hotéis em BouillonCastelo de Bouillon, Bélgica. Ph: Isai Symens via Wikimedia Commons.

Dicas de hotéis em Bouillon, Bélgica

Esta cidade belga, que fica na província de Luxembrugo é demais! Acabou entrando no meu roteiro de viagem por acaso. Mas é dos acontecimentos dos quais jamais esquecerei. Afinal, Bouillon me transportou pra outras épocas, sem que eu precisasse de uma máquina do tempo ou algo assim.  Mais sorte ainda você terá quando chegar em pleno verão, quando ocorrem os inúmeros festivais medievais na cidade. No entanto, é um fase de alta temporada. Daí, o melhor mesmo é ficar por dentro das dicas de hotéis em Bouillon antes e programar sua estadia.

Quando eu cheguei, havia um festival medieval acontecendo bem aos pés do forte medieval e castelo que são avistados bem quando se chega à cidade. Daí, era arqueiro passando pra um lado, feiticeiras e bobos da corte passando por outro, pessoas com vestido de algodão cru por várias partes entre tantas outras atividades típicas do medievo. Caso você seja mais uma das milhares de pessoas aficcionadas por Game Of Thrones, a passagem pela cidade vai ser muito especial.

Veja aqui minha experiência de turismo em Bouillon

Hotéis em Bouillon: minha recomendação

Nós estamos cansadas de saber que o ideal é que todo mundo comece a pesquisa de hotéis e reserve o quanto antes. No entanto, sabe aquele diatado “casa de ferreiro, espeto de pau”? Foi justamente o que rolou por aqui. Como tivemos um imprevisto e Bouillon entrou no roteiro por acaso, acabamos ficando no hotel que estava disponível na cidade. E já aviso: quem ficar onde eu me hospedei em Bouillon está sujeito a uma ótima experiência!

Foi bem surpreendente o quanto foi uma ótima estadia. Além de ficar a poucos metros do castelo e da fortaleza de Bouillon, no lado oposto, o hotel está perto da maioria dos restaurantes, patisseries e principais atrações da cidade. Com um ótimo café da manhã e preço razoável, não poderíamos ter feito escolha melhor.

Um plano “B” também considerado

Eu também tive vontade de me hospedar neste hotel aqui, que tem ótimas avaliações e uma vista maravilhosa de toda a cidade. Porém, já tínhamos fechado com o outro hotel, além de que ficaria um pouquinho mais caro.

Reserve AQUI  mais hotéis em Bouillon

Hotéis em Bouillon com melhores preços

Apesar de não ser um dos países mais caros, é sempre bom economizar na acomodação quando é possível. Em Bouillon, o hotel mais em conta  é este aqui. Há alguma casas de campo mais afastadas com preços um pouquinho menores. Mas não acho que compense tanto, por conta do deslocamento até o centro.

Outra ótima opção pra quem quer economizar é este hotel. Além dele, também oferecem preços atrativos esta e esta opção.

Hotéis em Bouillon por proximidade das atrações turísticas

Bouillon não é uma cidade muito grande. As atrações turísticas estão concentradas praticamente todas no centro da cidade. Porém, existe mais coisa pra fazer em Bouillon do que visitar castelos, fortalezas e construções medievais. Pois, a cidade também é cortada pelo belo rio Semois. Assim, há várias atividades ao longo do rio, além de caminhadas na natureza local. No mapa abaixo você poderá explorar estas opções de hotéis de acordo com o seu perfil de turismo na cidade:


Booking.com

Outras ofertas de hotéis em Bouillon

Acompanhe abaixo outras ofertas de hotéis em Bouillon. Neste banner, os melhores preços são atualizados constantemente para te entregar as melhores e mais econômicas opções neste destino:



Booking.com

Planejando sua viagem para a Bélgica?

  1. Veja as ofertas de passagem para Bruxelas e outros destinos.
  2. E não se esqueça de fazer o seu seguro viagem, para garantir sua entrada na Europa sem problemas e evitar complicações durante a sua estadia.
  3. Ah, caso ainda não conheça a Melhor Câmbio, faça um teste comparando as diversas casas e tarifas em um só lugar.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário