thalysEvgeny Prokofyev / Shutterstock.com

Viagem de Bruxelas para Amsterdã é oportunidade para agarrar

Holanda e Bélgica são dois destinos cheios de festivais maravilhosos. Se você quer visitar a Holanda, mas o seu festival predileto está na Bélgica, não se preocupe. A viagem de Bruxelas para Amsterdã é uma oportunidade que está mais fácil de se agarrar do que você imagina.

amsterdã

Canal em Amstedã. Standret via Shutterstock

Para nós, estar na Bélgica e não ir à Holanda é marcar touca, e vice-versa. Te damos alguns argumentos para você não hesitar em fazer a ponte entre os dois países, bem como algumas dicas práticas:

Os festivais que valem a sua viagem para a Bélgica e Holanda

Estivemos no Graspop em 2016, e foi sem dúvidas uma ótima experiência. Para os amantes de heavy metal, o festival belga tem construído um line up muito atrativo em suas edições recentes. Ter reunido Black Sabbath e Iron Mainden em um mesmo cartaz já diz muito, não é mesmo? O Graspop fica a mais ou menos 1 hora de viagem de Bruxelas, capital da Bélgica.

Outros festivais belgas que enchem os olhos são evidentemente o Tomorrowland (acontece em Boom), ícone dos festivais de música eletrônica. O Rock Werchter, que ocorre na cidade homônima, é um dos mais antigos e pertinentes festivais acontecendo até hj, sempre traz um line up invejável. Loundry Day e I Love Techno são outros dois destaques da música eletrônica.

Philippe Wuyts/Tomorrowland/Divulgação

Já na Holanda, são destaques o Pinkpop, em Landgraaf, que faz uma mistura competente entre rock, indie, metal e música eletrônica. Na mesma linha, o Down the habit role é outro festival famoso por lá, e acontece em De Groene Heuvels . Defqon.1 também é outro festival muso e desejado neste país. É o principal festival de hardstyle do mundo e acontece na pequena cidade de Biddinghuizen. Misteryland e Amsterdam Dance Event são os queridinhos da capital do Reino dos Países Baixos.

Encontre mais festivais aqui, na Busca do Festivalando.

Deslocamento de Bruxelas para Amsterdã é super fácil

Há trens e ônibus de hora em hora e várias estações de onde se pode partir para esta viagem. Ou seja, você vai poder sair da estação central de Bruxelas, ou da Gare du Midi ou então da estação norte. O deslocamento entre Bruxelas e Amsterdam pode levar de 2 a 3 horas, dependendo do meio de transporte que você escolher. Os preços também vão variar. O bom é que há grande oferta de horários e tudo pode ser agendado com antecedência. Nas estações de ambos os países, você vai encontrar opções em inglês ou alguém que te ajude.

Reserve seu vôo para a Bélgica ou Holanda aqui, com os nossos parceiros da Voopter.

Trem Bruxelas-Amsterdam

NS – O trem mais barato é o da empresa NS. Entretanto, o trajeto demora um pouquinho mais, chegando a quase três horas. O trem não é extremamente confortável, mas não é dos piores também. Os tickets podem ser comprados neste link aqui, e os preços podem ser consultados. Varia muito de acordo com o horário e dia, mas eu vi passagens de 19 euros (70 reais) somente a ida.

Thalys – Este é o trem mais caro, e mais luxuoso também. O trem é famoso por sua velocidade. Nele, a viagem de Bruxelas à Amsterdã leva menos de duas horas. É um trem internacional que faz a ligação entre Bélgica, Holanda e França. As passagens podem ser encontrar com valores entre 45 e 120 euros só para a ida (160 e 220 reais). Você pode reservar suas passagens para o Thalys aqui.

Não se esqueça de fazer o seu seguro viagem para ficar tranquilo. Nossos parceiros da Real Seguros têm ótimas ofertas. Faça uma cotação.

Ônibus Bruxelas-Amsterdam

A Eurolines é a empresa que faz o trajeto Bruxelas à Amsterdã. Quem já viajou com a empresa pela Europa, sabe que os ônibus são geralmente bem confortáveis. Há internet gratuita e outras facilidades. A viagem é mais longa – entre 3 e 4 horas. Porém, o preço é o principal atrativo: a viagem de ida e volta custa 38 euros (140 reais). Você pode comprar suas passagens aqui neste link.

Carro Bruxelas-Amsterdam

Se a sua ideia for alugar um carro, também é muito fácil sair de Bruxelas para Amsterdã. Você vai seguir quase que ‘em linha reta’ a autoestrada que leva até a Antuérpia, no caso, a E19. E depois, segue para a A27 e E311. O trajeto no maps fica mais explicado.
Você vai gastar em torno de duas horas para chegar. Já com relação à grana, o valor vai depender de quantos dias você permanecerá com o carro. Geralmente, é algo que compensa quando se está viajando com mais pessoas para rachar o valor do aluguel e do combustível.

Não vai custar tão mais caro assim dar uma passadinha ali no vizinho, em Bruxelas ou Amsterdã

bruxelas

Bruxelas. S-F via Shutterstock

Já te contamos quanto custa a viagem para Bruxelas, especificamente para o Graspop aqui. Então, àqueles valores estimados de uma viagem partindo do Brasil, acrescente em média 200 reais de deslocamento até a Holanda, e por volta de 150 reais de diárias para hospedagem, alimentação e transporte interno nas cidades.

Para reservar um hotel em Bruxelas, clique aqui.  E se for reservar um hotel em Amsterdã, aqui está o link.

Vai viajar para a Bélgica ou para a Holanda? Faça agora o seu seguro viagem. Ele é exigido para entrar na Europa, e se você não apresenta-lo será barradx na migração. Além disso, é a garantia de que você estará amparadx caso haja algum imprevisto com a sua saúde. Também é uma forma de evitar gastos exorbitantes caso você precise de algum atendimento médico. Aqui você pode pesquisar o melhor preço em várias seguradoras, comprar o que se adequar ao seu orçamento e ainda conseguir até 15% de desconto.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer com 2 colegas um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário sobre as Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Foi por paixão também que larguei um emprego público, para me aventurar pelo mundo dos festivais com a Pri.

2 comments

Add yours

Deixe uma resposta