ICS Festival Service GmbH

Wacken Open Air: o maior festival de metal do mundo

Acho que para uma parte das pessoas que podem ler esse post, o Wacken Open Air (W.O.A) dispensa apresentações. Para você que nunca ouviu falar nesse negócio, vou te contar: é a maior festa da metaleiragem, a maior reunião de bandas e fãs do Heavy Metal e todas as vertentes desse gênero musical que você pode ver na face da terra.

E preparem-se para todos os adjetivos e superlativos possíveis, bem como para ler o texto de uma criança que acabou de ganhar o presente mais desejado de todos os tempos no natal. Não consigo conter minha empolgação!!!!!(muitas exclamações também!)

E esse enorme festival acontece todos anos entre julho e agosto, em um pequeno vilarejo alemão de mesmo nome. Wacken tem apenas 1800 habitantes. Com o magnífico e estoenteante W.O.A, esse vilarejozinho bomba! São mais de 80 mil [email protected] [email protected] de toda Alemanha e demais partes do mundo!

Quando eu, Pri e Paula começamos nossas conspirações festivaleiras, eu realmente me imaginava indo ao Wacken. Porém, pouco tempo depois de termos tudo certo e esquematizado, a bagaça já estava sold out! Fiquei triste, chorei, sapatiei. Mas segui em frente. Até desemereci o line up do Wacken – tava bem recalcada…fazer o quê?! Mas uma coisa é impossível de não ser dita. O Line Up está bacana sim, mas perto do Hellfest desse ano, um outro super festival de metal, o W.O.A poderia ter sido melhor! Ainda mais que em 2014 o festival completa 25 anos!!!! Bom, o importante é que consegui o ingresso e vou ver essa grande festa de 25 anos de Wacken de perto!

wacken banner

Official website press material.

Desde 1990 essa coisa linda das profundezas existe. E aconteceu a partir da vontade de dois amigos que produziam shows de metal e punk na região, num buraco que dava lugar a um encontro de motoqueiros realizado em Wacken. Começou como quase todo festival pequeno começa: bandas menores, da região… tinha até um cover de AC/DC em uma das primeiras edições.

Nomes com projeção internacional começaram a aparecer no terceiro ano do evento, como Saxon, Blind Guardian, Ides of March, entre outros. Em 1993 o Wacken foi super pioneiro, ao trazer uma mulher para ser headliner do festival, e não era qualquer mulher, era simplesmente a deusa Doro Pesch.

De 1994 em diante, o festival ganhou corpo e trouxe muitas ideias inovadoras. O conceito de “music day n’ night” também foi criado por lá. No Wacken, a promessa é de que a música pesada não para! A Wacken Metal Battle é outro ponto muito interessante, uma batalha musical itinerante que dá oportunidades a bandas de todo o mundo de tocar em um dos palcos do festival. O Brasil já teve algumas vitórias em solos metaleiros alemães.

Você lê mais sobre isso em outro post. Além disso, o festival tem a Wacken Foundation, uma instituição sem fins lucrativos com objetivo de fomentar a produção dos artistas de Heavy Metal locais.

Se eu pudesse voltar ao passado, estaria linda e feliz nas edições de 2005, 2006, 2007…e todas na sequência! É muita coisa sensacional que já tocou nos palcos do W.O.A! Dissection, Ministry, Emperor, Carnivore, Type O negative, Machine Head, Satyricon, Iron Maiden, Scorpions, Celtic Frost, Opeth, Motorhead, Nightwish, Samael,Judas Priest, Ozzy, Mayhem, Sepultura…e muito mais, pois tem para todo gosto!

 ICS Festival Service GmbH

ICS Festival Service GmbH

Nesse ano, 12 palcos, mais de 100 bandas! A sensação é de perda de pescoço iminente…e um frio na barriga inexplicável! Não considero um dos melhores line ups esse de 2014, como já havia dito anteriormente. Mas ver Emperor, Motorhead, Amon Amarth, Accept, Kreator, Fleshgod Apocalypse, King Diamond, Carcass, Apocalyptica, Behemoth, Arch Enemy… e mais algumas outras, tudo numa marretada só… Vou te contar… vai ser uma coisa de louco! Espero que eu sobreviva para contar tudo aqui!

Também estou ansiosa pela experiência de estar nesse grande festival e tentar perceber toda a grandiosidade das outras coisas que permeiam esse gênero musical que leva fãs apaixonados, do mundo inteiro, a se reunirem para a celebração máxima da música!
Como muitos amigos me disseram: “se você vai relatar experiências de festivais sem ir ao Wacken, é como se não estivesse o fazendo por completo”.

We will, we will wack you!!

Veja aqui o vídeo comemorativo oficial deste ano:

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário