quanto custa ir para o graspopDivulgação Graspop Metal Meeting

Quanto custa ir para o Graspop Metal Meeting?

Depois do anúncio de um dos melhores line ups dentre os festivais europeus de 2016 – Black Sabbath, Iron Maiden, King Diamond, Twisted Sister, Amon Amarth, Arcturus e por aí vai – eu e muita gente queremos saber quanto custa ir para o Graspop Metal Meeting. Resolvi pesquisar, então, pois já está mais do que na hora de nos programarmos. Afinal, falta menos de um ano para o evento.

O Graspop é um dos festivais de metal mais tradicionais na Europa, e acontece desde 1996 em Dessel, província da Antuérpia, na Bélgica. É também um dos festivais mais populares, atraindo mais de 150 mil pessoas em cada edição. E não é para menos: além de ter fama de ser um dos festivais de heavy metal mais bem organizados, com estrutura de ponta, ainda tem o fato de Dessel ficar em uma região europeia maravilhosa. A Bélgica ainda por cima tem chocolates fantásticos – sinceramente, é muito cruel pedir que eu decida entre os suíços e os belgas…

graspop festarea

O dólar e euro não têm sido nossos melhores amigos, mas nada que um pouco de planejamento não possa ajudar a amenizar. Também é preciso definir prioridades, adequando-as ao orçamento. Afinal de contas, como a gente sempre fala aqui, existem alguns estilos essenciais de festivaleiros – os pé de chinelo, dentre os quais me incluo na maioria das vezes; os ostentação, que não abrem mão do conforto; os amantes do camping, que por mais grana que tenham, o que interessa é a farra que o camping proporciona. Também é preciso considerar a prioridade de conhecer a região em que o festival acontece, fazer aquele turismo maroto enquanto o festival não começa. Assim, vamos tentar incluir isso no custo da viagem também. Bora fazer conta?

Festivaleiro pé de chinelo style, ou o básico do básico, econômico hard

Aqui propomos uma viagem simples, focada no festival e nas facilidades do mesmo. O Graspop tem várias vantagens, dentre elas uma ótima estrutura para camping, serviço de shuttle bus que sai da estação de Mol e vai para o festival e é de graça. Também existem os shutle mais internos, que fazem o trajeto da Metal Town (a área de camping, acomodações, caravanas e outros) para a área de shows. Ou seja, você não vai ficar à pé por falta de grana, literalmente.

Um jeito legal de economizar, também, é ir direto dos aeroportos para o local do festival. Mas fique atento: uma empresa de ônibus fará diversos trajetos, como por exemplo, sairá de Amsterdã, Eindhoven, Venlo, Dessel, Antuérpia… e por aí vai. Os preços variam entre 15 e 55 euros, ou seja, 61 e 225 reais. Mas, se você for esperto e olhar as conexões de trem até Mol (estação onde haverá shuttle de graça), você pode economizar muito mais. Por exemplo, a empresa de ônibus oferece a viagem com retorno, do aeroporto internacional da Antuérpia até Mol, por 28 euros, ou seja, 115 reais.

graspop

Porém, muito perto do aeroporto da Antuérpia existe a estação de trem de Berchem. A viagem de trem desse local para Mol, com retorno, sai a partir de 10 euros, ou seja, 40 reais!!! Assim, sem preguiça você pode economizar uma graninha legal!

Passagens

Outra dica importante é a economia nas passagens aéreas daqui para lá. Ir direto para a Bélgica, atualmente, pode ser $1000 mais caro. Hoje, uma passagem do Brasil para Bruxelas custa $4.600. Mas, se a gente olhar, na mesma época, uma passagem para Frankfurt, na Alemanha, o valor cai para $3.500. Como de Frankfurt até Bruxelas as passagens chegam a no máximo 100 euros, coloque mais $ 400 para esse trajeto. Chegando à Bruxelas, você vai precisar pegar um trem para Mol (onde o shuttle para o festival é de graça). Isso vai te custar mais 32 euros, ou seja, $130. Ao todo, essa história vai dar $4030, numa perspectiva de preços ruins de passagem do Brasil para a Europa.

Lembre-se de que as empresas aéras soltam passagens promocionais de vez em quando. Mês passado a Pri conseguiu uma passagem no valor de $2.500. Uma dica é ficar de olho nas redes sociais das principais empresas aéreas e se cadastrar nos programas de fidelidade. Assim, você recebe tais ofertas em primeira mão.

Dentro do festival

Outro ponto que é importante esclarecer aqui: a grana para gastar em comida durante o festival. Dentro do festival você tem a opção dos Graspop tokens. Cada um custará 2,50 euros, ou 10 reais, caso você compre antecipadamente. Do contrário, vai precisar pagar mais 0,25 centavos de euro, ou $1 a mais. Portanto, pode ser um bom negócio comprar 40 tokens antecipadamente, por 100 euros, ou 400 reais, no próprio site do evento.

De acordo com a organização, cada cerveja de 500ml custará um token, ou seja, 10 reais ( desafio para economia, hein?). Batata frita, pizza, e outros belisquetes de festival também custarão 1 token cada. Vai rolar um self service sem balança na Metal Town.O almoço custa 30 euros, ou seja, 120 reais. Portanto, isso pode encarecer bastante a sua jornada festivaleira. Como você pode levar a comida que quiser para o acampamento, consideramos, então, uma média de preço dos tokens (100 euros para os três dias, ou seja, 400 reais), mais uma média de gastos de comida diária, pensando em compras no supermercado que totalizariam 60 euros, pensando em reunir refeições de reforço bem enxutas, e sem álcool. Então, seriam mais $240 para os rangos de supermercado.

quanto custa ir para o graspop

Econômico + turismo

Eu tenho uma opinião aqui: você já comprou essa passagem cara pra kct para vir para a Europa. Logo, faça um esforçozinho a mais para aproveitar e conhecer a região onde vai acontecer o festival. A gente sabe que isso resulta em experiências muito legais, e recordações que ninguém vai tirar de você quando voltar ao Brasil… já um bem material, você sabe que facilmente podem arrancar de você aqui, rsrs. Assim, consideramos todas as dicas anteriores do econômico hard, acrescentando grana para dar um rolé na região por uns dias, com acomodação fora do festival.

A sugestão é de que você se hospede em Dessel por pelo menos três dias, para sentir um pouco da região. Assim, acrescentamos mais $100 por dia de comida, o que daria $300 a mais. Separamos várias sugestões de hotéis em Dessel e vimos que a acomodação para três dias custaria a você mais $350 no mínimo. Lembre-se de que você ainda pode se aventurar no couchsurfing! Para o transporte em Dessel, programe mais $70.

Caso queira estender esse passeio para fazer mais coisas em Bruxelas, antes de ir embora, pode acrescentar uma estimativa de $250 por dia, com acomodação, comida e transporte no nível bem econômico. Você pode ver em mais detalhes as contas que fizemos de quanto dinheiro levar para Bruxelas.

quanto custa ir para o graspop

Luxo, metal blim, blim!

Nesse caso, falamos especificamente das acomodações dentro do GMM. Como falamos anteriormente, você pode se hospedar de várias maneiras na Metal Town. Acampar é de graça. Mas, existem outros tipos de moradia de festival que podem agradar mais e, caber até bem em seu bolso ryyyycooo.

Assim, ao perfil do econômico + turismo a gente vai adicionar os preços das acomodações “luxuosas” do GMM.

Glamping no Graspop

O primeiro é o FestiHut. Ele pode ser para duas ou quatro pessoas. Trata-se de uma cabine de madeira, com janelas, camas, colchões, pontos de energia, etc. Para duas pessoas sai por 560 euros, por volta e $2.300. Para quatro pessoas a cabaninha sai por 620 euros, ou aproximadamente $2500. Assim, caso você consiga mais três camaradas firmeza, ainda rola de pagar apenas $625.

GMM2015_FIELDPIX_GOETSCHALCKXDORIEN-47-260x260

Tem também a opção da cabine de festival. É um lance um pouco mais moderno, ventilado, mas com tudo que o FestiHut tem – pode ser trancado, tem colchão, pontos de energia. Capacidade para duas pessoas. O preço, $ 3.000… blim, blim!

Festicabin1-260x260

Por fim, a opção do Sunpark é a mais ostentação de todas.Trata-se de um parque aquático que fica em Mol e possui bangalôs para hospedagem. Eles podem comportar de quatro a oito pessoas. É muita, muita ostentação, mesmo! Conforto, banheiros, café da manhã, cozinha equipada e, além de tudo, direito a ficar bodando no parque aquático, o quanto for necessário, até a hora dos shows. O preço, bom… blim, blim, blim! $1915 por pessoa…

Se você quiser ostentar fora do festival também, pode aproveitar o tempo livre para fazer um bate-volta de Bruxelas a Amsterdã ou um bate-volta de Bruxelas a Bruges e conhecer uma parte bem legal da Europa.

1400773722711-260x260

quanto custa ir para o graspop

Em todas as simulações de orçamento acima, lembre-se de incluir o custo do seguro viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa e se você não tiver um, será barradx na imigração. Faça aqui o seu seguro viagem. Você vai poder comparar os valores entre várias seguradoras e encontrar o melhor preço, além de conseguir um desconto.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer com 2 colegas um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário sobre as Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Foi por paixão também que larguei um emprego público, para me aventurar pelo mundo dos festivais com a Pri.

20 comments

Add yours
    • Gracielle Fonseca 22 Janeiro, 2016 at 18:53 Responder

      Ei, Wanderley! Tem uma galera que tá a fim de ir, hein. Você deve achar gente em breve =) Fique à vontade para procurar gente por aqui… alías, em breve esses contatos entre leitores ficarão mais fáceis aqui no site, aguarde 😉

  1. Everaldo 6 Fevereiro, 2016 at 09:29 Responder

    Fala, Wanderley.
    Eu e + 02 amigos aqui de Fortaleza vamos pro Graspop!
    Já compramos passagens e ingressos, a fase agora é de elaboração de roteiros por lá (vamos passar, ao todo, 14 dias na Europa)… Se quiser agrupar, dê o toque!
    Jupiler!

  2. Everaldo 6 Fevereiro, 2016 at 09:35 Responder

    Ah, digo de passagem que a Gracielle foi peça fundamental pra que eu deixasse minha posição de ‘morto de vontade de ir’ pra ‘eu vou pr’essa pôrra!’…
    Foi lendo o Festivalando que eu finalmente arregacei minhas mangas e comecei a debater seriamente sobre ir a um festival europeu. Primeiro pensei no Sweden (até falei isso pra ela, quando a vi aqui em Fortaleza, no Forcaos), depois decidi pelo GMM.
    Ainda hei de pagar umas cervejas belgas pra ela, em agradecimento!

  3. Marco 8 Fevereiro, 2016 at 16:04 Responder

    Para os que compraram os ingressos, tiveram problema com Cartão aqui? Não estão aceitando meu Mastercard, e já fiz compras/viagens la fora e nunca tive problema =(

    Vão para os 3 dias? to pensando em fazer um mochilão e acampar no festival

  4. Marco 9 Fevereiro, 2016 at 15:41 Responder

    Gracielle, Ouvi o Podcast da novela e espero que não chegue a tanto, especialmente pelas taxas O_O !!! Fale com uma amiga que já comprou o ingresso para o festival, e ela disse que com VIsa foi sem problemas, solicitei um cartão pro banco e vou acender umas velas para não acabar até chegar o bendito cartão….

  5. Everaldo 10 Fevereiro, 2016 at 09:33 Responder

    Marco, comprei meus ingressos (+ alguns tokens) no cartão. Tive a compra negada inicialmente, mas pq meu cartão estava inabilitado para compras no exterior. Já havia feito compras com ele fora do país, mas tive de habilitá-lo novamente… Depois disso, tudo tranquilo..
    Comprei o Combi, que dá direito a entrar já na quinta, pra já armar o camping e também assistir alguns shows menores (acho que bandas de lá + UDO).

  6. GioK 9 Abril, 2016 at 20:56 Responder

    GMM fechado! Só ouço a galera falando que é maravilhoso, tava louca para ir! Tendo mais informações e dicas não deixem de publicar aqui no blog pra gente ir acompanhando!

  7. Everaldo 15 Abril, 2016 at 12:32 Responder

    Massa, Marco!!!
    Pessoal que já confirmou presença, que vcs acham de criarmos um canal de interação pra ficarmos nos informando e trocando infos e dicas sobre o festival (algo do tipo grupo no face ou whatsapp)?
    Já somos em 06 amigos indo pros 04 dias – camping incluso!
    No aguardo…

  8. Marco 16 Abril, 2016 at 17:43 Responder

    Excelente ideia Everaldo!, e muito útil para trocarmos informações do festival, viagem, etc. Eu por ex. vou ficar ao todo uns 20 dias pela Europa (chego uma semana antes e volto 1 depois), e vou para os 4 dias (primeiro a entrar e ultimo a sair) do festival!!!.

    Pra quem ta pensando em ir e quiser aproveitar para viajar um pouco, deem uma pesquisada pois além de outros festivais estarem acontecendo ao mesmo tempo (ainda que 80% dos line-ups são os mesmos), há alguns shows “individuais” por preços em conta, se comparados com o Brasil. Eu por exemplo vou pra Milão antes de ir para Belgica, pois dia 13 (segunda), vai ter show do Offspring, Pennywise e Good Riddance, por 31 Euros (uns 100 reais + ou -)……

    ….E Outra dica é que estará rolando a Eurocopa na França ao longo do mês. Haverá um jogo entre Alemanha e Irlanda do Norte em Paris no dia 21, por ex… eu vou para la, ainda que sem ingresso pros jogos, para curtir a festa =)

  9. Everaldo 17 Abril, 2016 at 08:04 Responder

    Marco, me adiciona no facebook ( Everaldo Smell ) que a gente vai trocando idéias… Vou dia 10, passando por Amsterdã, Bruges e Bruxelas. Depois, vamos pra Praga.

  10. Luciano Calafate 11 Maio, 2016 at 09:29 Responder

    Aí pessoal, faltando 1 mês e estou criando um grupo no whatsapp para quem vai ao festival para trocarmos idéias, combinar de se encontrar e etc.
    Quem quiser pode me enviar o nº do telefone por msg no facebook/messenger: Luciano Calafate

Deixe uma resposta

Close