" /> Margareth, Budapeste. Lugares para amar | Festivalando
margareth, budapeste

Margareth, Budapeste. Lugares para amar

Sabe aquele bordão “bom, bonito e barato”? É uma ótima definição para Budapeste. A cidade conhecida como a jóia do Danúbio oferece bela arquitetura, ótimas opões de diversão noturna, bons restaurantes, transporte público eficiente e segurança nas ruas. A capital da Hungria também recebe muitos estudantes e por isso tem uma atmosfera dinâmica que contrasta bem com a paisagem histórica de seus belos edifícios. O baixo custo de vida e a boa qualidade dos serviços atraem muitas pessoas à capital húngara.

Um dos programas mais deliciosos é ir passar um tempo na Margit Sziget, ou ilha Margareth. Situada no rio Danúbio, na porção norte da cidade, já foi habitada por coelhos e reis. Também já foi refúgio contra a invasão otomana há cerca de sete séculos. Com tanta história que passou ali, a ilha hoje é uma vedete budapestina por vários motivos.

Margareth, Budapeste durante o dia

Imagine você que durante o dia pode ir tomar sol, fazer pique-nique com o (a) namorado (a), levar seu pet pra interagir com os amiguinhos, andar de quadriciclo, ler um livro, nadar no parque aquático ou simplesmente fazer um cooper. A variedade de atividades é tanta que em julho de 2014 a Margareth sediou o campeonato europeu de pólo aquático, esporte bastante popular pelas bandas de lá.

Dê uma olhada nas nossas dicas de hotéis em Budapeste

margareth, budapeste

Margareth, Budapeste à noite

Durante a noite, os programas não são menos interessantes. É bacana assistir a fonte musical (vale ressaltar que não é brega! É linda e tem uma ótima trilha sonora que vai de Simon & Garfunkel ao compositor Lizst), ir a bares, boates, shows ou até mesmo dormir na ilha, pois há hostels instalados na Margareth. Sabe o que é melhor disso tudo? A maioria desses programas é de graça ou você paga bem pouco. Outro ponto positivo é o acesso facilitado: existem linhas de ônibus que param dentro da ilha e o tram que circula 24 horas e para em frente à Margareth.

margareth, budapeste

Crédito da foto: Holdudvar

Existe apenas um inconveniente de se amar tanto essa ilha: o rigoroso inverno de Budapeste, cujas temperaturas facilmente atingem os 20 graus negativos. Mas, ainda assim, enquanto houver vida, haverá um amante desse lugar passeando por lá faça chuva, sol, ventania ou neve.

Vai viajar para a Hungria? Faça agora o seu seguro viagem. Ele é exigido para entrar na Europa, e se você não apresenta-lo será barradx na migração. Além disso, é a garantia de que você estará amparadx caso haja algum imprevisto com a sua saúde. Aqui você pode pesquisar o melhor preço em várias seguradoras, comprar o que se adequar ao seu orçamento, conseguir um desconto e parcelar sem juros.

Compartilhe este post

No comments

Add yours

Deixe seu comentário