check list lollapalooza brasil dicasI Hate Flash/Lollapalooza Brasil/Divulgação

Dicas Lollapalooza Brasil para principiantes

É a sua primeira vez no Lolla? Tá perdido? Não sabe como se preparar, como chegar, se sai ou não cedo de casa? Vem cá então que eu vou te dar umas coordenadas básicas e responder todas as suas perguntas de nesse guia do Lollapalooza Brasil para principiantes.

Quanto tempo gasta para chegar no Lollapalooza?

O tempo total depende do seu ponto de partida, obviamente, e também do seu meio de transporte. Vou considerar aqui o meio de transporte mais usado pelo público do Lolla e recomendado pela produção do festival, que é o metrô + trem.

Para chegar até o autódromo de Interlagos, é preciso pegar a linha 9-Esmeralda dos trens da CPTM e ficar na estação Autódromo. O mais comum é que o acesso seja feito pela estação Pinheiros, da linha amarela do metrô, onde é possível fazer a integração.

checklist electric daisy carnival brasil lollapalooza brasil para principiantes

Saiba de antemão que somente de trem, da estação Pinheiros até a estação Autódromo, são aproximadamente 24 minutos. Saindo da estação, são mais 22 minutos de caminhada, em média, até a entrada do Autódromo (os cálculos são do Google Maps para o trajeto a pé). Fora isso, ainda é preciso adicionar o tempo da sua origem até a estação Pinheiros. Ou seja:

Tempo de deslocamento até a estação Pinheiros +
24 minutos (estação Pinheiros a estação Autódromo) +
22 minutos (caminhada da estação até o Autódromo) =
Tempo total para você chegar no Lolla

Se você for fazer o trajeto todo de trem/metrô, é possível calcular o tempo total de viagem no site do metrô de São Paulo.

Faz frio ou faz calor em Interlagos? Que roupa usar no Lolla?

Essa é uma dúvida que a nossa leitora Paula colocou nos comentários e é bastante pertinente (a propósito, leia os comentários deste post também, pois virou um bom FAQ do Lolla). Vou reproduzir o que respondi pra ela a seguir sobre dicas práticas para escolher a roupa para o festival (nada a ver com moda aqui, até porque a moda das pessoas que vão ao Lolla é SUPER livre). Também acrescento uma última dica.

Sugiro que você comece pensando pelos pés. Isso mesmo. Interlagos é grande, você vai ter que bater um bocado de perna, então é bom que você coloque um calçado confortável. Ao mesmo tempo, é bom lembrar que março é uma época quente, mas também com grandes chances de chuva, então pense em um calçado que seja confortável E TAMBÉM que mantenha os seus pés o mais secos possíveis em caso de chuva (é horrível ficar com os pés encharcados).

Com relação à temperatura, não tem muita regra. Pode, sim, fazer calor o tempo todo, assim como pode chover e a temperatura ficar mais amena. Eu não diria que chega a fazer frio no autódromo nessa época, mas a sensação de frio e calor varia muito de pessoa pra pessoa. Se você é do tipo mais friorenta, uma legging com regata pode ser uma solução. Não vai te fazer derreter se fizer calor demais, nem vai te fazer sentir frio se a temperatura diminuir. Além do mais, é confortável. Eu, particularmente, tenho ido sempre de short e tenho lidado bem com as variações de temperatura. É uma possibilidade também.

De qualquer forma, em qualquer um dos casos, coloque um casaquinho leve na bolsa. Você se previne contra um eventual friozinho e não ocupa espaço nem volume na bolsa. Uma capa de chuva também é indispensável. E não se preocupe em estar carregando coisa demais. Eu sempre levo uma bolsa pequena e nela cabe capa + blusa + celular + dinheiro tranquilamente.

Ah! Se você sair de casa cedo e o tempo estiver ensolarado, e você for passar o dia inteiro no Lolla, passe filtro solar! Do contrário, você vai sair de lá como um pimentão, assim como aconteceu comigo e com muita gente que eu observei em edições anteriores. Eu sempre passo filtro no rosto quando saio de casa, mas já caí no vacilo de uma vez no Lolla não passar filtro nos braços e nas pernas e o resultado não foi legal.

A que horas eu devo chegar no Lollapalooza?

Sendo esta a sua primeira vez, chegue o mais cedo que puder. Mesmo que você esteja indo só por causa de uma banda e mesmo que essa banda vá tocar só à noite. Tudo vai ser novidade pra você, logo, é legal tirar um tempo para rodar pelo festival e ver tudo que ele tem a oferecer para além dos shows.

E mesmo que o seu artista preferido vá tocar cedo, evite chegar exatamente na hora do show. Programe-se para chegar antes. Os shows no Lolla são extremamente pontuais e um imprevisto no meio do caminho pode te fazer perder o artista que você tanto esperava ver. Além disso, fora o tempo que você vai gastar para chegar em Interlagos, ainda tem o tempo que você vai gastar andando dentro do Autódromo para chegar em um determinado palco (veja o tópico a seguir).

A distância entre os palcos é grande?

Sim. A partir da entrada, se a gente for colocar tudo num plano linear, a ordem dos palcos e atrações é mais ou menos essa:

Palco Axe Palco Perry Chef Stage Palco Skol Ativações de marca Palco Ônix.

No meio do caminho, em vários pontos, há os banheiros, bares, caixas e ambulantes.

Dando aqui um exemplo da maior distância entre palcos, se você estiver no palco Axe e quiser ir para o Ônix, talvez necessite de pelo menos uns dez minutos, dependendo do seu ritmo de caminhada.

Aproveite pra matar a curiosidade DJÁ e faça um passeio guiado pelo Lolla com o nosso leitor Diego Weber, que fez um vídeo mostrando como é caminhar pelo Lolla de ponta a ponta:

Quanto $$ e o que levar para o Lollapalooza?

Mais próximo dos dias do Lolla sai a lista dos itens permitidos e proibidos dentro do festival e você poderá conferir tudo no checklist que o Festivalando vai publicar assim que essas informações forem divulgadas. Basicamente, o que não pode são objetos rígidos, de vidro, perfurantes ou cortantes. O que pode são objetos de alguma utilidade pra você: bonés, cangas, capas de chuvas, barras de cereais, mochilas e bolsas.

O preço dos alimentos e bebidas também sai às vésperas do festival, e também será publicado no nosso checklist. Mas se você já quiser preparar o bolso, use como referência os valores do ano passado: entre R$ 10 e R$ 25 para os lanches/refeições e entre R$ 5 e R$ 10 para as bebidas. Considere ainda a inflação, que tem sido uma bitch, e também o aumento natural de tudo nesse mundo capitalista malvado.

É tranquilo ir embora depois que terminam o shows?

Se você optar novamente pelo transporte público, mais precisamente, pelo trem + metrô, fique atento aos horários. O horário de funcionamento das estações e a última transferência entre linhas ocorrem até a 1h (de sábado para domingo) e até a meia-noite (de domingo para segunda e nos demais dias).

Os shows acabam pontualmente duas horas antes do fechamento geral das estações. Mas não relaxe demais com essa folga de 120 minutos: lembre-se do seu trajeto inicial, considere as transferências que terá que fazer e o tempo de caminhada até a estação.

Eu não moro em São Paulo? Como faço pra me organizar?

Veja o nosso post com dicas de viagem para o Lollapalooza Brasil! 🙂

Se você tem alguma outra dúvida que não foi esclarecida pelo texto, compartilhe-a nos comentários 😉

O Festivalando é Embaixador Oficial do Lollapalooza Brasil.

Lollapalooza Brasil 2016
12 e 13 de março
Autódromo de Interlagos, São Paulo
Lolla Pass (válido para os dois dias/último lote): R$ 800 (inteira) e R$ 400 (meia)
Vendas: www.ticketsforfun.com.br

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora também coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Além de uma das mães do Festivalando, sou colaboradora da Mixmag e do Brasil Post e autora do Porque eu gosto de música. Também ajudei Paul McCartney a falar uai em pleno Mineirão.

24 comments

Add yours
  1. Paula 23 fevereiro, 2016 at 14:12 Responder

    Vocês poderiam dar umas dicas sobre o que vestir no festival (não sobre looks da moda, mas um guia prático levando em consideração clima e conforto!). Ouvi dizer que durante o dia é bem quente, porém a noite faz frio, então não sei quais peças seriam mais práticas pra usar :/

    • Priscila Brito 24 fevereiro, 2016 at 09:36 Responder

      Oi, Paula! Vamos às dicas! Sugiro que você comece pensando pelos pés. Isso mesmo. Interlagos é grande, você vai ter que bater um bocado de perna, então é bom que você coloque um calçado confortável. Ao mesmo tempo, é bom lembrar que março é uma época com grandes chances de chuva, então pense em um calçado que seja confortável E TAMBÉM que mantenha os seus pés o mais secos possíveis em caso de chuva (é horrível ficar com os pés encharcados).

      Com relação à temperatura, não tem muita regra. Pode, sim, fazer calor o tempo todo, assim como pode chover e a temperatura ficar mais amena. Eu não diria que chega a fazer frio no autódromo nessa época, mas a sensação de frio e calor varia muito de pessoa pra pessoa. Se você é do tipo mais friorenta, uma legging com regata pode ser uma solução. Não vai te fazer derreter se fizer calor demais, nem vai te fazer sentir frio se a temperatura diminuir. Além do mais, é confortável. Eu, particularmente, tenho ido sempre de short e tenho lidado bem com as variações de temperatura. É uma possibilidade também.

      De qualquer forma, em qualquer um dos casos, coloque um casaquinho leve na bolsa. Você se previne contra um eventual friozinho e não ocupa espaço nem volume na bolsa. Uma capa de chuva também é indispensável. E não se preocupe em estar carregando coisa demais. Eu sempre levo uma bolsa pequena e nela cabe capa + blusa + celular + dinheiro tranquilamente 🙂

  2. Henrique 24 fevereiro, 2016 at 22:55 Responder

    Eu sei que o método recomendado é o trem + metrô, mas para quem pensa em curtir com um pouco menos de pressa a saída do festival, as únicas opções restantes são Lolla Transfer e táxi, não? Acho que vai ser impossível conseguir Uber em Interlagos a essa hora… outra coisa que me deixa um tanto apreensivo é estar à mercê de taxistas desonestos que vão querer cobrar valores absurdos.

    • Priscila Brito 25 fevereiro, 2016 at 12:37 Responder

      Bem lembrado, Henrique. Se você quer evitar pressa por causa dos horários do metrô, eu recomendo o Lolla Transfer mesmo. O valor é bem razoável considerando a distância de Interlagos e também considerando que é ida + volta: 70 reais. Se ficar à mercê de taxista você corre o risco de pagar duas, três vezes mais que esse valor só para a volta. Se for optar pelo transfer, compre o quanto antes, pois o serviço está sujeito à lotação. Assim você já garante o seu lugar.

  3. DENNER PACHECO 29 fevereiro, 2016 at 11:56 Responder

    Bom dia! Primeira vez que eu vou ao festival. Me ajudem aí!

    Tem área de camping ou algum local onde dê pra acampar? O estacionamento tem bastante vaga?

    Vou de carro saindo do Rio no sábado. TÔ PERDIDO!

    • Priscila Brito 29 fevereiro, 2016 at 12:08 Responder

      Oi, Denner! O Lolla não tem área de camping. Você terá que deixar a área do festival num dia e retornar no outro. O estacionamento tem cerca de 4 mil vagas. Geralmente, dias antes do festival o ticket do estacionamento é vendido online. Por hora, ainda não saiu nenhuma informação a esse respeito para a edição deste ano. Fique ligado que na semana que vem teremos um post com informações práticas sobre o festival e certamente já haverá informações sobre o estacionamento 😉

  4. DENNER PACHECO 29 fevereiro, 2016 at 13:43 Responder

    Priscila,

    Putz, que merda! 🙁

    Tô malzão de grana, tem alguma dica de motel/hotel/hostel barato pra eu ficar?

    O estacionamento costuma ser muito caro?

  5. Flávia Lima 7 março, 2016 at 20:45 Responder

    Oi Priscila!

    Nos termos da compra do ingresso (é, eu li os termos) tem dizendo que voce pode não entrar no Lollapalooza se voce não conseguir chegar no início do festival. Eu só chego em SP depois das 12:30, isso significa que eu perderei meu ingresso? *surtando por vários segundos*

    • Priscila Brito 8 março, 2016 at 09:07 Responder

      Oi, Flávia! Imagino que eles tenham se equivocado fortemente na elaboração desse trecho dos termos. Os portões do Lolla ficam abertos para o público o dia inteiro e as pessoas são livres para chegaram na hora que puderem ou desejarem. No ano passado mesmo, no sábado, eu cheguei em São Paulo ao meio-dia. Até ir para o hotel, tomar banho, almoçar, pegar o trem, etc, já eram umas 16h quando consegui finalmente entrar no Lolla. Uns dois anos atrás, eu estava no hotel me preparando para ir pra Interlagos e tive uma crise de dor insuportável por causa da extração do meu ciso, que tinha sido feita uma semana antes. Eu fiquei umas duas horas me recuperando e cheguei em Interlagos de tardinha também. Ou seja, você pode ficar tranquila e chegar no horário que for possível pra você. 🙂

  6. Jean Mauricio 9 março, 2016 at 07:42 Responder

    Priscila, bom dia!

    É minha primeira vez no Lolla. E tenho a seguinte dúvida:
    Pretendo assistir apenas o Show do Eminem (que começará as 21:30), com isso pretendo chegar por volta das 19:00 para ter um pouco de tranquilidade e conhecer um pouco do festival.
    Você sabe me dizer se há horário limite para entrar no Festival?

    Valeu pela Ajuda!

  7. Laís 11 outubro, 2016 at 21:27 Responder

    oi! até o lolla do ano q vem vou ter 16 anos e to fazendo de tudo pra ir, mas meus pais tao preocupados sobre como é no festival, se rola mt coisa ilicita e enfim.. acha q é um lugar tranquilo pra ir, q nao seja um ambiente mt “pesado”? Obrigadaa

    • Priscila Brito 12 outubro, 2016 at 09:32 Responder

      Ei, Laís! A preocupação dos seus pais é super normal, vai ser assim mesmo até eles se acostumarem a te ver saindo sozinha pra esse tipo de evento. Eu acho que o melhor argumento que você pode usar para convencê-los é o fato de o Lolla ser um festival voltado para crianças também. Sim! Tem um palco com atividades só para crianças, o Kidzpalooza, e crianças a partir de cinco anos estão liberadas (inclusive, quem tem entre 5 e 10 anos entra de graça). Se até crianças entram no Lolla, é claro que o ambiente é super tranquilo 😉

  8. Emanuel Vieira 16 janeiro, 2017 at 10:58 Responder

    Ooolá!!! Que horas se encerram as atividades e temos que ir para casa? Digo, qual o horário máximo que podemos ficar no local?

    • Priscila Brito 16 janeiro, 2017 at 11:55 Responder

      Ei, Emanuel! Os shows terminam às 23h30 no sábado e às 22h30 no domingo. Acredito que deva haver um tempo de tolerância de no máximo uma hora para o total escoamento do público. De todo modo, sugiro que você verifique isso nos termos de compra do ingresso. Essa informação deve constar lá 😉

    • Priscila Brito 15 fevereiro, 2017 at 09:50 Responder

      Ei, Bruna! Vão vender sim, mas ainda não anunciaram os detalhes. Devem soltar tudo nas próximas semanas. Mas não tem muito segredo, o Lolla Transfer é vendido no site da Tickets For Fun, o mesmo onde são vendidos os ingressos. A gente está de olho para divulgar aqui quando saírem as infos oficiais 😉

    • Priscila Brito 7 março, 2017 at 22:11 Responder

      Oi, Augusto! Não fica um caos, mas algumas ruas do entorno do autódromo ficam com trânsito fechado para facilitar a circulação e o escoamento do público, já que são milhares de pessoas concentradas num mesmo lugar. É possível, sim, marcar um ponto de encontro, bastando apenas atentar para essas eventuais mudanças.

  9. Vanda 8 março, 2017 at 23:11 Responder

    Olá, é minha primeira vez indo no lolla e gostaria de saber se posso levar pelo menos um desodorante, alguma coisa pra amenizar o cheiro ( sem ser de vidro ou aerossol) ou se eles barram mesmo assim.

    • Priscila Brito 9 março, 2017 at 09:25 Responder

      Ei, Vanda! Essa é uma questão ambígua. Por um lado, na lista de itens proibidos constam “embalagens rígidas com tampa”. Nesse sentido, eles podem alegar que uma embalagem de desodorante ou antitranspirante é uma embalagem rígida com tampa. Por outro lado, na lista de itens permitidos constam produtos como filtro solar, que é acondicionado em embalagem rígida com tampa. Acredito que o filtro é permitido por ser considerado um produto importante para proteção. É provável que se você perguntar para um grupo grande de pessoas, algumas vão dizer que tentaram levar desodorante e tiveram o produto barrado, e outras não, pois às vezes isso depende da rigidez de quem faz a revista. Sugiro que você tire a dúvida com o pessoal do Lolla (tente um inbox no Faccebook). Em último caso, leve um desodorante que já esteja no fim ou um mais barato, assim, se ele for barrado e você tiver que descartar, não terá tanto prejuízo 😉

Deixe uma resposta