias opções e o resultado é esse contraste no clima que impera em Lisboa na comparação com o Rio.

Pra mim, essa é justamente uma das razões que justifica ir até Lisboa. Poder curtir tudo que é bem peculiar a um festival como o Rock in Rio sem tanta atribulação, com mais calma. E isso já começa no trajeto para o festival. Esqueça a epopeia que é chegar na Barra da Tijuca, o Primeira Classe agarrado pra sempre no trânsito do Rio ou o metrô e BRT lotados.

Graças às curtas distâncias de Lisboa e a uma estação de metrô a dez minutos do parque, chegar lá é rápido e fácil. A estação Bela Vista pertence à linha vermelha, que passa por bairros centrais de Lisboa, tem conexão com as outras três linhas do metrô (azul, amarela e verde) e ainda leva ao aeroporto. Eu só levei dez minutos pra chegar no festival. A estrutura como um todo também é muito boa.

De resto, alguns dos elementos principais que caracterizam o festival são muito bem reproduzidos a partir do que temos no Brasil: o Palco Mundo, a tirolesa (chamada por lá de slide), o globo com a fonte e a logomarca na entrada, o letreiro #ROCKINRIO, a Rock Street e, no caso de lá, a Pop District. Ao mesmo tempo, há também palcos diferentes, uma pool party e sempre a possibilidade de novidades.

Onde se hospedar para o Rock in Rio Lisboa 2020?

Com toda a facilidade de acesso mencionada acima, não tem segredo nenhum escolher hospedagem para o Rock in Rio Lisboa. Fique nos bairros principais, perto de uma estação de metrô (melhor ainda se for da linha vermelha, que dá acesso festival) e seu deslocamento será tranquilo.

Confira nossas dicas de onde ficar em Lisboa com sugestões de hotéis, inclusive uma opção bastante prática para acessar o Rock in Rio Lisboa e ao mesmo tempo o aeroporto.

O que fazer em Lisboa?

Se você vai a Portugal pela primeira vez, esta lista de passeios em Lisboa pode ser um bom norte para explorar o básico da capital portuguesa.

Conheça outros festivais em Lisboa além do Rock in Rio

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário