comparando lollas

Recap vídeos de julho: comparando Lollas, ser voluntárix em festival e games!

Você já viu que o Festivalando tá todo saidinho de youtuber, com canal cheio de novidades? Pois é! Pra quem perdeu o bonde andando, a gente fez aqui um apanhado do que rolou no canal durante o mês de julho. Neste mês, a gente andou comparando Lollas, relatando como é ser voluntário em festival e claro, abusando da zoeira no festivalando games.

Dá uma olhada:

Comparando Lollas – Brasil, Chile e Argentina

Resolvemos fazer um vídeo comparando Lollas na América do Sul. Afinal, Lollapalooza é um dos festivais mais amados pela audiência do Festivalando. E também pela Pri, a loka do Lolla!

A Pri já esteve nas edições do festival no Brasil, Chile e Argentina. No vídeo, ela explora bem os detalhes de cada um desses festivais. Portanto, para quem está em dúvida sobre em qual deles ir, o videoselfie comparando Lollas é simplesmente imperdível.

Além disso, fica bem claro que apesar de ser a mesma franquia, o Lollapalooza é muito diferente em cada lugar onde acontece. Quer saber mais? Então dá o play!

Como é ser voluntárix em festival

Aposto que você ou algum amigue já teve aquela ideia brilhante de ser voluntário em festival pra não ter que pagar ingresso. Fala que não? rsrs. É claro que tem gente que curte ser voluntárix e sabe muito bem como a parada é dura.

Porém, este vídeo é para quem ainda não sabe bem como é ser voluntárix em um festival gringo. Eu fui voluntária durante o o Roskilde Festival 2015. Meu objetivo era entender como funcionava o sistema do início ao fim e contar todos os desafios desta missão.

Lá no vídeo você vai saber cada detalhe, desde a candidatura pra ser voluntária até como foram os dias de batente.  Bora assistir?

Medo, pecado, Desejo – tema festivais brasileiros

O #FestivalandoGames é simplesmente a hora do recreio para a gente. E neste mês estreou um dos quadros, que é o medo, pecado e desejo. Inspirado na série da HBO chamada O Negócio, o quadro medo, pecado e desejo simplesmente samba na cara do verdade e consequência que você brincava antigamente, meu beeeeinnnn! É babado puro!

Então, desta vez a gente explora nossos medos, pecados e desejos com relação aos festivais de música brasileiros. Olha, posso adiantar que é muito medo e desejo da nossa parte, e muito mais pecado do lado de lá da moeda!

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário