festival em PortugalNos Alive – Divulgação.

Viaje para um festival em Portugal

As suas desculpas – pelo menos as linguísticas, que te “impedem” de viajar para um festival na Europa acabaram. Com esse post, você terá motivos de sobra para viajar para um festival em Portugal. Assim, aquela insegurança com o inglês pode ser facilmente superada, uma vez que no português nós estamos garantidos (ou quase). Além de sediar muitos festivais, Portugal é um dos países que mais recebem calorosamente turistas brasileiros. Das duas rápidas vezes que estive em Lisboa, fui muito bem tratada pelas pessoas, em geral. E apesar de todo jeitão tradicional, pode ter certeza que você vai encontrar muito mais coisas do que festivais de Fado (música típica portuguesa) – e olha que esses também devem ser bonitos e animados!

Divulgação. Ph: www.visitlisboa.com

Divulgação. Ph: www.visitlisboa.com

Em Portugal, os destinos quase sempre se apresentam de forma familiar, ou seja, conseguimos reconhecer traços em comum com a nossa cultura, trazidos por causa da colonização. Além disso, o idioma nos traz um certo conforto em andar pelas ruas daquele país. Mas, näo se engane. Há muito com o que se surpreender e aprender. Andar pelo país vai ser sempre bom para quem gosta de história, de cultura,de praia, ou de balada. Afinal, Portugal se mostra bem versátil, no Porto e no Alentejo com os vinhos e culinária única, Coimbra com a vida universitária em efervescência, o tom medieval marcante em Óbidos, Monsanto e Piódäo, o moderno e histórico juntos na capital Lisboa, a beleza de Sintra e tem também as deliciosas praias dos arquipélagos da Madeira e dos Açores.

Óbidos, Portugal. Wikimedia Commons. PH: Waugsberg.

Óbidos, Portugal. Wikimedia Commons. PH: Waugsberg.

O clima mediterrâneo faz do país um lugar bem atrativo para todas as épocas do ano. Mas, o verão tem seu encanto, principalmente quando florescem os festivais por toda a Europa. Apesar disso, há festivais ocorrendo em Portugal em todo o ano, também. E são muito mais festivais do que você poderia imaginar, bem mais do que o Rock in Rio em Lisboa.

Além das facilidades e pontos convidativos citados acima, Portugal é um dos destinos europeus mais baratos. A Luiza Antunes, minha amiga que escreve para o 360 meridianos e está em Portugal desde 2014, conta que dá para sobreviver bem no país com 50 euros por dia. Combinando com as entradas de alguns festivais, que custam entre 30 e 60 euros por dia, fica fácil mochilar e festivalar. “Portugal tem festivais de norte a sul, apesar de a maioria deles estar concentrada em Lisboa. Mas, para quem deseja explorar os outros cantos do país, os festivais são uma ótima pedida”, falou a Lu que deve ir a alguns festivais esse ano, mas ainda não sabe em quais! A gente te entende, Lu! São tantos =)

Portugal também não exige visto para brasileiros na hora de entrar no país ( pelo menos, por três meses, para tursimo). A passagem pela imigração costuma ser bem tranquila. Mas se te agarrarem por lá, você sempre pode bater ótimos papos. Eu, da primeira vez que olharam meu passaporte no país, fui perguntada se eu era “galo” ou “raposa”, referêcia ao Atlético Mineiro e Cruzeiro Esporte Clube, times de futebol daqui. Cheios de graça, não é mesmo? Nos primeiros ou nos demais contatos com cidadãos lusitanos, é muito provável de ter alguém muito simpático para cruzar o seu caminho.

Compre já sua passagem para Portugal com os melhores preços

Agora, nosso golpe final para te fazer viajar para um festival em Portugal: os festivais, ora! Cinco dos melhores e maiores do país, listados com ajuda de curadoria da Lu e também do Paulo Fernandes, querido que fez um apanhado de informações e mandou fotos. Ele também é parte da equipe do SWR Barroselas, um dos festivais de metal portugueses mais importantes para a cena.

NOS Alive

Para muita gente, esse é o melhor festival de Portugal. No ano passado, ele ganhou no Festival Awards como o melhor festival internacional. O NOS Alive acontece em Oeiras, desde 2007, e é um dos gigantes portugueses, com certeza.São 3 dias,com muitas atrações nacionais e internacionais de renome. Pertinho de Almada e do rio Tejo, o festival é um ótmo convite para o turismo na bela região.

festival em Portugal

Divulgação

Onde: Passeio Marítimo de Algés, Oeiras.
Quando: Julho
Quem:Radiohead, Arcade Fire, Pinxies, The Chemical Brothers e mais.
Mais: nosalive.com

Reserve aqui sua acomodação em Oeiras

Meo Marés Vivas

A primeira edição foi em 1999, mas foi seguida de uma pausa. Já em 2007, o festival Marés Vivas seguiu com sua história, trazendo o que há de mais novo e interessante na música mundial, e local também. Já contaram com nomes como Placebo, Morcheeba, Ben Harper, Manu Chao e outros importantes. Com aparência moderna e ambiente descolado, o festival ainda traz a vantagem de ter fácil acesso. Melhor do que isso, fica em Vila Nova de Gaia, cidade que divide o patrimônio do vinho com a cidade do Porto, e ainda tem pontos turísticos imperdíveis: na região, os ricos portugueses mantinham suas casas de veraneio, onde passavam férias e fins de semana.

festival em Portugal

Onde: Vila Nova de Gaia
Quando:Julho
Quem:James Bay, Elton John, Kelis, Kodaline e mais.
Mais: maresvivas.meo.pt

Onde ficar em Vila Nova de Gaia? Reserve aqui.

Super Bock Super Rock

É um dos festivais de rock alternativo, heavy metal, indie e eletrônica mais importantes de Portugal. A história do SBSR começou em 1995, em Lisboa. Mas, depois o festival também teve edições perto do mar, em Sesimbra, o que deu um ar mais descontraído. Porém, recentemente decidiram voltar à capital, Lisboa, o que não deixa esse passeio menos interessante, não é mesmo?

festival em Portugal

Onde: Lisboa
Quando: Julho
Quem: Disclosure, Kurt Vile, Kendrick Lamar e outros.
Mais:www.superbocksuperrock.pt/pt/pt/#social-grid

Reserve o seu hotel em Lisboa aqui.

Vodafone Paredes de Coura

Verde idílico e águas do rio Coura emolduram a festa da música promovida pelo Paredes de Coura, festival que acontece desde 1993 em Portugal. É um dos festivais mais antigos e duradouros, que promove sempre um encontro de gerações. Fica a pouco mais de 400 km de Lisboa, e é um dos eventos imperdíveis de encerramento de verão . A aposta num line up variado, que contempla o rock, o indie e a eltrônica está presente nas últimas edições do festival. Tem camping, e parece ser uma delícia. Há também aquela opção de Sleep’am’ all, que nossa amiga  Sandra já relatou aqui.

festival em Portugal

Onde:Paredes de Coura
Quando: Agosto
Quem: LCD Sound System, Chvrches, The tallest man on earth e mais.
Mais:www.paredesdecoura.com

Reserve aqui sua acomodação em Paredes de Coura.

Rock in Rio Lisboa

A trajetória do Rock in Rio começa em 85, no Brasil. Posteriormente, o festival ganhou uma força tão grande, que se tornou um dos maiores e mais importantes da América Latina. Assim, nos anos seguintes, resolveu fazer edições pelo mundo. Uma delas, a edição bem sucedida de Lisboa, que acontece desde 2004. Com uma grande estrutura e line ups construídos com artistas de  relevância nacional e internacional, o Rock in Rio Lisboa atrai milhares de pessoas todos os anos.

festival em Portugal

Divulgação

Onde:Lisboa
Quando: maio
Quem: Bruce Springsteen, Queen, Fergie, Mika, entre outros.
Mais:rockinriolisboa.sapo.pt

Reserve o seu hotel em Lisboa aqui.

Vai viajar para um festival em Portugal? Não se esqueça de fazer o seu seguro viagem. Ele é exigido para entrar na Europa, e se você não apresenta-lo será barradx na migração. Além disso, é a garantia de que você estará amparadx caso haja algum imprevisto com a sua saúde. Aqui você pode pesquisar o melhor preço em várias seguradoras, comprar o que se adequar ao seu orçamento, conseguir um desconto e parcelar sem juros.

Assinar blog por e-mail

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer com 2 colegas um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário sobre as Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Foi por paixão também que larguei um emprego público, para me aventurar pelo mundo dos festivais com a Pri.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta

Close