hotéis perto do lollapalooza brasilIana Domingos

Hotéis perto do Lollapalooza Brasil e Autódromo de Interlagos

Se você está em busca de hotéis perto do Lollapalooza, eu tenho duas notícias, uma boa e uma ruim. A boa é que eles existem. A ruim é que eles são poucos e esgotam rápido nas datas do festival (bom, então são duas notícias ruins, na verdade).

Eu ainda gosto de ficar nos bairros mais centrais de São Paulo quando vou ao Lolla. É porque sempre tenho outros compromissos nessas regiões e também porque acho que para um turista é mais interessante. Mas, ao mesmo tempo, entendo quem queira priorizar a logística, já que ir e voltar do Lolla pode ser cansativo, independentemente do meio de transporte, dada a localização de Interlagos.

Tendo em vista somente a localização das acomodações, sem ponderar sobre qualidade ou preço, as (poucas) opções, neste caso, são as seguintes:

Hotéis perto do Lollapalooza Brasil – Opções a no máximo 4 km do Autódromo de Interlagos

As opções abaixo estão no raio mais próximo possível do festival:

Hotéis perto do Lollapalooza Brasil – Opções a cerca de 6 km do festival

Estas opções não estão ali no raio principal do Lolla, mas ainda são relativamente próximas, a no máximo uma estação de trem do Autódromo.

Há ainda outras acomodações na região e também em um raio um pouco mais amplo, mas ainda mais perto do Lolla na comparação com os bairros mais centrais de São Paulo. Navegue no mapa abaixo, se for necessário (o marcador amarelo indica o localização do Lolla/autódromo de Interlagos).



Booking.com

Se pra você tudo bem ficar em outras regiões de São Paulo, veja essas 6 indicações de hotel pro Lollapalooza Brasil

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

4 comments

Add yours
  1. Renan 12 agosto, 2019 at 17:50 Responder

    Pior que a maioria já esgotou. O Paddock tá cobrando R$ 500,00 a diária. Infelizmente não dá pra ficar nessas opções, porque são totalmente fora da realidade. Pinheiros, pra quem tem grana pra bancar, e República ainda são as melhores opções. Fechei meu hotel em Osasco, pois acho um local estratégico pela situação de voltar de metrô, cujo trajeto não precisa de baldeação e demora 35 minutos – mesmo tempo que na República, mas com a baldeação leva alguns minutos a mais. Peguei um Ibis por lá que vai sair o mesmo preço que num hotel na República, na base de 120 a diária. Se for comparar o Ibis Osasco com os da rede em SP e Interlagos, a diferença é abissal! Enfim, como não vou turistar por SP, escolhi Osasco pra conhecer algumas coisas por lá e pela logística ser menos preocupante que ficar em lugares mais longínquos, como o perímetro da estação azul ou verde do metrô, por exemplo.

    • Priscila Brito 12 agosto, 2019 at 20:09 Responder

      Interessante essa ideia de Osasco pra quem não vai passear pela cidade. Pra quem faz questão de ficar em SP mesmo e quer um quarto individual em hotel bom sem pagar muito, a República tem realmente opções interessantes. Tenho umas recomendações em outros posts de hotéis por lá em que já fiquei.

Deixe seu comentário