Sweden Rock viagemSweden Rock official Press

Quanto custa viajar para o Sweden Rock?

Você já tem acompanhado aqui com a gente nos posts o quanto a Escandinávia é cara, né? Com um dos maiores festivais da Suécia não seria diferente. Quando a gente para pra pensar quanto custa viajar para o Sweden Rock, o susto na conta bancária é daqueles! Para falar a verdade, eu o chamei e há também quem o chame de Festival Ostentação, hahaha!

É fato que nos assustamos muito de cara com o preço dos ingressos e de tudo o que temos que pagar por fora. Penso, na verdade, que se incluíssem no preço do acampamento o preço dos ingressos a gente reclamaria menos, com certeza, haha. Mas o que acontece é que muitos dos serviços oferecidos pelo Sweden Rock, inclusive o acampamento, são terceirizados.

Sendo assim, parece caro pelo fato de termos que pagar o tempo todo uma coisa nova. Mas, na verdade, precisamos nos planejar e colocar as coisas na ponta do lápis. A princípio, sim, é caro ir para esse festival. Contudo, dependendo de como você escolhe estar no festival, a coisa pode ficar em conta, principalmente levando-se em consideração de que esse é sem dúvidas um dos melhores festivais da Europa.

Então, vamos fazer as contas para as diferentes situações, para saber afinal quanto custa viajar para o Sweden Rock?

Quanto custa viajar para o Sweden Rock – Acampando no festival

quanto custa viajar para o sweden rock

Photo: Official Rockcampen

Festival é desgastante, de qualquer jeito. Acampando ou não, a parada cansa de verdade. Portanto, acampar é sem dúvidas uma opção sábia quando estamos com orçamento muito apertado. Ficando em um dos acampamentos do festival você pode economizar gastando até 4 vezes menos em acomodação. Também economiza quase 100% em transporte.

Evidentemente, você precisa considerar os gastos com equipamento de camping, caso você não os possua. Comprando o equipamento só para ir ao festival pode ser menos vantajoso. Por isso, caso opte por comprar tal material, tente fazer uso do seu material de acampamento nos demais festivais – o meio ambiente e seu bolso agradecem.

Estimativa de custos

Ingresso: $ 2640 coroas suecas p/4 dias, ou 980 reais
Camping: $ 500 coroas suecas p/4 dias, ou 190 reais
Material de camping ( caso você opte por comprar na escandinávia) $600 coroas suecas, ou 225 reais.
Compra no supermercado ( sem cerva, só comprando o básico) $ 150 coroas suecas para mantimentos que duram os 4 dias, ou 56 reais
Diária de alimentação média no festival ( sem breja): 350 coroas suecas, ou 130 reais e 520 reais para os 4 dias. (Cada breja custava 69 coroas suecas dentro do festival, ou 25 reais. Fora do festival elas podiam custar 20 coroas suecas, ou 7 reais).
Passagem aérea Brasil – Suécia, ida e volta: em média 1300 reais, se comprada com antecedência.
Transporte para o festival (shuttle bus) – ida e volta do local do festival até as estações base: em média 250 coroas suecas ( podendo ser mais caro ou mais barato dependendo da estação), ou seja, 93 reais
Souvenirs, camisas de banda e gastos variados: 400 reais (cada camisa custava em média 200 sek, ou 75 reais).

Total estimado: 3.764 reais

quanto custa viajar para o sweden rock

precinhos salgados do rango no Sweden Rock

Quanto custa viajara para o Sweden Rock – ficando em hotel

Para ficar em hotel durante o período do Sweden Rock deve-se prestar muita atenção, pois os quartos acabam rápido, são reservados com muita antecedência. Portanto, não é uma tarefa tão fácil e pode não ser muito barata. O ideal, para evitar um desgaste terrível, é tentar ficar em Sölvesborg ou em Kristianstad, cidades mais próximas do local do festival. Para facilitar, fiz este guia para você encontrar um hotel pra ficar durante o festival.

Estimativa de custos

Ingresso: $ 2640 coroas suecas p/4 dias, ou 980 reais
Diária de alimentação média no festival ( sem breja): 350 coroas suecas, ou 130 reais e 520 reais para os 4 dias. (Cada breja custava 69 coroas suecas dentro do festival, ou 25 reais. Fora do festival elas podiam custar 20 coroas suecas, ou 7 reais).
Passagem aérea Brasil – Suécia, ida e volta: em média 1300 reais, se comprada com antecedência.
Transporte para o festival (Shuttle bus): em média 1000 coroas suecas para ir e voltar os 4 dias ( podendo ser mais caro ou mais barato dependendo da estação), ou seja,375 reais
Transporte do hotel para as estações base do festival: em média 600 coroas suecas, ou 225 reais.
Compra no supermercado ( sem cerva, só comprando o básico) $ 150 coroas suecas para mantimentos que duram os 4 dias, ou 56 reais
Diárias de hotel : em média 4000 coroas suecas para os 4 dias, ou 1.500 reais
Souvenirs, camisas de banda e gastos variados: 400 reais

Total Estimado: 5.356 reais

Quanto custa viajar para o Sweden Rock – com excursão

Algumas empresas oferecem excursões especialmente para o festival, incluisve no Brasil. Na excursão você tem o ingresso incluído, estadia, transporte e ainda tem a vantagem de ter passeios com 3 dias antes do festival, em uma cidade turística da Suécia.

E nesse caso, você só liga o pioloto automático que o pessoal da empresa faz tudo por você! Pode ir despreocupado. Mas para esse luxo todo, claro que o preço também não poderia ser outro. Em média, paga-se $3.600 dólares, ou 11 mil reais para vir para o festival de olhos fechados. Obviamente, você teria que incluir seus gastos pessoais, com turismo e alimentação nessa conta.

Total estimado: 12.400 reais

 

quanto custa viajar para o sweden rock

Lugar perigoso, loja de produtos do festival. phot: Sweden Rock official Press

 

quanto custa viajar para o sweden rock

Precinhos salgados do merchan…

Conclusão

Bom, se a média de custo entre os festivais da Europa fica em torno de 2.400 reais sem as passagens aéreas – o que você pode ver mais detalhado nesse post aqui que a Pri fez, podemos dizer que a opção budget do Sweden Rock não está muito para mais e o festival nem é tão ostentação assim.

Olha só: sem passagem aérea, a opção camping fica também em 2.400 reais!! E eu fiz a opção budget ou festivaleiro pé de chinelo style e posso afirmar: não deixou de ser uma experiência maravilhosa só porque não dormi numa cama de hotel ou não comi de forma mais confortável 😉 . Então, jogue-se no Sweden Rock sem medo também!

Em todas as simulações de orçamento acima, lembre-se de incluir o custo do seguro viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa e se você não tiver um, será barradx na imigração. Faça aqui o seu seguro viagem. Você vai poder comparar os valores entre várias seguradoras e encontrar o melhor preço, além de conseguir um desconto.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer com 2 colegas um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário sobre as Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Foi por paixão também que larguei um emprego público, para me aventurar pelo mundo dos festivais com a Pri.

3 comments

Add yours
  1. Everaldo Albuquerque 21 junho, 2015 at 07:17 Responder

    Gracielle, olá!

    Havia hibernado minha intenção de ir ao Sweden em 2016 (justamente pela loucura cambial e pelas infos relativas às excursõe$), mas lendo (e relendo) seus relatos voltei a me empolgar!!! hehehe
    Muito, muito legal mesmo, todas as tuas informações e avaliações acerca do evento (estrutura física, condições gerais, shows, brodagens, clima, etc).
    Espero poder trocar algumas ideias e capturar mais dicas contigo depois!
    Obrigadão!

    • Gracielle Fonseca 23 junho, 2015 at 05:57 Responder

      Que demais, Everaldo!!! Espero que você vá ao Festival, sim!!! É um sonho para muita gente, e te digo que vale cada centavo!!!! Boa sorte e muito obrigada por ler a gente!!!! Vamos trocando dicas sim!!! Um grande abs!!!

      • Everaldo Albuquerque 25 julho, 2015 at 09:11 Responder

        Maldito câmbio! rs
        Bem, a decisão está tomada. Como posso te contactar pra – no seu tempo, claro – te pedir maiores dicas? E-mail? Facebook?
        *Li seu post sobre os shows em Fortaleza. Sou daqui! Estás ‘nas áreas’? Abraço!

Deixe uma resposta

Close