viagem para o madaArena das Dunas – MADA 2018. Ph: Marchello 74 via Shutterstock

Prepare sua viagem para o MADA: rotas possíveis e dicas

Outubro já está chegando e com ele um dos grandes festivais da cena indie e pop nacional, o MADA. Para quem tem o festival no horizonte, já está na hora de se mexer.Por isso, decidimos fazer um post com dicas de viagem para o MADA. Na verdade, vamos focar no que mais deixa as pessoas com medo: o aéreo. Como sabemos, Natal é uma das capitais relativamente mais distantes dos grandes centros do país. Também é um destino turístico super procurado no Nordeste. Ainda mais em datas de feriados, como é o caso das datas do festival [o MADA acontece nos dias 12 e 13 de outubro].

Leia sobre os seis motivos pelos quais você não pode perder esta edição do MADA

Assim, não dá para esperar muito o que as companhias aéreas vão fazer com os preços das passagens nestas datas. Porém, já dá para ir se preparando, sabendo das rotas possíveis e alternativas caso as passagens estejam mais caras do que o esperado. Neste post, fazemos uma média de cálculos para uma pessoa que vai sair da região sudeste para ir ao Festival. Então, caso você viva em outra região, esses preços vão variar.

Viagem para o MADA: Natal x Recife x João Pessoa

viagem para o mada

Dunas em Natal. Ph: Leonard Rodriguez via Shutterstock

 

Natal é um dos destinos mais procurados do Nordeste. A cidade é famosa por toda a diversão que as dunas e praias oferecem. Além da badalada praia de Ponta Negra, a cidade tem muito mais para se desfrutar. Ainda tem a Praia da Pipa, com águas calmas e mornas, a Praia do Madeiro, onde se pode nadar com golfinhos e a paradisíaca Barra do Cunhau. Olha que só com o conjunto das belezas naturais já dá para fazer muita coisa na cidade. Na minha wishlist, já tem pelo menos cinco: andar de buggy, skibunda (kkkk), nadar com golfinhos, visitar as tartarugas e mergulhar.

Além de curtir a beleza natural, ainda dá pra dedicar boa parcela do tempo à cultura e música do lugar. Então, somando o MADA  a tudo isso, parece que a decisão mais acertada seria ir diretamente para Natal e viver intensamente os dias por lá. Porém, pode ser que na época do feriado os vôos diretos para a cidade estejam mais caros. Dando uma olhada na estimativa para a data de hoje, os voos para Natal, partindo do sudeste, custam em média R$ 1000. A viagem com aéreo, partindo do sudeste, dura em média 3 horas.

Recife

 
viagem para o mada

Recife. Ph: Vitoriano Junior via Shutterstock

Caso não tenha sido possível comprar uma passagem aérea com bom preço direto pra Natal, uma segunda opção muito usada é Recife. Além de ser outro destino maravilhoso para se passar alguns dias, o aeroporto da cidade recebe mais voos. É um o mais movimentado do norte/nordeste. Por isso, é possível ter mais ofertas de voos e melhores preços em passagens para este destino. Na estimativa de hoje, a média de valor dos voos do sudeste para Recife, durante o mesmo período, era de R$500. Ou seja, a metade do valor do voo direto para Natal.

Contudo, tanto na opção de chegada por Recife quanto por João Pessoa, é preciso estar consciente que a melhor opção para se chegar a Natal a partir destas capitais seja por ônibus. Afinal, com a exceção de haver ótimas promoções, os voos de Recife para Natal podem chegar à casa dos mil reais.

João Pessoa

João Pessoa também tem um aeroporto grande e que costuma ter voos baratos. A capital da Paraíba é ainda mais perto de Natal. Por isso, pode ser uma boa pedida para conhecer dois lindos destinos no Nordeste. A média de preços dos voos do sudeste para João Pessoa é de R$600, para o mesmo período pesquisado anteriormente. Assim, esta é uma outra opção para quem quer pagar menos e ainda aproveitar para conhecer mais deste pedaço do Brasil.

viagem para o mada

João Pessoa. Ph: Casa da Photo via Shutterstock

Do aeroporto ao centro de Natal

Desde 2014, Natal tem um novo aeroporto, que recebe voos diretos de São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, Brasília e Fortaleza. O Aeroporto Internacional de Natal fica no município de São Gonçalo, a mais ou menos 35km das princpais praias e centro. Assim, apesar da estrutura moderna, muita gente reclama da distância e do difícil acesso. Para sair de lá e ir até o centro, gasta-se pouco mais de uma hora. Para quem aluga carros, pode-se optar pela estrada do aeroporto e rodovia Mário Covas, ou pelo trajeto na BR 304, o que muita gente prefere.

Além da opção do aluguel de carros, também é possível pegar táxi ou uber. Contudo, estas são as opções mais caras para este trajeto. Até o centro, o uber vai custar em média 100 reais. Já os táxis, não fazem a corrida por menos de R$120.

Vans, executivo e transporte público

Uma saída mais econômica é comprar um ticket no ônibus executivo que faz o trajeto do aeroporto, passando por  Redinha e Ponte Newton Navarro, praias urbanas, Via Costeira e praia de Ponta Negra. O valor gira em torno de R$ 35 por pessoa. No mesmo esquema, também saem vans da porta do desembarque do aeroporto, cujo valor também gira em torno de 30 reais.

Além destas opções, ainda há um ônibus intermunicipal em que se paga menos de R$5 para sair do aeroporto e ir até o Midway Mall, de onde se pode ter mais opções de transporte público, ou então uber mais barato para se chegar ao centro da cidade. O intermunicipal que faz este trajeto é o Trampolim (linha R).  Este ônibus tem uma boa oferta de horários, que pode ser vista aqui. No entanto, não é a opção mais segura e confortável, visto que não tem ar condicionado e para em vários lugares.

Chegando pela rodoviária – Sudeste, Recife e João Pessoa

Pode parecer loucura, mais algumas capitais do sudeste oferecem ônibus para Natal. Dá pra sair de São Paulo, por exemplo. Viaja-se por praticamente 40 horas. Os preços não são atrativos que valham o sacrifício, contudo (em média 600 reais a passagem). Assim, a viagem para o MADA de ônibus deve ser um recurso de extrema emergência. No entanto, para quem vem de Recife ou João Pessoa, chegar pelas rodovias pode ser viável.

No caso de quem vem de João Pessoa, o tempo de viagem até Natal são 3 horas. As linhas que fazem o trajeto são a Progresso e a Nordeste. O preço da passagem de ida é de R$43. Já para quem opta por sair de Recife, são 5 horas de viagem. As viações que fazem o trajeto são a Progresso e a Total. Já o preço, é mais caro, com o ticket de ida custando R$96.

Como chegar à Arena das Dunas?

Independente do destino inicial que você tenha escolhido, na sua viagem para o MADA,  o seu destino necessário nos dias 12 e 13 de outubro é a Arena das Dunas. Então, chegando em Natal, você você precisa saber como chegar ao estádio. Mas não se preocupe, a tarefa não parece ser tão árdua.

Felizmente, o estádio está Localizado em um ponto estratégico da cidade. Então, a Arena das Dunas tem acesso por meio de vans, táxis, ônibus do transporte público e carros particulares. No entanto, para esta última opção é preciso estar atento à disponibilidade do estacionamento. Assim, é bom consultar o site da Arena antes de ir com carro particular.

Da região central à Arena das Dunas

Do centro da cidade até a Arena das Dunas, o valor de táxi  é em média R$ 25 e o uber gira em torno de R$18. Pra quem opta pelo transporte público e sai direto da rodoviária da cidade, as linhas disponíveis são a 08, 30 e 31, via bairro Candelária. Partindo de Ponta Negra e adjacências, as linhas 54, 46, 73 e 26 são as melhores opções.Já para quem fica na Zona Norte, é preciso embarcar em algum ônibus das linhas 26, 73, 60, 77 e 02. Partindo de Parnamirim e Nova Parnamirim, a opção são as linhas 50, 51 e 52, no sentido Av. Maria Lacerda.

Além disso, para quem quer e precisa usar o transporte público, indicamos baixar este aplicativo aqui, que pode ajudar a planejar as melhores rotas. Além de dar acesso aos horários, itinerários e tempo de viagem.

Dicas para planejar sua viagem para o MADA

Já com a passagem em mãos, não se esqueça dessas dicas para a sua viagem para o MADA

  • Hora de reservar um hotel para ficar em Natal. Veja nesta lista de hotéis em Natal onde selecionamos algumas opções interessantes para sua viagem para o MADA.
  • Não se esqueça de tomar muita água. Natal é uma das capitais com mais tempo  e incidência de luz solar e um verão seco. As temperaturas do período vão facilmente bater a casa dos 35 graus. Portanto, é fácil desidratar.
  • Leve protetor solar!
  • Faça um seguro viagem nacional para estar protegido em diversas ocasiões, como as que relatamos neste post.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário