roteiro de viagem para natalPonta Negra, Natal. Ph: Long Jon via Shutterstock

MADA + praia: um roteiro de viagem para Natal, Pipa e Genipabu

O MADA vai rolar em Natal (RN), nos dias 12 e 13 de outubro. Em pleno feriadão. O meu pensamento mineiro incentiva que eu tente aproveitar o máximo de praias possíveis no Nordeste. Então, é natural eu querer pensar em aproveitar o máximo das praias no estado, fazendo um roteiro de viagem para Natal, Pipa e Genipabu. O nosso assunto aqui é tentar aproveitar o máximo que a oportunidade pode oferecer. Pois, não é sempre que você compra uma passagem de avião para o Nordeste, nem sempre que se pode aproveitar um feriado por lá. No entanto, o roteiro é comedido financeiramente.  Pois, a gente sabe que, em geral, não tá fácil pra ninguém, não é?

Assim, decidimos fazer um roteiro de 1 semana, incluindo duas localidades além de Natal. A ideia é traçar uma opção de deslocamento com algumas atividades específicas para fazer em cada uma delas. Lembrando que, em nosso caso, o MADA já vai tomar boa parte desta programação. Por isso, vamos separar 3 dias e 1 noite para ficar em natal, 2 dias em Pipa, 1 dia para Genipabu (Extremoz) e 1 dia para preparar o retorno e se despedir de Natal.

Agora, caso não seja mesmo possível incluir as praias na sua viagem para o festival, veja quanto custa viajar para o MADA aqui.

Roteiro de viagem para Natal, Pipa e Genipabu

Neste roteiro, propomos a chegada em Natal no dia 11 de outubro, pra se instalar e organizar a estadia antes do início do MADA, que rola nos dias 12 e 13. Como o aeroporto de Natal fica a 1 hora da cidade, vai ser preciso pagar um ônibus ou van do aeroporto até a cidade. O ônibus executivo custa em média 35 reais e as vans custam 30. Já para quem tem a ideia de uma viagem com maior conforto e praticidade, uma opção a se considerar é um transfer do aeroporto de Natal para os hoteis.

Natal

Onde ficar

Por conta da praticidade e também de ficar mais perto do festival, a melhor opção para ficar em Natal durante o MADA é uma hospedagem na zona hoteleira de Ponta Negra. Além de ser o local com maior oferta de hotéis, já é também uma atividade pensada para o roteiro: visitar a praia de Ponta Negra.

Encontre um hotel em Ponta Negra, Natal

O que fazer

A primeira coisa que sugerimos nesta viagem é curtir a praia de Ponta Negra. Afinal, ela é o cartão posta da cidade. Lá, você pode ficar nas proximidades no Morro do Careca, curtir o mar, o sol e opções de restaurantes.

Pra quem gosta de fazer passeios, há a opção da Jangalancha, que sai do Morro do Careca e vai até a praia do alagamar. O passeio dura em média 1h15 minutos, incluindo tempo para mergulho.

Ainda, pra quem quer fazer um esquenta para o festival e fazer uma visita guiada à vida noturna de Natal, também é possível. Caso este seja o seu interesse, então prepare-se para dançar a noite toda e conhecer a música típica local.

Acima de tudo isso, um dos passeios mais atrativos em Natal (na minha opinião) é mesmo o das piscinas naturais, ou os Parrachos. Os Parrachos de Maracaju, por exemplo, são bem famosos. Na verdade, a região chega a receber o título de Caribe brasileiro. Os preços de passeios podem chegar até 300 reais por pessoas. Porém, também se pode comprar o transporte separamente. Geralmente, se pode sair de Natal e chegar aos Parrachos de Maracaju de ônibus, que custa em torno de 15 reais. Também há táxis que cobram o mesmo valor pela corrida. Mais informações sobre o táxi e ônibus aqui.

Gastos estimados para Natal

Aéreo (média saindo do sudeste): 1000 reais

Transporte do aeroporto até a cidade: 35 em média

Estadia em hotel ( 4 noites): em média 500 reais

Alimentação: em média 300 a 400 reais

Passeios: em média 150 a 300 reais

Pipa

roteiro de viagem para natal

Pipa. Ph: Beto Chagas via Shutterstock

Onde ficar

Neste roteiro, nossa ideia é dedicar dois dias para a cidade de Pipa. Assim, podemos conhecer a região, as praias e fazer vários passeios tranquilamente. O deslocamento de Natal até Pipa pode ser feito de ônibus comum, transfer, vans, carro e buggy. Mas também há excursões de Natal até Pipa, para quem deseja algo mais prático, sem dor de cabeça. Porém, uma das maneiras mais baratas continua sendo ir de ônibus, pagando em torno de 17 reais com esta viação aqui, por exemplo.

Por isso, precisamos de hotéis bem localizados em Pipa, em regiões de fácil acesso. Afinal, nossa ideia é uma viagem de orçamento contido, que não inclui o aluguel de um carro.  Por isso, as regiões mais recomendadas são a Praia do Centro e a Baía dos Golfinhos. Outro lugar legal e também acessível é a Praia do Amor.

Reserve hoteís e pousadas em Pipa

O que fazer

Há muitas coisas para se fazer em Pipa. Além de visitar as lindas praias do Amor, do Madeiro e Ponta do Pirambu, há ainda a Lagoa Guaraíra e Simbaúma. Cada uma dessas localidades oferece uma grande variedade de passeios. Muitos passeios de barco estão disponíveis, além de jangadas, passeios de buggy, quadriciclo e jardineira.

Pra quem gosta de esportes radicais, é possível fazer parapente, arborismo e tirolesa. Um dos passeios que consideramos mais legais, contudo, é o passeio de jardineira. Ele custa em torno de 100 reais para um dia inteiro. No roteiro, sobem-se chapadas, visitam-se as diversas prais e piscinas naturais, além de ter parada para banho e almoço. Neste link segue uma sugestão de operadora de jardineira em Pipa.

Gastos estimados para Pipa

Deslocamento de Natal à Pipa: 17 reais (ônibus comum) ou 60 reais (vans)

Hotel em Pipa (2 noites): em média 300 reais

Alimentação: 200 a 300 reais

Passeios: 100 a 300 reais

Genipabu

Genipabu. Ph: Leonard Rodriguez via Shutterstock

Genipabu é o famoso lugar das dunas fixas e móveis, do parque ecológico. Fica no município de Extremoz e pode ser facilmente acessado de ônibus e outros meios desde Natal. Para quem opta a sair de ônibus, o valor é de 4,20 nesta viação. Porém, há os passeios de buggy em que os bugueiros te pegam em seu hotel em Natal, fazem todo o passeio por Genipabu e voltam com você até o ponto de partida. É algo bastante atrativo e prático.

Alguns passeios de Buggy também oferecem uma excursão por sete praias da Costa norte, na ocasião da visita às famosas dunas de Genipabu.

Onde ficar

Não é muito comum as pessoas ficarem em Extremoz, cidade onde está Genipabu. Apesar disso, existem algumas poucas acomodações na cidade. O mais comum mesmo é fazer um bate e volta por lá, hospedando-se em Natal.

Reserve hotéis em Natal

O que fazer

A grande atração de Genipabu são as dunas e o parque ecológico. Além disso, é possível visitar as praias da costa norte. Também se pode fazer o esquibunda ( cobram uma taxa em média de 15 reais por pessoa) e ainda passear em cima de dromedários ( por volta de 70 reais).

Gastos estimados para Genipabu

Deslocamento Natal até Genipabu: 4 reais de ônibus comum

Alimentação: 100 reais aproximadamente

Passeios: 200 reais em média

Gastos estimados do roteiro de viagem para Natal, Pipa e Genipabu

Apesar de parecer muito caro, este roteiro não é tão impossível para os bolsos. Ainda mais quando se considera parcelar itens como estadia e passagens aéreas.

Então, passando a régua nas contas deste roteiro de viagem para Natal, Pipa e Genipabu, a gente gastaria em torno de 3.100 reais ( com hotel, aéreo e transporte incluído).

Gastos totais estimados:

Aéreo: 1000

Hospedagem: 800

Transporte: 100

Alimentação: 700

Passeios: 500

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário