dicas de turismo em malmoMalmo. Ph: Matyas Rehak via Shutterstock

Dicas de turismo em Malmo: principais pontos turísticos e excursões

Malmo é a terceira maior cidade sueca. Mas, na verdade, ela parece muito mais uma cidade dinamarquesa, tamanha é a proximidade com Copenhague, capital do país vizinho. Afinal, com pouco mais de meia hora separa uma cidade da outra. Então, as dicas de turismo em Malmo na verdade fazem parte das dicas de turismo em Copenhague e vice versa.

Por isso, não dá para visitar a capital dinamarquesa e ignorar Malmo, cidade que tem até uma copacabana própria, em plena suécia. Então, vamos à primeira dica, que diz justamente de como fazer para ir de Copenhague a Malmo ou o reverso.

Como chegar em Malmo via Copenhague

dicas de turismo em malmo

Ponte Oresund. Ph: Kimsom via
Shutterstock

Demora apenas 35 minutos e é muito fácil e bonito, como você pode ver na foto acima, da ponte Oresund, onde passo o trem. Na estação central de copenhague, você irá até as bilheterias ou máquinas para comprar um bilhete para a viagem de Copenhague H até Malmo C. O preço é de 222 coroas suecas ( 22 euros).

Além de ser fácil, você também vai curtir um passeio em trens modernos, que deslizam sobre a ponte Oresund, uma das obras que marcam a união da Suécia e Dinamarca e mostram um show de infraestrutura.

A estrutura de transportes é muito bacana nas duas cidades. Portanto, em ambas as estações você terá acesso a boas conexões, sejam com ônibus, trem ou metrô para chegar a outros locais da cidade.

Saiba mais sobre o bate-volta de Copenhague até Malmo neste post.

Dicas de turismo em Malmo – principais pontos turísticos

Malmo é uma cidade que alia modernidade com o antigo, de maneira bem interessante. Este constraste é notado ao caminhar de um quarteirão a outro. Como nós caminhamos bastante pela cidade, tanto nos arredores do Folkets Park como também nos arredores de Ribersborg, experimentamos esses dois ares.

Também é uma cidade em que você vai poder curtir vários tipos de programa, e não se enfadar. Tem praia, tem parque, tem barzinho. Mas tem também arte, museus e arquiteutra.

Decidiu conhecer melhor a cidade, veja nossas dicas de onde ficar em Malmo.

Olha só o que a gente fez quando esteve por lá:

#1- Um dia na praia Ribersborg, a copacabana sueca

Antes de ir ao festival Popegoja, eu e a Pri passamos a manhã toda na praia Ribersborg. É uma praia limpa, organizada e relativamente vazia. O mar é tão calmo que mais parecia um lago. Mas, a areia não é clarinha e há trechos com muitas pedras. Porém, considero uma ótima maneira de se refrescar no verão sueco.

Há também uma estrutura de quiosques, onde se pode comprar água e petiscos. Nada de vendedor ambulante, contudo. Além disso, a região é bem atendida por bons restaurantes.

# 2 – Admirar o Turning Torso

O Turning Torso é uma das obras arquitetônicas mais bonitas que já vi. Na verdade, parece fruto de uma brincadeira com ferragens e concreto. O resultado é um prédio lindo e um dos cartões postais de Malmo.

Então, merece ser visto de perto. Existem alguns tipos de passeios, como o passeio pelos canais de Malmo que incluem esta atração. Clique aqui para contratar.

#3 – Passeio no Folkets Park

O Folkets Park, ou parque do povo é um dos lugares mais legais de Malmo. Lá dentro há espaço pra tudo: brincadeiras, lagos, mini golfe, esculturas divertidas, exposições de grafitti, restaurantes e local para piquenique. Contudo, o mais legal é que sempre rolam shows e festivais neste parque. No nosso caso, conhecemos esta atração durante o festival Popegoja. Assim, foram dois dias em que estivemos por lá e pudemos ver o quando o Folkets Park era agradável e tinha um visual bem coloridão, alto astral!

#4 – Passeio no bairro de Möllevången (Möllan, para os íntimos!)

O Folkets Park também tem uma ótima vizinhança: um bairro chamado Möllan. Trata-se de um bairro com uma vida noturna vibrante, com casas de shows e também bons restaurantes. É na praça central, a Möllevångstorget que estão concentrados a maioria dos restaurantes de cozinha internacional da cidade.

Além disso, o departamento de turismo informa que, pelo menos 174 nacionaldiades diferentes estão representadas em restaurantes e tendas nessa vizinhança. Assim, também podemos dizer que é um dos locais onde se concentra também um número grande de imigrantes.

Encontre hotéis baratos em Malmo com as nossas dicas, aqui.

#5 – Tomar uma e curtir o dia na Stortorget

A Stortorget é a praça central da cidade de Malmo, situado no centro histórico da cidade. Também é palco para muitos eventos, festivais, exibições. Além disso, há muitos edifícios históricos, alguns datados de 1500 e 1600, como a farmácia Lejonet e a antiga câmara municipal.

Assim, a visita à praça já é um grande atrativo turístico por toda a história de Malmo que ela guarda. Mas, além disso também é um dos lugares mais legais para sentar e tomar cerveja em pubs e bares, comendo petiscos suecos. Gostei muito da tarde agradável que passei nesta praça e por isso recomendo muito!

#6 – Ficar vidradx na estação Triangeln

Gente, a Triangeln é a estação que dá acesso ao bairro de Möllan, onde fica o Folkets Park. Por isso, não deixem de apreciar toda a beleza. Trata-se de uma construção com aspectos bem futurísticos. Inclusive, nas plataformas há luzes super futurísticas pra avisar quando um trem está se aproximando. É simplesmente lindo!

dicas de turismo em Malmo

Estação Triangeln, Malmo. Ph: Michael715 via Shutterstock

#7 – Visitar a  Sankt Johannes church

Ao lado da estação Triangeln, há a Sankt Johannes Church, construída em 1906. A igreja é uma mistura de Art Nouveau e romantismo nacional. Durante o dia, ela parece só mais uma construção escandinava bonitinha de tijolinhos alaranjados. Mas à noite, as luzes a deixam com um ar misterioso e ela fica cheia de charme. Compensa a visita.

#8 – excursões e passeios guiados

Existem excursões guiadas à pé, outras de barco pelos canais e outras via bike. Cada uma delas tem suas vantagens. Contudo, a preferida do público é a excursão de barco pelos canais de Malmo ( pode ser comprada aqui). Ela passa pelo Kungsparken, O Casino, O Palácio e também pelo Turning Torso. Além disso, há muita história sobre os canais da cidade, e é um passeio bem confortável.

Pra quem gosta de caminhar, a walking tour pelo centro histórico de Malmo é uma boa pedida( Você pode agendar esta excursão aqui). São três horas de passeio, indlucindo ponts turísticos super legais que não conseguimos visitar antes, como o Malmöhus Castle. O castelo de Malmo é uma das atrações turísticas mais procuradas. Além dessa atração, também há uma passagem pela igreja Sankt Johannes e dicas sobre lugares secretos que os locais amam.

dicas de turismo em malmo

Malmohus Castle. Ph: Arndale via
Shutterstock

Também uma ótima pedida é a excursão de bike pela cidade. Esta passa pelo Turning Torso, pelo Kungspark, e também por Möllan <3. São três horas pedalando em uma cidade que parece ter sido feita para andar de bicicleta. Pra quem gostou da idéia, esta excursão pode ser adquirida aqui.

Mais passeios e excursões pra fazer em Malmo

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

1 comment

Add yours

Deixe seu comentário