ficar em hotel durante festivalPH: Greentellect Studio via Shutterstock

Por que você deveria ficar em hotel durante festival de música?

Eu sou uma pessoa que sempre está experimentando coisas na vida. Por isso, já fiz de tudo que podia com relação ao assunto ‘sono’ durante um festival de música. Ou seja, quando o que estava em jogo era dormir (ou não) em festival eu: já acampei sozinha, já acampei ‘cazamiga’, já dormi em hotel, já fiquei acordada à noite inteira, já fiz bate e volta no trem, e até dormi dentro de um carro. Posso dar motivos para você fazer ou não fazer cada uma dessas coisas. Inclusive, já falamos aqui nesse post qual é o barato de ficar nos acampamentos de festival e fizemos um guia de camping em festivais Mas hoje, vou falar do outro extremo. Por que você deveria ficar em hotel durante festival de música? Pode ter certeza de que também há boas razões!

Antes dos motivos em si, preciso dizer que nada é perfeito, caso você ainda tenha essa ilusão na vida. Migxs, caiu a ficha? Então, pronto: toda escolha envolve perdas. Há sempre vantagens e desvantagens. Com a decisão de ficar em um hotel durante um festival não poderia ser diferente. Eu tendo a crer que quando fico em hotel, aproveito menos do festival. Mas isso é porque sou um pouco menos disciplinada com horários etc. Mas tenho plena consciência de que se eu me policiasse e planejasse mais, ficar em hotel não representaria problema algum nesse quesito de porcentagem de tempo da vida dedicado ao festival.

E não é somente esse papo de “ah, estou velhx para acampar em festival” que deve ser um bom motivo para ficar em hotel. Pessoas de todas as idades podem optar por ficar em hotel durante festival de música, por razões as mais diversas, podendo ser uma das que falo abaixo:

Hotel é um lugar ideal para recarregar as energias

ficar em hotel durante festival

S_L via Shutterstock

Qualquer um, de qualquer idade, sabe que festival de música é um evento que suga todas as nossas energias. Quase sempre temos que ficar de pé por várias horas, vagando de um palco a outro, agitando, bebendo, desidratando-nos sob o sol, ou lutando contra o barro depois da chuva. Não é fácil. E ao final do dia festivaleiro, mesmo as pessoas que estão acampando – digo isso por mim mesma – tudo o que elas ( e me incluo) queriam era um banho quentinho, uma cama macia e um sono tranquilo. Mas isso não acontece na maioria dos campings de festival.

Estar no camping exige muita determinação, pois o banho nem sempre será possível ao fim do dia, a cama às vezes pode não estar tão macia assim, pode ser que faça bastante frio à noite. Além disso, nem sempre o seu sono vai ser tranquilo. A festa não para em alguns campings, sabe?

Já em um hotel, você pode ter a certeza de que vai haver uma cama e um ambiente aconchegante te esperando. Você vai tomar banho e suas toalhas já estarão lá. Quando você acordar, o café já vai estar servido.Logo, o hotel ganha muito do acampamento quando o assunto é recarregar as energias.

No hotel, você está protegido da chuva, do sol e da lama

Os festivais open air não são blindados contra as intempéries climáticas. Da mesma forma, seus acampamentos estão sujeitos ao sol de rachar, à chuva impiedosa, ao frio brutal. Portanto, caso você não tenha disposição para lidar com nenhuma dessas variáveis, pode ter certeza que um hotel é seu lugar.

Dormir em uma barraca em festival significa que, muitas vezes, você vai passar um frio de rachar durante a noite. Vai também querer ir fazer xixi algumas vezes e não vai rolar, porque está caindo uma chuva daquelas lá fora.Às vezes, essa chuva vai entrar na sua barraca. Outras, você vai acordar pela manhã e dar de cara com a lama, sem saber muito bem como sair daí.

Imagine todas essas intempéries e um tanto de bagagem para você carregar para um festival (leia o que rolou comigo no Graspop 2016).

Seus pertences estão organizados e em lugar seguro quando você se hospeda em um hotel

Eu sou uma pessoa chata, que gosta de organizar bem as coisas até mesmo quando estou em uma barraca de acampamento. Porém, as barracas possuem uma propriedade misteriosa de auto-bagunça. Sempre rola, e você fica simplesmente aflitx porque não encontra uma coisa ou outra com certa frequência. No hotel isso não acontece. Há armários onde você pode organizar as suas coisas para que elas estejam sempre à mão. Há espaço e há estrutura.

Além disso, apesar de os acampamentos em muitos festivais europeus serem bem seguros, havendo lockers também, nada se compara à segurança de deixar seus pertences em um quarto de hotel. Muita gente pode argumentar sobre a possibilidade de furtos na hora da limpeza do quarto. Porém, isso nunca aconteceu comigo e com muita gente que conheço. E se acontecesse, é sempre possível responsabilizar pessoas. Em um camping de festival, quem você vai responsabilizar?

Um banheiro só para você faz a diferença

Esse é um ponto crucial para muita gente. Ter um banheiro para si mesmo. Sim, um banheiro onde você pode ter seus rituais matinais e noturnos sem quaisquer obstáculos. Um banheiro que não seja banheiro químico!!!

Não haverá uma fila enorme enquanto você está ali, já querendo fazer tudo e mais um pouco em suas calças. Isso rola muito em festival. Você encontrará um banheiro limpo, poderá sentar-se com tranquilidade. Isso não rola muito quando você acampa em alguns festivais.

Portanto, caso você seja uma pessoa que preza e entende o valor e significado de ter um banheiro só para você, não se aventure em um acampamento de festival. Fique em um hotel!

No hotel, as bagagens ficam e você ganha liberdade

ficar em hotel durante festival

ULU_BIRD viaShutterstock

Quando você se hospeda em hotel, não precisa levar consigo tudo aquilo que trouxe para a viagem para o festival. Isso faz muita diferença. Pois você não vai precisar se preocupar em carregar coisas, em fazer uma ronda na barraca com frequência para ver se os seus pertences estão aí. Não vai ter que pagar locker, também.

Não tendo que carregar mais coisas do que apenas sua grana e documentos, a vida fica muito mais fácil. Você fica livre para curtir todos os shows e o festival.

Hotel sempre vai oferecer mais conectividade

Uma realidade precisa ser falada sobre os festivais de música: a maioria deles peca no quesito acesso à internet. Principalmente em camping. Raramente há sinal de internet em um camping de festival.

Em hotel, isso é diferente. Wifi não é mais luxo, mas sim algo entendido como parte dos serviços básicos, como banheiro! Portanto, você não ficará desconectado de tudo e de todos. O que geralmente rola em muitos festivais.

Se você é uma dessas pessoas que nem no sonho podem estar desconectadas da internet, então, prefira sempre uma estadia em hotel.

Os hotéis te dão mais possibilidades e acesso ao turismo na região

Ficar em camping em festival significa que você vai ficar 24hrs enfiado dentro do festival. Isso é verdade. Ninguém larga o camping para se deslocar 1hora até a cidade e ver o que existe para fazer de turismo por lá. Geralmente, quem fica no camping faz isso depois.

Mas se você quer, ao mesmo tempo, aproveitar tanto o festival quanto o turismo na região, é preferível ficar em hotel. Pois o hotel geralmente vai ficar perto dos centros turísticos. E aí, você pode dividir seu dia entre manhã de turismo e tarde e noite de festival, por exemplo.

Escolhendo um hotel para ficar durante o festival

Concorda que não vai mesmo rolar de ficar em camping durante um festival? Então, procure acomodações que vão valer a pena. ficar em hotel é legal, mas não se pode fazer isso a todo custo. É necessário ter bom senso na hora de fazer uma reserva. Por isso, a pesquisa antecipada no Booking.com é aconselhável. Mas, como se pode fazer essa pesquisa de maneira ideal para um festival? Siga alguns passos:

  1. Abra a pesquisa do Booking.com, e logo abra o mapa da região procurada para ter acesso à localização dos hotéis e a uma escala de preço.
  2. Escolha hotéis que estejam perto da área do festival ou das estações de trem/transporte em geral que levam ao festival – se possível, a uma distância que se pode ir a pé.
  3. Procure reservar um hotel com pelo menos 3 meses de antecedência à data do seu festival.
  4. Preste atenção nas avaliações feitas pelos hóspedes. Elas podem te preparar melhor para a estadia em alguns lugares.

Neste link aqui você poderá ter acesso a informações de centenas de propriedades em todo o mundo. Além disso, o Booking.com permite a pesquisa via mapa, que te mostra exatamente onde estão os hotéis.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer com 2 colegas um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário sobre as Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Foi por paixão também que larguei um emprego público, para me aventurar pelo mundo dos festivais com a Pri.

4 comments

Add yours
  1. Renan 2 Fevereiro, 2017 at 23:40 Responder

    Camping só vale a pena pra quem tá com a grana bem curta. Concordo 100% que o hotel é a melhor opção. Eu não gosto de acampar, até porque já fui militar e sei muito bem como é uma chatice montar acampamento e que não se terá privacidade alguma. Em festivais por aqui, eu só fico em hotel quando o festival dura mais de um dia ou quando o festival de um dia é num estado longe do meu. Como eu moro no Rio, sempre quando vou para festivais de um dia em Sampa eu vou num dia e volto no outro.

  2. Jaqueline Souza 9 Fevereiro, 2017 at 00:21 Responder

    Prefiro ficar em hotel simplesmente pelo fato de PRECISAR descasar adequadamente para conseguir encarar o dia seguinte. Um dia vou encarar um camping somente para ter a experiência, mas tem coisas que mesmo não tendo feito eu já aprendi que pra mim não funciona por ter visto a ‘sofrência’ alheia…rs
    Acordar com a água entrando na barraca deve ser ruim ‘bagarai’, além de vc precisar ter muuuita disposição para o monta / desmonta, carregar toneladas de coisas que estariam a salvo quietinhas no quartinho do seu hotel/casa/hostel…
    Dependendo da região em que for o fest vale sacar a opção de alugar uma casa com mais pessoas e tal (vcs poderiam falar sobre isso, já fiz e recomendo!).

    • Gracielle Fonseca 12 Fevereiro, 2017 at 16:58 Responder

      Pois, é, Jaque! Tem coisa que não rola mesmo. Essa ideia de alugar casa também é outra opção. No booking tem até um espaço de pesquisa para propriedades maiores. Acho uma boa ideia quando for com galera e talz!

Deixe uma resposta

Close