" /> Seis coisas pra fazer em um dia em Roterdã | Festivalando
um dia em roterdãRoterdã. Ph: mihaiulia via Shutterstock

Seis coisas pra fazer em um dia em Roterdã

Um dia em Roterdã é muito pouco pra aproveitar tudo o que a cidade oferece. É muita cervejaria, pub, parque, bosque, loja vintage, casa de show e restaurante pra conhecer, gente! Mas, eu consegui fazer pelos menos seis coisas que me deixaram muito feliz por estar na cidade.

Porém, ainda recomendo a quem tiver tempo que fique mais do que 24hrs em Roterdã. Eu que fiquei menos do que isso, pra falar a verdade, já tenho muita vontade de voltar. O bom é que a cidade fica a 40 min de Amsterdã, pegando o trem direto (ICd). Decidindo pelos trens diretos, observe que há uma taxa adicional (toeslag) de 2, 40 euros. É um cartão que se compra na mesma máquina onde você compra o ticket de uma cidade a outra. Caso não o compre lá fora, dentro do trem você pode ter que pagar 10 euros por esta taxa.

#1 Visitar o Porto

um dia em roterdã

Porto de Rotterdam. Ph: Leonid Andronov via Shutterstock

Como assim você chega na cidade que vira e mexe tava nos livros de história e não vai lá ver?Primeiro, o porto de Roterdã é um dos mais importantes da história.Hoje, é nono maior porto do mundo e o priemiro da Europa. Então, diante de tudo isso, não contive meu ímpeto de ir ver o tal porto de Roterdã.  Para quem fica apenas um dia na cidade, até que este é um lugar em que dá pra matar vários coelhos turísticos de uma vez só. Tem restaurantes vários, cinema, casa de show, tem mercado, lojas pra turistas e mais.

Contudo, somente passear pela região já é uma delícia. Além da brisa do mar e do som daqueles pássaros litorêneos, o visual é incrível. De vez em quando também se pode topar com super navios, equipados até com toboágua no teto ( sim, eu vi isso!).

Acho que este passeio pelo porto foi tão agradável também para mim porque me lembrei muito de Copenhague. Morei em CPH por um ano e confesso que Roterdã me fez lembrar bastante algumas partes da cidade. Uma delas, tem a ver com o próximo tópico.

#2 Comer na Fenix Food Factory

um dia em roterdã

Fenix Food Factory. Ph: Iris van den Broek via Shutterstock

Gente, a Fenix Food Factory é tipo um mercado de comida. Tem tanto comidas típicas da Holanda como também de outros países, inclusive brasileira. E essa parte me fez lembrar muito CPH pois existe um lugar igualziho, perto do porto também, ao lado do Experimentarium.

Enfim, eu não fiquei resmungando que não teria tempo de ir ao famoso e turistasso Markthal (que é lindo e ainda quero ir). Então, tratei de ver o que poderia ser feito nas imediações de onde eu tinha meus compromissos. Assim, sentamo-nos em uma mesa na Fenix Food Factory. Porém, como a visita ainda foi bem rápida, aqui estão apenas três coisas sensacionais que pude provar por lá:

  1. Cervejas especiais da Brouwers Rotterdam;
  2. Queijos deliciosos em uma tábua com várias amostras dos típicos locais e seleção de outros;
  3. Stroopwafel artesanal feito na hora. Gente, o que foi aquilo? Caramelo quentinho por todo lado da minha boca. Até agora não consigo parar de pensar nesta experiência.

#3 Deixar o cérebro bugar olhando a arquiterura da cidade

um dia em roterdã

Casas Cubo em Roterdã. Ph: Innervision Art via Shutterstock

Roterdã é uma cidade em que a arquitetura é literalmente divertida. É muito irreverente e desafiador o modo como os arquitetos tratam o concreto. É realmente algo para parar e ficar olhando, até que o cérebro consiga processar o que está vendo.

Como a minha visita foi bem rápida, eu consegui apenas ver as Casas Cubo, na Overblaak Street. É bem fácil visitar. Só saltar na estação Blaak. O difícil mesmo é digerir a ideia de morar em uma delas, rs.

Além das casas cubo, perto da ponte Erasmus, no porto, há vários edifícios com arquitetura muito interessante.

Planejando sua viagem para a Holanda?

1.Veja as ofertas de passagem para Amsterdã e outros destinos.

2. Se for passar uns dias na cidade, veja essas dicas de onde ficar em Roterdã.

3. E não se esqueça de fazer o seu seguro viagem, para garantir sua entrada na Europa sem problemas e evitar complicações durante a sua estadia.

4. Ah, caso ainda não conheça a Melhor Câmbio, faça um teste comparando as diversas casas e tarifas em um só lugar.

#4 Tomar cerveja em uma Brouwerij

Roterdã possui ótimos lugares para se degustar uma cerveja. Eu tive oportunidade de tomar não só uma, mas várias. A primeira rodada, antes de eu ir pro Porto, foi na Brouwerij Noordt. A casa possui mais de 20 variedades de cerveja de fabricação própria, e várias outras na carta. Os preços são ok para a média europeia. Apesar de a cervejaria do Fenix Food Market ser mais barata, eu elegi a Noordt como lugar pra voltar sempre. Primeiro, porque o pessoal trata a gente super bem. Segundo, por que foi lá que tomei uma das cervejas mais deliciosas para uma tarde de verão, uma Ipa frutada sem igual!

Além disso, é um espaço super agradável, com uma equipe bem contente em receber os visistantes e explicar sobre os sabores. Por falar nisso, você pode degustar vários tipos de cerveja de graça, antes de tomar a sua decisão sobre o pedido. Uma beleza!

Também ganha ponto o visual do lugar, que mescla o rústico e moderno. Há um espaço interior, com mesas amplas para grupos. Mas também um ótimo espaço exterior, com mesas e cadeiras para grupos ou menos pessoas. Lugar adequado para passar uma tarde quente de verão.

#5 Almoçar ou tomar algo à beira do lago Karlingse

Nós já te contamos tudo sobre Karlingse  lago/ bosque quando escrevemos sobre o nosso almoço com o Holland Pop Festival. Então, lá no post você entende melhor a relação entre este festival, o bosque e o lago. Mas, por hora, basta saber que você pode sentar-se à beira do lago para tomar algo e comer. Ou ainda, caso prefira, pode também almoçar em um restaurante super charmoso que está localizado lá.

Fui ao Restaurante de Tuin para almoçar e recomendo bastante. Os pratos não são tão caros e as bebidas também em conta. Comi uma salada de salmão por pouco mais de 10 euros. O prato mais caro custava 22.

Pra quem gosta de nadar, leve seus trajes de banho, pois essa é uma coisa que eu fiquei devendo fazer.

#6 Drinks, comida e música ao vivo em um barco

um dia em roterdã

Vessel 11, Roterdã. Ph: Oscity via Shutterstock

Por fim, mas não menos excitante, uma atração para fechar o dia com chave de ouro. Numa cidade portuária, tinha que ter uma dessas! Além dos táxis aquáticos ( que dizem ser super rápidos para levar geral de um lado a outro do porto), Roterdã tem um club/pub dentro de um barco. O nome deste lugar incrível é Vessel 11.

O Vessel 11 é um club com um restaurante super legal, oferece vários drinks e cervejas, além de ser uma das casas de shows mais legais da cidade, segundo os locais. Embora tenha um jeito mais alternativo, artistas renomados também podem tocar por lá. Porém, é mais comum ver os iniciantes, mesmo. É simplesmente um lugar super legal que merece mais um post logo,logo. Por enquanto, saiba que os preços são muito legais ( tipo 10 euros a entrada) e rolam até minifestivais, tipo este, o punk on the boat.

Mais dicas de passeios em Roterdã

Pra quem deseja explorar mais a cidade, veja aqui os vários tipos de passeios e excursões ofertados. Lembre-se que ao adquirir por aqui você evita filas e estresse. Veja também nosso roteiro completo de Roterdã.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

 

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

1 comment

Add yours
  1. Dicas de turismo em Roterdã, uma das cidades mais cool da Holanda | Festivalando 31 outubro, 2018 at 00:06 Responder

    […] Quando cheguei em Roterdã, foi amor à primeira vista. Primeiro, porque a cidade lembra muito algumas partes de Copenhague, um dos lugares que mais me maravilham nesse mundo. Segundo, porque Roterdã é muito legal, mesmo. Das dicas de turismo em Roterdã selecionadas para este post, tem de tudo um pouco: passeio pela região do porto, que é uma graça! Também passeios por museus, muita arquitetura e gastronomia. Pra quem não vai ter muito tempo para estar na cidade, escrevi até um roteiro de um dia em Roterdã. […]

Deixe seu comentário