" /> Tomorrowland: o Brasil continua na mira e o Around The World veio pra ficar | Festivalando
tomorrowland em boom na belgicaTomorrowland/Divulgação

Tomorrowland: o Brasil continua na mira e o Around The World veio pra ficar

Atualizado em 22/7/2020 – “Adoraríamos voltar ao Brasil novamente! De verdade!!”. É assim, com muitas exclamações, e sem confirmar nem desmentir os boatos do retorno do Tomorrowland ao Brasil que circularam no ano passado, que a porta-voz do festival belga, Debbie Wilmsen, comenta em entrevista ao Festivalando sobre a possibilidade de um dia o Tomorrowland voltar a ter sua edição brasileira.

Enquanto uma posição mais firme não é possível – em grande parte, nesse momento, por conta de toda incerteza da pandemia, o Tomorrowland mantém viva a conexão com o Brasil de outras formas.

O país chegou a ser um dos escolhidos para sediar a transmissão do festival digital Tomorrowland Around The World em um drive-in, em São Paulo, neste fim de semana. Mas o evento foi cancelado de última hora porque, segundo a organização, não seria possível proporcionar a experiência completa do evento devido aos protocolos de segurança necessários.

Mas todo mundo vai poder assistir direto de casa, online, com ingressos que partem de R$ 70 e vão até R$ 1.600.

Confira os detalhes e benefícios de todos os pacotes de ingressos para o Tomorrowland Around The World

A experiência virtual dos próximos dias 25 e 26 de julho é o foco do Tomorrowland neste momento, junto com o retorno da edição belga em 2021. Se o mundo tiver voltado ao normal daqui a um ano, o Tomorrowland acontecerá como de costume em Boom, na Bélgica, de 16 a 18 de julho e de 23 a 25 de julho.

lineup tomorrowland around the world

Tomorrowland Around The World: experiência veio pra ficar

O Tomorrowland Around The World nasceu com a missão de ser “um festival digital de verdade e não um livestream”, nas palavras de Debbie.

Para isso, a equipe por trás do evento utilizou design 3D, técnicas de filmagem de Hollywood e softwares de jogos eletrônicos para reproduzir um ambiente de festival semelhante àquele que o Tomorrowland entrega anualmente. Ou seja, múltiplos palcos inseridos em um cenário que emula um mundo paralelo construído em torno de uma narrativa conceitual.

O resultado são oito palcos e 64 artistas que farão seus sets ambientados na ilha mágica de Pāpiliōnem. As performances dos DJs foram gravadas em quatro estúdios diferentes pelo mundo, com seis câmeras ultra HD 4K e várias câmeras virtuais.

Os palcos virtuais têm superfície de 16 km², cujos cenários terão efeitos gráficos tais como vegetação e milhares de pessoas virtuais, além de fogos de artifício, shows a laser e efeitos sonoros.

Além da música, o Tomorrowland Around The World terá também palestras inspiracionais com 15 convidados, dentre eles Shaquille O’Neal e will.i.am. Jogos e jogos e atividades interativas também estão na programação.

A expectativa é que o formato, criado inicialmente para suprir a lacuna do evento físico, possa se tornar recorrente.

“Criamos um novo ambiente no qual podemos produzir um festival sem nenhuma restrição. Vemos os festivais virtuais se tornando uma experiência contínua para oferecer às pessoas, junto com os nossos dois festivais anuais e a nossa residência em Ibiza”, antecipa Debbie.

Tomorrowland 2021: futuro imprevisível

Mesmo com a super produção e uma nova ramificação de eventos se abrindo, a expectativa maior do Tomorrowland é para o retorno dos festivais físicos. “Estamos ansiosos para construir o Mainstage na Bélgica em julho de 2021 e estamos nos preparando para o Tomorrowland Winter na França”, conta Debbie.

Quem tem expectativa de ir ao Tomorrowland na Bélgica ainda em 2021 deve prestar atenção no “calendário extraordinário” de ingressos. O Tomorrowland 2021 já está teoricamente esgotado, uma vez que as entradas para 2020, todas vendidas, serão válidas para o ano que vem.

Uma das poucas chances para quem não assegurou os ingressos ainda em 2020 pode estar na revenda oficial de ingressos.

“Vamos abrir um sistema de trocas em outubro e uma lista de espera. Quem não puder vir ao festival em 2021 poderá vender os ingressos para alguém na lista de espera”, explica a porta-voz do festival.

A principal chance de se estar no Tomorrowland, porém, ainda está ligada ao controle da pandemia. Se, por um lado, o festival já se movimenta para voltar em 2021, por outro segue realista diante do cenário atual.

“Estamos em contato com o governo e diferentes autoridades e precisamos ver ainda o que é possível no futuro e o que precisamos desenvolver para o próximo verão, mas não podemos prever o futuro”, pondera Debbie.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário