principais pontos turísticos de berlimDenis O’Regan/Divulgação

Bowie e os principais pontos turísticos de Berlim

Já faz um tempo, perdi um pouco o prazer de visitar os principais pontos turísticos de uma cidade. Aquela sensação de ir lá para “passar o olho” enquanto a vida acontece de verdade em cantos menos óbvios me incomoda. Mesmo assim, o peso simbólico desses lugares acaba sendo forte demais para eu ignorá-los. Solução: tento ver tudo no primeiro dia para “ficar livre” para andar aleatoriamente pela cidade.

Em Berlim não foi diferente. Fiz o turistão obrigatório em um dia para ter outros 14 dias livres para flanar. Até que na minha última semana lá decidi fazer uma walking tour sobre David Bowie, que viveu na capital alemã entre 1976 e 1979, período em que gravou a aclamada trilogia de Berlim, composta pelos discos “Low,” Heroes,” e “Lodger”. Fui achando que ia conhecer a casa onde ele morou, o clube onde ele dava uns rolés noturnos com Iggy Pop. Mas, não. É um roteiro que relaciona alguns dos principais pontos turísticos de Berlim com a história de Bowie. Ou seja, vi todos aqueles lugares meio insossos aos meus olhos pela segunda vez. E eu simplesmente AMEI.

A vida temperada com Bowie fica mais interessante e não foi diferente com esse repeteco do roteiro básico de Berlim. O mais impressionante foi notar como o artista e os pontos icônicos da cidade se encaixam tão naturalmente, sem forçação de barra. E seguindo os passos de Bowie e indo um pouco além dá para conhecer muito da Berlim básica.

Segura na mão de Bowie e vai.

Veja nossas dicas de hotéis em Berlim

Muro de Berlim, Checkpoint Charlie e Topografia do Terror

O passeio começa pela Niederkirchner Straße, onde ainda estão de pé os restos do muro de Berlim. Logo ao lado fica a Topografia do Terror. É um memorial com entrada gratuita que ocupa hoje o espaço onde um dia funcionou o QG do estado nazista. O espaço conta a história da política persecutória do implementada por Hitler e seus aliados e mostra como a perseguição não se limitou aos judeus e atingiu também homossexuais, deficientes e minorias étnicas.

principais pontos turísticos de berlim

Muro de Berlim e detalhes. Fotos: Priscila Brito

 

Bowie andou muito por essas redondezas, porque logo atrás da rua em questão, na Köthener Straße, está a sede do Hansa Studio, onde ele gravou sua elogiada trilogia. O estúdio ainda funciona no mesmo local, e há visitas pagas para conhecê-lo, mas a fachada é tomada pelo letreiro de um restaurante italiano, que funciona no térreo.

Seguindo a mesma Niederkirchner Straße você vai chegar até a Zimmer Straße, onde está localizado o Checkpoint Charlie, um dos mais famosos postos militares que controlava o trânsito de oficiais e estrangeiros da Berlim Ocidental para a Berlim Oriental. Quando vir a famosa placa “You’re now leaving the American sector”, lembre-se de que Bowie viu essa mesma mensagem várias vezes, pois sua condição de cidadão britânico permitia a passagem para o outro lado da Berlim dividida.

Potsdamer Platz e mais Muro de Berlim

Volte para o início da Niederkirchner Straße e olhe para o chão. Você vai notar uma marca que indica exatamente o traçado que o Muro de Berlim seguia na divisão da cidade. Em vários pontos da capital alemã você vai notar esse detalhe, um dos vários esforços para não apagar o passado histórico do país. Siga o traçado em direção ao norte e você chegará à Postdamer Platz.

Partida ao meio pelo muro, a praça foi um grande vácuo no período da Guerra Fria e a urbanização do espaço só foi ocorrer após a queda do muro. Hoje, concentra ao seu redor complexos de escritórios, lojas, cinemas e restaurantes, onde você pode fazer um pit stop da turistagem. Lá também encontra-se uma outra amostra remanescente do muro de Berlim.

principais pontos turísticos de berlim

Traçado que indica onde passava o muro de Berlim, restos do muro na Postdamer Platz e vista geral da praça

 

A praça nada mais é também que o primeiro local evocado por Bowie no primeiro verso de “Where are we now”. A faixa lançada em janeiro deste ano, após dez anos de silêncio e traz recordações do período que o artista viveu em Berlim. No clipe, há várias tomadas em preto e branco de outros lugares da cidade que fazem parte da história de Bowie. Dentre elas, o prédio onde ele dividiu um apartamento com Iggy Pop, na Haupstraße.

Portão de Brandenburgo, Bundenstag (parlamento) e Memorial do Holocausto

Seguindo os rastros do muro ainda em direção ao norte, você vai chegar ao epicentro turistão de Berlim. Logo você vai se deparar com um dos principais monumentos de toda a Europa, o Portão de Brandenburgo. Uns poucos metros ao norte está o parlamento, onde é possível fazer visitas guiadas.

Um pouquinho ao sul está o Memorial do Holocausto. É uma área de 19 mil m² ocupada por centenas de blocos de concreto distribuídos irregularmente para lembrar os judeus perseguidos e mortos pelo nazismo. Tem um pessoal sem noção que fica pulando e fazendo graça entre os blocos. Mas tente fazer diferente, ter um pouquinho de respeito e sentir o desconforto que é caminhar por entre os blocos. Este é um dos propósitos desse memorial-instalação. No subsolo há um segundo memorial onde estão os nomes de muitas das vítimas judias do holocausto.

principais pontos turísticos de berlim

Memorial do Holocausto, Portão de Brandenburgo e Budenstag

 

Bowie entra na história em uma encruzilhada do parlamento com o portão. Em 1987, o artista viveu o que chama de um dos momentos mais emocionantes de sua carreira nos palcos, quando foi uma das atrações do festival de três dias “Concert for Berlin”. No palco montado em frente ao parlamento, Bowie cantou para 60 mil berlinenses do lado ocidental. Atrás do portão, cerca de dois mil berlinenses do lado oriental tentavam escutar o que podiam, e gritavam “derrube o muro” enquanto Bowie cantava “Heroes”.

Coluna da Vitória, Tiergarten e Alexander Platz + Fernsehturm

A partir desse ponto não tem mais camaleão pra contar história, mas ainda tem outros pontos de Berlim para conhecer. Seguindo a leste do portão de Brandenburgo vá reto na avenida Unter den Linden. Você vai se deparar com restaurantes e muitas, muitas lojas de souvenir. Caminhe mais alguns quarteirões e você chegará até a Alexander Platz, um centrão de Berlim, com inúmeras lojas, feira e artistas de rua, muvuca. Lá também está a Fernsehturm, a torre de radiodifusão de onde é possível ter uma visão área de Berlim.

Seguindo a oeste, você pode recuperar o fôlego descansando no Tiergarten, um dos maiores parques de Berlim. Deite na grama, caminhe, faça um piquenique. Lá também você encontra um outro memorial. Ele é dedicado aos sinti e roma, dois grupos que integram o povo cigano e que também foram perseguidos pelo nazismo. No meio do caminho você vai se deparar com a Coluna da Vitória, a Siegessäule. É um belíssimo monumento erguido no século XIX para celebrar as vitórias bélicas da Prússia. É possível subir ao topo para ter uma vista área da cidade, assim como na Fernsehturm.

principais pontos turísticos de berlim

Memorial aos sinti no Tiergarten, Fernsehturm e Siegessäule

 

Por fim, a leste, oeste, norte ou sul de tudo isso você vai encontrar uma cidade apaixonante para explorar de maneira livre e espontânea. Que Bowie te acompanhe.

Vai viajar para a Alemanha? Faça agora o seu seguro viagem. Ele é exigido para entrar na Europa, e se você não apresenta-lo será barradx na migração. Além disso, é a garantia de que você estará amparadx caso haja algum imprevisto com a sua saúde. Aqui você pode pesquisar o melhor preço em várias seguradoras, comprar o que se adequar ao seu orçamento, conseguir um desconto e parcelar sem juros.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

1 comment

Add yours

Deixe seu comentário