Não tem certo nem errado quando se trata do que levar na bolsa ou mochila de festival. Como vocês vão ver (ou viram) no #VideoSelfie que acompanha esse texto, cada pessoa tem suas preferências e necessidades que obrigam levar ou x ou y na hora de ir a um evento desse tipo. Mesmo assim, eu e Gra decidimos tratar do assunto porque alguns de vocês pediram sugestões pra gente nesse sentido.

Nada de regras, só sugestões sobre o que levar na bolsa ou mochila de festival

Ninguém é obrigado a nada, que dirá a levar uma coisa ou outra pra um festival. Inclusive, admiro quem tem desapego o suficiente pra sair de casa pra um evento desse tipo e levar pouca coisa ou nada. Queria ser assim! Mas pra quem não é desse time, há algumas sugestões que podem dar uma luz na hora de se preparar. E entendam exatamente dessa forma: são apenas sugestões.

Pra ser bem direta, eu sugiro ter em mente o seguinte:

  • Atenção ao tamanho: tente levar uma bolsa ou mochila de média pra pequena. É mais confortável e menos incômoda para andar no meio de multidões. Além disso, como o espaço é reduzido, evita que você caia na tentação de levar um monte de tralha.

Para quem vai a festivais gringos, o cuidado com o tamanho é ainda mais importante. Devido aos riscos de ataques terroristas, alguns eventos estão determinando que tipo de bolsa ou mochila é permitida. Por exemplo, os festivais de Reading and Leeds, na Inglaterra, e o Lolla Berlim determinam que na área de shows só é possível entrar com bolsas e mochilas de, no máximo, 21cm x 30cm (o tamanho de uma folha A4). Em mega shows no estádio Rose Bowl, em Los Angeles, também há limitações. Mochilas, por exemplo, não são permitidas em nenhuma hipótese.

  • Deixe espaço livre: mesmo a mochila ou bolsa sendo pequena, tente deixar espaços livres. Primeiro, isso é um exercício para você levar somente o essencial. Segundo, você terá espaço pra guardar coisas que eventualmente ganhe (brindes) ou adquira (souvenir, merchandising de artistas) no festival.

  • Não dê brechas para o clima: juntos, um óculos de sol, uma capa de chuva e uma blusinha de moletom ou tricô mais fina não ocupam muito espaço e te garantem proteção do calor, frio e da chuva.

  • Conforto e praticidade antes de tudo (parece até slogan de propaganda de sapato): isso é meio que um resumo de tudo o que foi dito antes: tamanho moderado, pouca coisa pra não pesar e itens que garantem proteção. Isso pode evitar perrengues, mal estar e gastos desnecessários com itens de última hora (como uma capa de chuva) ou com lockers (caso a bolsa/mochila esteja pesada ou seja um trambolho).

o que levar na bolsa ou mochila de festival
DFP Photographic via Shutterstock

Preste sempre atenção nos proibidões de festival

Se, por um lado, não tem certo nem errado, tem o que pode e não pode ser levado na bolsa ou mochila de festival e isso é determinado pelo próprio evento, naquela famosa lista do que pode e não pode entrar. A nós só resta cumprir com as regras.

Cada festival tem suas próprias políticas, mas muita coisa é recorrente, principalmente nas listas de itens proibidos. Garrafas, embalagens rígidas, sombrinhas, objetos de vidro, perfurantes ou pontiagudos e pau de selfie são os top proibidões. Por outro lado, garrafas d’água e alimentos para consumo próprio ainda não são um consenso geral. Há festivais que liberam um e/ou outro, há festivais que barram a entrada de um ou de ambos.

Há ainda aqueles itens que nunca aparecem nem na lista de itens permitidos, nem na lista de itens proibidos. E se eu levar maquiagem? E se eu levar carregador de celular? Vejo muita gente com dúvidas nesse sentido e sempre dou a mesma resposta: vai depender da revista. Há revistadores mais linha-dura, que vão encanar até com objetos que teoricamente são permitidos; outros vão deixar passar muita coisa.

Verifique as regras do festival para o qual você está indo e use o bom senso 😉

E o que nós duas levamos nas nossas bolsas ou mochilas?

Pra quem é de vídeo, no #VideoSelfie da vez eu e Gra mostramos o que cada uma de nós costuma levar pros festivais. Não varia muito do que contamos no vídeo, mas tem uma coisa que ficou faltando mencionar: ear plugs. Nós nos esquecemos de levar para os nossos estúdios de gravação (cof, cof). E eu, pelo menos, já me esqueci de levar algumas vezes também para um festival ou outro. E sofri muito com isso porque já me habituei a ver shows com a proteção.

Já falamos da necessidade de usar ear plugs em festivais e sobre como nossa audição já foi um pouco pro espaço por conta de anos e anos sem tomar o devido cuidado com os ouvidos. Muitos festivais lá fora têm um trabalho sério para educar o público sobre a importância desse item pra que todos possam ouvir bem por anos e anos. Enquanto os festivais daqui não fazem o mesmo, a gente te lembra: leve também ear plugs na sua bolsa/mochila de festival!

[jetpack_subscription_form title=”Gostou deste post? Temos muito mais pra você!” subscribe_text=”Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.” subscribe_button=”Quero!”]

Leave a comment