A primavera no Hemisfério Norte já deu lugar ao verão, mas no lado de baixo do Equador ela ainda está por vir, e com ares um pouco semelhantes àquela que já se foi. Pelo menos é este o caso se estivermos falando do Primavera Sound. A conexão Barcelona-São Paulo tem passageiras e passageiros em comum no line up, e a passagem recente do Festivalando pelo festival em Barcelona destaca algumas delas.

Lorde

Lorde, como sempre, vem com um show de carga emotiva alta e conexão forte com o público. Os muitos sentimentos que ela e suas músicas despertam ao vivo são coloridos por tons variados com a iluminação do palco e os efeitos visuais do telão, numa jornada em direção ao solar power.

Charli XCX

Charli é irretocável ao vivo. Dois dançarinos e duas colunas gregas emolduram com beleza a performance, mas com o pop fluindo naturalmente na costura do setlist e esbanjando controle de tudo, ela poderia estar sozinha no palco e ainda assim teria muito para entregar.

Bônus: Megan Thee Stallion e Dua Lipa

Duas das principais estrelas do Primavera Sound Barcelona deste ano, Megan Thee Stallion e Dua Lipa vêm ao Brasil também durante a nossa primavera, mas para brilhar no Rock in Rio e seu verão antecipado.

Megan é uma das grandes headliners dessa temporada de festivais, e bastam os primeiros momentos da rapper no palco para entender o porquê. É uma performance na medida perfeita para ocupar o espaço nobre da programação, feita para viver a expressão “de tirar o fôlego” acima de tudo no sentido literal, com o ritmo non-stop que ela sustenta o show inteiro.

Dua Lipa entrega um espetáculo alinhado com o seu status de super diva pop, ainda que a estrutura física do show precise sofrer adaptações em um festival, na comparação com as apresentações solo em arenas. Mas os hits não se abalam e conservam o seu poder.

Crédito da imagem principal: Sharon Lopez

Veja nos destaques do Instagram mais shows e detalhes do Primavera Sound Barcelona

1 Comment

  • Renan Esteves
    Posted 28 de junho de 2022

    Interpol, Viagra Boys, Shellac e Carolina Polachek, que estavam no Primavera Barcelona, também vão dar o ar da graça no Primavera São Paulo. Expectativa grande nesses shows do Shellac, do gênio Steve Albini, e no Viagra Boys, na qual essa onda nova do post-punk tem dando certo por aqui, pois é só lembrar do Idles e do Shame, que já passaram por aqui em festivais.

Leave a comment