viagem pro metaldaysMetaldays/ Divulgação

Viagem pro MetalDays: 2020 pode ser sua última chance!

Você também estava adiando indefinidamente a sua viagem pro MetalDays, assim como eu? Então, escute um conselho: apenas pare! Pois se adiar mais, pode ser demasiado tarde!  Inclusive, isso é algo que estou repetindo para mim mesma depois do ultimato dado pelo próprio festival a respeito da edição de 2020. Mas antes, pra quem pegou o bonde andando sobre o festival, deixe-me explicar brevemente do que se trata o MetalDays:

Leia também: 10 imagens que vão fazer você querer viajar para a Eslovênia.

O MetalDays é um dos festivais de metal de pequeno e médio porte mais legais rolando na Europa atualmente. Porque além de música, ele também tem um monte de atividades pra oferecer, tais como dança, ioga, e um rio cheio de possibilidades para diversão e relaxamento. Além de ter lineups muito bem compostos sempre, o festival é cercado por uma natureza generosa. Pra falar a verdae, o local onde o festival acontece talvez seja um dos lugares mais bonitos de Tolmin. Há florestas exuberantes e um lago formado pelo gelo que se desprende das montanhas ao redor. Assim, o vale que faz parte da área do festival é garantia de diversão e relaxamento durante o verão. Tudo é tão bonito que até descrevemos o MetalDays como um daqueles festivais que são verdadeiros cartões- postais.

viagem pro metaldays

Mas por que devemos nos apressar? O MetalDays vai acabar? É isso?

Sim e não, talvez e depende. A situação é confusa mesmo. Vamos entender:

Viagem pro MetalDays: 2020 pode ser NOSSA última chance!

 

via GIPHY

No último dia 27 de julho, ainda durante a edição de 2019 do festival, a organização fez o post com o seguinte título: ” O fim do MetalDays em Tolmin?”. TENSO! Porém, não é motivo para desesperar tanto. Pois só pelo título já dá pra sacar que o festival não vai acabar. Porém, talvez ele não mais aconteça nesse paraíso chamado Tolmin. E qual seria o motivo dessa catástrofe no mundo dos festivais? “Desenvolvimento”.

E no meio do caminho tinha uma estrada

O governo esloveno decidiu construir uma estrada bem no meio da área onde acontece o festival. De acordo com a organização, os trabalhos de construção da rodovia se iniciarão em 2021. Por isso, 2020 é mesmo o nosso ultimato para desfrutar do MetalDays tal como ele é. Na verdade, durante a construção das estradas, a organização acha complicado que o festival siga por ali. Bem como depois de concluídas as obras, os organizadores não demonstram muito ânimo em seguir com o festival com a área cortada pela metade para servir à construção da estrada. Veja:

viagem pro metaldays

Estrada a ser construída em meio ao MetalDays, em Tolmin/ Divulgação.

Estrada a ser construída em meio ao MetalDays, em Tolmin/ Divulgação.

Ainda há esperanças?

Apesar de ter sido uma notícia bem triste, que inclusive gerou muita comoção entre os fãs do festival, ainda há algumas esperanças. Pois, a organização disse ainda estar conversando com as autoridades governamentais sobre tal situação. Também há algumas manifestações positivas de fãs que até vêm a mudança como algo que pode ajudar o festival a melhorar a estrutura, deslocando o palco  principal, por exemplo, o que segundo eles seria interessante.

De qualquer forma, eu não arriscaria – nem vou arriscar. Já estou começando o planejamento de viagem pro Metaldays 2020 desde djá! Vou compartilhar todas informações sobre esse processo por aqui, claro! Agora, a primeira coisa de todas você já sabe, né? É preciso comprar o ingresso, antes que se acabe.

Os ingressos pro Metaldays 2020 já estão sendo vendidos aqui neste link.

Ah, o MetalDays 2020 também já tem data anunciada e as primeiras bandas confirmadas:

Viagem pro MetalDays: primeiros passos

Pra não perder tempo, a melhor coisa é começar a pesquisar os detalhes para a sua viagem pro MetalDays 2020. É preciso:

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

2 comments

Add yours
  1. Everaldo 21 agosto, 2019 at 08:50 Responder

    Durante o Wacken deste ano fui convencido a ir pra este ‘último’ Metal Days… Unanimidade entre todos que já foram!
    Nos veremos por lá! (e por aqui, já que me beneficiarei das tuas dicas!hehehe)
    Beeeeeijo!

Deixe seu comentário