" /> Vamos falar de coisa boa? | Festivalando
Foto: globalvisionaccess

Vamos falar de coisa boa?

O Brasil viveu episódios de tensões ultimamente devido às eleições e a poeira ainda não desceu totalmente. Mas, como nós do Festivalando somos só amor, queremos falar de coisa boa! E pra mostrar pra vocês que nem tudo está perdido, que tudo tem seu lado bom e que sempre há uma luz no fim do túnel, vamos mostrar os pontos positivos de um festival que nos apresentou certas dificuldades: o Sziget.

Foto: Quite the little escapologist

Foto: Quite the little escapologist

Já expomos aqui as nossas experiências e já dissertamos  a respeito de todas as falhas de organização que acabou frustrando nossas expectativas. Mas nada é só ruim, né, gente? E sim, tiveram momentos bem bacanas. Olha só:

. Gente (muita gente) de vários países: como é um dos maiores festivais da Europa, o Sziget atrai milhares de pessoas. E nessa massa você pode encontrar várias culturas, várias idades e vários gostos musicais. Tem aqueles que vão sozinhos, os que reúnem os amigos e outros que levam a família. Até crianças frequentam o festival e claro forma uma atmosfera bem interessante.

. Transporte organizado: já narramos a dificuldade de se entrar na ilha do Sziget, mas para chegar ao local e para voltar é bem fácil. Os trens partem a madrugada toda e fiscais ficam na redondeza para qualquer eventualidade.

.Grandes atrações: o porte do Sziget permite que ele traga atrações de muito peso. Na última edição tivemos Queens os the Stone Age, Macklemore & Lewis, Skrillex, Calvin Harris, Imagine Dragons, Lily Allen, Outkast, etc.

. Shows para todos os gostos: E se você não gostou de nenhum dos artistas que eu disse, com certeza iria encontrar o seu lugar em um dos inúmeros palcos espalhados pela área do festival. Até samba e axé music ouvimos por lá (sim, acredite). Mas, tá bom você não gosta de nada disso, então poderia ir pra tenda eletrônica, pro palco Mundo, pro de Blues… Uma hora você se encontra lá.

. Inúmeras atividades: E se nadinha do que eu disse nos dois últimos tópicos te agradar, calma. Ainda há solução porque atividades paralelas às atrações musicais não faltam. Tem salão de cabeleireiros, estúdio de tatuagem, barracas de comida até a praia do rio Danúbio. Aí sim, agora você sem encontrou. Não disse?!

. Budapeste: Pra fechar com chave de ouro, o Sziget acontece em Budapeste. Cidade linda barata e com ótimas opções de passeios que inclusive já mencionamos aqui no Festivalando. Por isso, se você tiver disposição dá pra conhecer e aproveitar essa cidade querida e maravilhosa.

Foto: Aktivtours

Foto: Aktivtours

Tá vendo? Sempre pode ser bom. Ame o coleguinha e respeite todo mundo. Beijos festivaleiros com muito amor pra vocês!

Compartilhe este post

No comments

Add yours

Deixe seu comentário