visto para festival no exterior

Visto para festival no exterior: você vai precisar?

Viajar para festival requer planejamento e cuidados muito similares com os que você toma antes de fazer uma viagem comum de turismo. Muita gente não sabe, mas mesmo sendo para poucos dias de permanência, o visto para festival no exterior pode ser necessário em muitos dos principais destinos festivaleiros.

E essa é uma das partes mais chatas e burocráticas do planejamento da sua viagem para festival. Além de exigir uma boa grana, os processos de visto exigem paciência e disponibilidade para lidar com a burocracia. São questionários, papéis, análises que às vezes podem demorar. Por isso, mirar o festival com boa antecedência é importante, para começar a dar entrada nos pedidos de visto com no mínimo seis meses de antecedência.

Separamos alguns dos principais destinos de festival que vão exigir visto para brasileiros. Assim você já começa a se organizar e tirar logo essa papelada, colocando seu plano de cair no mundo atrás de festivais em prática.

Onde você vai precisar de visto para festival no exterior

Austrália

visto para festival no exterior austrália

Kazuhisa Togo – Flickr: Vivid Sydney 2012: Sydney Opera House

Soundwave, Stereosonic, Listen Out entre outros são iscas fáceis para fazer a gente querer ir a esse país, que além desses festivais tem vários outros encantos. Precisa de visto, mesmo se sua ideia for passar menos de 1 mês por lá. Mas, pelo menos a Austrália tá quebrando nosso galho. O Visto eletrônico para turistas foi estendido para nós, cidadãos brasucas, o que torna as coisas um pouco menos demoradas, pois o processo é todo online.

Tipo de visto: e600 -Tourist Stream Visa
Quanto custa: 135 dólares australianos (376 reais)
Link direto para o processo de aplicação: https://www.border.gov.au/Trav/Visa-1/600-/Visitor-e600-visa-online-applications
Site da embaixada: http://brazil.embassy.gov.au/
Além do visto você vai precisar: comprovante de Vacinação contra febre amarela, provar que está livre de tuberculose, passaporte com validade de pelo menos seis meses, entre outros.

Estados Unidos

visto para festival no exterior estados unidos

Wikimedia Commons.

Dá até para perder a conta quando o assunto são os festivais de música que ocorrem nos Estados Unidos. Com nomes importantes nos variados estilos, como o Coachella, Burning Man, Knot fest, entre outros, os Estados Unidos talvez sejam um dos destinos com maior quantidade de festival, depois da Europa e Reino Unido.

Ir para os EUA já foi mais complicado para nós Brasileiros. Agora ainda é burocrático, mas parte do processo é online, o que facilita muito a vida. É caro também, e nem sempre é garantido que você vai conseguir o seu sonhado visto. (Apesar de que, nos últimos 3 anos, não vi nenhum visto de turista sendo negado para pessoas do meu círculo de convivência).

Diferente do processo australiano, o pedido de visto para os EUA acontece em três etapas. Primeiro você preenche um formulário online. Depois disso, paga uma taxa e agenda a entrevista no consulado ou embaixada dos Estados Unidos no país (Brasília, São Paulo e Recife). Por fim, comparece à entrevista, onde ainda talvez tenha que apresentar mais documentos – geralmente para provar que você tem grana para ficar nos EUA e de que vai voltar para casa quando terminar a sua visita.

Tipo de visto: Visitor Visa B-2
Quanto custa: 160 dólares, ou 650 reais
Formulário online: DS-160 – precisa ser preenchido, impresso e levado para a entrevista.
Link direto para o formulário:https://ceac.state.gov/genniv/

Canadá

visto para festival no exterior canadá

Glaciar, Canadá. Wikimedia Commons.

Veld, Ottawa Fest, Amnesia Rock, Heavy Montreal entre outros festivais maravilhosos te esperam. E agora, ficou bem mais fácil para os brasileiros, pois muitos de nós poderemos ter a isenção de visto para o Canadá. A gente fez, inclusive, um post super completo, te explicando em detalhes a diferença de condições entre brasileiros dispensados de visto e aqueles que ainda precisam enfrentar mais burocracias. Os brasileiros que não precisam de visto também precisam seguir certos procedimentos, o que explicamos muito bem aqui.

Mas, a maior parte de nós ainda precisa de vistos para o Canadá, e eu me incluo nessa leva. Assim, temos que seguir os seguintes procedimentos. Para começar, você deverá responder a um questionário que vai determinar que tipo de visto você deve pedir. Após finalizar o questionário, o sistema vai te fornecer um passo a passo para realizar todo o processo online. Entre outras coisas, que podem variar conforme a sua situação, você deverá enviar documentos escaneados que provem o propósito da sua visita (as passagens, por exemplo, no caso de um visto de turista), fundos financeiros, passaporte e foto.

Tipo de visto: Visitors/Tourists – under 6 months
Quanto custa: 100 dólares canadenses ( cerca de 290 reais) + 30 dólares canadenses para a emissão do visto ( cerca de 90 reais).
Link para o formulário: http://www.cic.gc.ca/ctc-vac/getting-started.asp

Onde você não vai precisar de visto para festival no exterior

Europa

Para nossa sorte, a maior parte da Europa,destino incontestável dos festivais de verão, não exige visto para turistas brasileiros, desde que fiquem menos de 90 dias no país. Isso tudo acontece por conta do acordo de Shengen. Ele abre as portas para os turistas brasileiros em mais de 20 países.

Países do Shengen que NÃO exigem visto de turista para brasileiros: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça. Liechtenstein, Bulgária, Romênia e Chipre também podem se juntar a essa lista.

Vale lembrar que, apesar de não pedirem vistos, nesses países é obrigatório ter o seguro viagem, de acordo com o que fora estabelecido no tratado. Você pode, inclusive, fazer agora o orçamento do seguro viagem. Aqui você pode pesquisar o melhor preço em várias seguradoras, comprar o que se adequar ao seu orçamento, conseguir um desconto e parcelar sem juros.

América do sul

Na América do Sul, a festivaleiragem pode correr solta, pois na maioria dos países a gente só precisa mostrar a carteira de identidade, expedida com um tempo menor do que 10 anos. Chile, Argentina, Colômbia, Peru, Paraguai e Uruguai estão de portas abertas, cheios de festivais legais.

Agora que você sabe um pouco mais sobre os vistos, comece logo a planejar a sua viagem de festival:

Explore festivais de música pelo mundo

Explore festivais de música pelo mundo
Banner 728x90


Reserve um Hotel

Compre seguro viagem com desconto

Seguro viagem geral 468x60

Compre pacotes de viagem para festivais de música

Compre pacotes de viagem para festivais de música

Comprando pelos nossos links, você ajuda o Festivalando. Entenda melhor a nossa política comercial.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer com 2 colegas um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário sobre as Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Foi por paixão também que larguei um emprego público, para me aventurar pelo mundo dos festivais com a Pri.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta

Close