quanto custa viajar para o metaldaysMetalDays/ Divulgação

Quanto custa viajar para o MetalDays, na Eslovênia?

Já que o anúncio do possível fim do MetalDays em Tolmim está feito, não nos resta mais nada a não ser correr para o planejamento. Afinal, ninguém quer ficar de fora da última edição de um dos festivais de metal mais legais da Europa. Por isso, é urgente e importante saber quanto custa viajar para o MetalDays! Pois, antes de sonhar, é preciso saber se o sonho cabe no bolso, ou se a gente pode fazer caber.

Entenda o drama do possível fim do MetalDays no paraíso de Tolmin, na Eslovênia.

Quanto custa viajar para o MetalDays?

Nesta altura do campeonato eu queria ser ryyyycahhh pra simplesmente dizer: “não tem preço, custe o que custar, eu vou!”. Pena que a vida não é assim. Então bora fazer continhas juntes. Mas antes, é preciso lembrar alguns pontos a respeito deste post:

  • Fazemos apenas uma estimativas de gastos básicos, de acordo com nosso estilo de vida e experiências prévias em festivais;porém, consideramos um orçamento mais baixo e outro mais confortável, com espaço pra passeios e refeições em restaurantes, por exemplo.
  • O valor da passagem aérea considerado é uma média dos preços atuais de passagens aéreas para diversos destinos na Europa. Pode ser que você encontre passagens mais baratas em suas pesquisas.
  • Consideramos também a méida de valores das passagens aéreas saindo da região sudeste do Brasil, com destino a Ljubljana, capital eslovena. Pois não há outra maneira de se chegar até o local, senão passando por esta cidade;
  • Usamos a cotação do euro da data de publicação deste post como base de cálculo ( 1 euro = 4,43 reais).
  • No transporte dentro da Eslovênia, consideramos o deslocamento de trem entre Ljubljana e Tolmin, além de pequenos percursos de transporte público dentro de Ljubljana, considerando pelo menos 1 ida e volta por dia de locais padrão.

Quanto custa viajar para o Metaldays: opção econômica

Esta opção é para quem viaja com baixo orçamento, bem apertadinho. Neste sentido, exugamos os gastos ao máximo que podemos. Um dos cortes feitos é em dias de turismo, bem como na acomodação. Aqui, o ideal é que a pessoa possa se hospedar de graça na casa de alguém. Por exemplo, usando a opção de couchsurfing.

Além disso, não consideramos gastos com restaurantes para todas refeições. Estamos contando que você vai fazer comprar no mercado para enconomizar. No entanto, ainda sim consideramos pelo menos 1 opção de comidas quentes do festival por dia. Também será super contido dentro do festival, onde a grana para bebidas alcoolicas, por exemplo, é bem limitada. Por isso, imaginamos apenas 5 copos de cerveja por dia, o que também poderá ser trocado por refrigerantes. Lembrando que a água no festival é de graça!

quanto custa viajar para o metaldays

Quanto custa viajar para o MetalDays: turismo conforto

Nesta modalidade as e os viajantes possuem um orçamento um pouco maior. Por isso, incluímos mais 4 dias de turismo em Ljubljana, além de passeios e idas a restaurantes da capital. Também consideramos que a pessoa se permitirá beber um pouco mais de álcool. Inclusive, diversificar sua hidratação com uma aguinha de coco, por exemplo ( custa 5 euros cada). Também no custo estamos pensando que esta pessoa comprará apenas o café da manhã no mercado, podendo comer mais refeições dentro do festival.

Além disso, prevemos a estadia em um hotel de pelo menos duas estrelas, o que costuma ser um padrão satisfatório para a região.

Viagem pro MetalDays: primeiros passos

Pra não perder tempo, a melhor coisa é começar a pesquisar os detalhes para a sua viagem pro MetalDays 2020. É preciso:

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

2 comments

Add yours
  1. Breno Nunes 11 novembro, 2019 at 15:09 Responder

    Boa tarde, cara , comecei a cogitar em ir para o Metal days (primeira viagem fora). Como ainda não planejei NADA, estou querendo comprar o ingresso no mais tardar possível. Sabe me dizer quando os ingressos se esgotam? ou se duram ate proximo da data do festival ?

    • Gracielle Fonseca 11 novembro, 2019 at 22:30 Responder

      Olá, Breno!

      Sempre aconselhamos que o ingresso seja a primeira coisa adquirida. Mas isso não exclui outras possibilidades. Porém, corre um sério risco de vc ir apenas dar uma voltinha na Eslovênia se esperar demais (oq nem é tão mal, digamos, hehe). abs!

Deixe seu comentário