" /> Horários do Lolla 2020 + considerações, Overload Beer Fest, Ponto.CE, João Rock e We Are One! | Festivalando
lollapalooza brasil 2019Flashbang/Lollapalooza Brasil

Horários do Lolla 2020 + considerações, Overload Beer Fest, Ponto.CE, João Rock e We Are One!

Este Festival Update vem com algumas considerações sobre os horários do Lolla 2020, além de detalhes do Ponto.CE, Overload Beer Fest, João Rock e We Are One.

Lembrando que o Update chega antes pra quem assina a lista do Festivalando 🙂

Horários do Lolla 2020: considerações e a grade completa

Habemus horários do Lolla 2020 e, pra não perder o costume, algumas considerações sobre a grade são necessárias. Segue:

Tempo apertado pra voltar pra casa nos dias em que o metrô fecha mais cedo. Considerando o horário de término do último show, teremos o seguinte intervalo para usar o combo trem + metrô na volta:

Sexta: 1h15 de intervalo (Último show termina às 22h45. Metrô fecha à meia-noite)
Sábado: 2h de intervalo (Último show termina às 23h. Metrô fecha à 1h)
Domingo: 1h30 de intervalo (Último show termina às 22h45. Metrô fecha à meia-noite)

Horários ingratos para The Hu e IDLES, duas das bandas mais instigantes desta edição. Ambas tocam no palco Bud, uma na sequência da outra, às 12h20 e 13h45 de uma sexta-feira, dia útil.

Um clash muito injusto entre Travis Scott, headliner do sábado, e o show de WC no Beat e convidados. O rapper dos EUA toca entre 21h45 e 23h, enquanto o artista brasileiro sobe no palco entre 21h30 e 22h50.

Frustração por uma artista como Ludmilla continuar sendo apenas convidada – (desta vez no show de WC no Beat), repetindo o que aconteceu no Palco Sunset do Rock in Rio 2019, ao invés de ser reconhecida com um show inteiro.

Confira todos os horários abaixo:

horários do lolla 2020 horários do lolla 2020 horários do lolla 2020

Ainda sobre o Lolla

Já é possível cadastrar e colocar créditos na pulseira do Lollapalooza Brasil 2020 através deste link.

Saiba quanto dinheiro colocar na pulseira do Lolla

Ponto.CE celebra 13 anos com três datas e três lineups diferentes

Em sua décima terceira edição, o festival Ponto.CE acontecerá em três datas diferentes, em Fortaleza, entre março e abril. Cada data terá um lineup exclusivo. Confira a programação:

15/3 (Órbita Bar)
The Hellacopters (SWE), Rocca (CE), The Velociraptors (RN), Sundogs (CE), Corona Nimbus (PI) e Backdrop Falls (CE)

9/4 (Jam Rock)
Deicide (EUA), Krenak (CE), Obskure (CE)  e Echoes Death (CE)

23/5 (Barong Surf Club)
Maneva (SP), Banda Singular (CE), Camila Marieta (CE) e Camaleoa (CE)

Mais informações aqui.

Overload Beer Fest vem com cerveja especial

Reforçando a combinação entre cerveja e heavy metal, o Overload Beer Fest terá na sua programação, além das bandas, uma cerveja especial. A bebida vai levar o nome do próprio festival – Overload – e virá na categoria session IPA, mais leve e suave, com teor alcoólico de 4,5%.

overload beer fest 2020

O Overload Beer Fest acontece no dia 15 de março, em São Paulo, com D.R.I. Periferia S/A, Surra, Desalmado, Manger Cadavre? e Cerberus Attack. Mais informações aqui.

João Rock abre primeiro lote na próxima semana

No próximo dia 17, às 23h30, o João Rock abre as vendas do primeiro lote de ingressos. Ainda não foram informados os valores. O festival acontece no dia 6 de junho, em Ribeirão Preto. A pré-venda, que foi aberta no último dia 10, se esgotou em um dia. Mais detalhes sobre os ingressos aqui.

We Are One! passa por quatro cidades

O festival We Are One!, iniciativa de produtores sul-americanos, vai passar em 2020 por quatro cidades no Brasil, em setembro: Novo Hamburgo (17/9), Curitiba (18/9), São Paulo (19/9) e Rio de Janeiro (20/9).

No lineup desta edição estão as bandas Millencolin, Satanic Surfers, 88 Fingers Louie e MakeWar. Mais informações aqui.

Confira o calendário completo de festivais no Brasil em 2020

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário