" /> Saiba como é estar em um camping na França, em quatro lindas regiões
camping na FrançaPh: mihaiulia via Shutterstock

A experiência de camping na França e recomendações em quatro regiões

No ano passado, viajei por um tempo em terras francesas com uma proposta diferente: sem festivais e sem hotéis, em cima de quatro rodas. Foi uma aventura, pois foi a minha primeira road trip na Europa e minha primeira experiência de camping na França. Aliás, minha primeira experiência de camping na Europa sem ser em uma situação de festival.

Sobre tudo o que fiz e as cidades/ povoados que visitei, você pode ler neste post sobre viajar de carro na França. Por causa de um comentário de um leitor que perguntou se eu havia pensado em dormir num carro pra economizar, resolvi fazer este post contando onde dormi.

Minha experiência de camping na França, em quatro regiões do interior do país

Apesar de parecer algo muito inusitado para a gente que está acostumadx a fazer turismo reservando hotéis e hostels, o camping é uma alternativa muito difundida na Europa. Principalmente entre famílias e adolescentes.

Nem todos os campings ofereceram experiências sensacionais. Mas vários deles impressionaram pela economia e também por facilidades que eu não esperava encontrar nestas acomodações.

Reims, Troyes e a região de Champagne

camping na frança

Região de vinículas em Reims. Ph: Miki Studio via Shutterstock

No primeiro dia de viagem, acabamos não encontrando vagas exatamente em Reims, onde chegamos e fomos e nos preocupamos apenas em ir em busca do Champagne, hahaha. Por isso, neste dia a gente dormiu no carro mesmo.

Então, no outro dia, saímos em busca de um camping nas proximidades. Queríamos visitar a cidade de Troyes, principalmente a catedral por onde passsou Joana D’arc. Assim, este camping aqui se mostrou um boa opção para a nossa necessidade.

Alguns campings na França funcionam meio que como uma pousada/chalé. Por isso, você vai encontrar a possibilidade de instalação em um quarto praticamente igual a um quarto de hotel. Porém, as tarifas também serão parecidas à de um hotel tradicional. Apesar de ter essa estrutura bem de chalés, este camping também oferecia o tradicional gramado.

Além disso, havia quadras de esportes, áreas comuns com livros, revistas, sinucas e wifi. Também era possível ver animaizinhos como patinhos passeando por lá. Uma graça.

Saint-Fargeau, Cosne Cours sur Loire Região Bourgogne-Franche-Comté

camping na frança

Saint-Fargeau. Ph: Francois BOIZOT via Shutterstock

Cada pedaço da região de Bourgogne é encantador. Mas Saint-Fargeau é simplesmente muito, muito especial. Conseguimos encontrar um camping super barato aí também. O camping da municipalidade, chamado La Calanque. A tarifa diária para 1 ou 2 pessoas, com o carro incluído era de 9,50 euros.

Contudo, o preço baixo da tarifa não engana. A limpeza dos banheiros deixa um pouco a desejar, apesar de não ser das piores. Apesar disso, a localização do camping em plena praia, com barzinhos baratinhos, quiosque de batata frita e de vinhos franceses deliciosos e baratos fizeram com que a gente atroplasse um pouco esta situação e ficasse aí por um par de dias.

Uma opção 3 estrelas na região

Outra opção na região, porém mais distante de Saint-Fargeau e mais perto de uma das margens do rio Loire é este camping aqui. Trata-se de um camping 3 estrelas com uma ótima avaliação (mais do que a do anterior, de 4 estrelas, inclusive). Apesar de ter o nome de camping, os chalés ou casinhas espalhadas na área são até mais luxuosas do que um quarto de hotel.

Existe uma ampla área de esportes, pescaria, praia e mais. Nas áreas internas, ainda há espaços recreativos para crianças, internet gratuita e lavanderia. Ideal pra quem quer o conforto de tudo que um hotel oferece, mas ainda sim guardar o contato com a natureza.

Onzain e a região do Centre-Val de Loire

Quando chegamos à região central do vale do rio Loire, ficamos imediatamente encantados com o lugar. Além de um monte de castelos e construções antigas, também haviam restaurantes charmosos e supermercados muito bem abastecidos com aqueles produtos franceses maravilhosos.

Mas a surpresa mais legal foi a gente ter encontrado o camping municipal da cidade de Onzain. Para quem gosta de economizar em viagem, eu desconheço opção de acomodação mais barata do que essa na França. A tarifa para o campista adulto é de apenas 3,10 euros! Pra quem vem com carro, adiciona-se 3,90 euros à diária. E ainda, para cada criança, a diária é de apenas 1,70 euros.

camping na frança

Camping. Ph: By robert paul van beets via Shutterstock

Embora tenha sido um dos campings com pessoal mais legal, ter uma vasta área e boa privacidade para cada barraca, alguns quesitos estavam bem complicados aí. Enquanto no camping anterior a limpeza foi praticamente impecável, e podíamos encontrar até produtos como shampoo nos banheiros, neste a coisa foi meio fraca. Com alguns dias de chuva, os banheiros ficaram relativamente enlamaçados. Além disso, percebia-se que os produtos de limpeza estava meio que espalhados pelo local. Porém, não era nada impraticável.

E antes que me esqueça, foi também muito sensacional o fato de eles emprestarem gratuitamente a churrasqueira do local para campistas fazerem seu churrasquinho privado na área da própria barraca. Lógico que a dupla de uma brasileira e um holandês farofeiro aproveitaram demais essa facilidade!

Outra opção na região, com 4 estrelas, aliás.

Esta foi a primeira vez que vi que um camping também pode ser rankeado com estrelas, assim como hotéis. E assim foi este camping aqui. Na verdade, até toboágua nas piscinas havia. É praticamente um parque aquático com acomodações bem luxuosas, bares e muitas atividades para campistas.

Além de toda a área repleta de lazer, o rio Loire está pertinho deste local. E como se pode esperar de um serviço quatro estrelas, os preços são mais elevados, mesmo para o gramado simples. Além disso, tinha umas coisas meio sem noção, tipo ter que pagar pelo wifi.

Le Trepórt, Cayeux-sur-mer e a região da Normandia

Quando já estávamos voltando para a Holanda, finalizando a road trip, decidimos passar pelo litoral. Foi uma decisão acertada, já que Le Trepórt é uma cidade portuária linda. Um clima tão gostoso, comida, pessoas bronzeadas, bares cheios de gente alegre. Porém, não conseguimos ficar em um camping exatamente aí.

Assim, subimos um pouco e ficamos neste aqui. O camping é pertinho de outras praias, tem várias quadras esportivas e também opções de acomodação mais luxuosas, tipo de hotel. O preço também foi mais salgadinho, mas nada que fosse fora do orçamento relativamente restrito.

Planejando sua viagem para a França?

1. Veja as ofertas de passagem para a França e outros destinos.

2. E não se esqueça de fazer o seu seguro viagem, para garantir sua entrada na Europa sem problemas e evitar complicações durante a sua estadia.

3. Ah, caso ainda não conheça a Melhor Câmbio, faça um teste comparando as diversas casas e tarifas em um só lugar.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário