ser voluntario em festival bonnarooFotos Divulgação

Como ser voluntário em festival nos Estados Unidos e Canadá: 20 oportunidades

Se você acredita que ser voluntário em festival pode ser uma alternativa para conhecer aquele tão sonhado festival na gringa sem ter que gastar todas as suas dilmas só em ingresso, e ainda por cima voltar com uma baita experiência na bagagem, este post é pra você. Listo abaixo 20 festivais nos Estados Unidos e no Canadá que recrutam voluntários. No entanto, antes de sair se candidatando a todos os processos seletivos, preste atenção em algumas informações gerais super importantes.

Veja também: ser voluntário em festival na Europa – 27 festivais em 13 países

Ser voluntário em festival é uma grande experiência, mas NÃO é um oba-oba

Se você já viu o post sobre como é ser voluntário em festival na Europa, então já se deparou com essa informação. Não custa repetir. Trabalho voluntário é trabalho do mesmo jeito. E trabalho sempre demanda muito e precisa ser bem feito porque é um compromisso que você estabelece com o outro. A Gra foi voluntária no Roskilde 2015, na Dinamarca, pra contar pra vocês a real que é ser voluntário em festival. No caso dela, isso incluiu reuniões de trabalho num domingo de manhã e aturar desaforo de gente mal educada no dia do festival. É claro que no fim a experiência compensou, mas digo isso porque é sempre importante a gente calibrar nossas expectativas com relação a tudo na vida (às vezes a gente falha nessa missão, mas vale sempre tentar).

Outras coisas importantes se você deseja ser voluntário em festival nos Estados Unidos ou no Canadá:

  • Você precisa ter inglês fluente. No Canadá, dependendo da região, pode ser que você precise de francês fluente
  • Na maioria dos casos, é preciso ser maior de 18. Em algumas exceções, o trabalho é aberto para quem tem no mínimo 16. Em outras, só para quem tem mais de 21
  • A grande maioria dos processos seletivos exige que você faça um depósito posteriormente reembolsável. Os valores variam, mas em alguns casos chegam a ser equivalente ao valor do ingresso. É para garantir que você vai cumprir com o compromisso de aparecer para trabalhar. Se não aparecer ou se não cumprir com seu trabalho satisfatoriamente, você não recebe o dinheiro de volta
  • Além do depósito reembolsável no valor aproximado ou ao igual ao do ingresso, alguns festivais cobram uma taxa de inscrição de, em média, US$ 15
  • O Coachella NÃO aceita voluntários. O Burning Man, SIM! Yay!

O site Work Exchange Team (WET) é responsável por fazer o recrutamento de voluntários para muitos festivais nos Estados Unidos. Você pode se cadastrar para ficar atualizado e não perder datas de candidatura e outras novidades. Visite: www.workexchangeteam.com

Visto para trabalho voluntário nos Estados Unidos e no Canadá

Os festivais nos Estados Unidos e no Canadá não apresentam restrições para o recrutamento de voluntários estrangeiros. Porém, em ambos os países você precisará de vistos específicos para desempenhar a atividade. Com um visto de estudante você pode realizar trabalho voluntário nos Estados Unidos e no Canadá.

Se você for a algum dos dois países só para o trabalho, terá que solicitar vistos específicos. Nos Estados Unidos, o trabalho voluntário pode se enquadrar na categoria de visto H (trabalhadores temporários) ou J (intercambistas, au-pairs e estagiários). Veja aqui todas as categorias de visto. No Canadá, um visto específico também é requerido, mas muitas variáveis interferem no tipo exato de visto de que você vai precisar. O governo tem uma ferramenta muito prática para você descobrir em qual situação você se enquadra.

Encontre passagens para os Estados Unidos e Canadá com o melhor preço

 

Faça seu seguro viagem para os Estados Unidos e Candá com desconto

 

Reserve hotéis nos Estados Unidos e Candá

Ser voluntário em festival nos Estados Unidos e no Canadá: 20 oportunidades

Enfim, a lista dos festivais. O primeiro bloco concentra os festivais nos Estados Unidos. O segundo, os festivais canadenses.

ESTADOS UNIDOS

Bonnaroo
O Bonnaroo, um dos maiores festivais dos Estados Unidos, recruta voluntários para trabalhar antes, durante e depois do festival. O total de horas trabalhadas varia entre 18 e 20, distribuídas em turnos ao longo dos dias combinados. É possível trabalhar prestando assistência à produção do festival, ao público, patrocinadores e artistas.
Mais informações 

South by Southwest
Um dos maiores e mais descolados festivais do mundo, que acontece em Austin, no Texas, seleciona cerca de 3.500 voluntários para ajudar a colocar o evento de pé. Você pode optar por trabalhar nas conferências (cinema, tecnologia, etc) ou no festival de música. Os voluntários das conferências devem ter no mínimo 16 anos. No festival de música, a maioria dos cargos exige ser maior de 21 anos, mas também há oportunidades para quem tem a partir de 16 anos.
Mais informações

ser voluntario em festival

TomorrowWorld
Ao contrário do irmão belga, o TomorrowWorld aceita voluntários. É preciso ser maior de 21 anos. Para se candidatar, é necessário ficar de olho na seção de notícias do site do festival, onde é feito o anúncio. O recrutamento é feito pelo site WET, responsável por selecionar voluntários para muitos festivais dos Estados Unidos (veja bloco acima)
Mais informações

Burning Man
O cultuado festival de contracultura que acontece em um deserto de Nevada aceita voluntários em 24 setores diferentes e com variados tipos de engajamento: curto e longo prazo, dedicação de semanas ou apenas de algumas horas. Há um guia de sobrevivência dos voluntários com muitos detalhes para quem quer encarar esse desafio. Importante: quem é voluntário pela primeira vez não ganha ingresso para o festival
Mais informações

Hangout
Essa maravilha de festival que acontece à beira da praia no Alabama aceita três tipos de voluntários: para trabalhar antes do festival, durante o festival e depois do festival. Em todos os casos, é necessário cumprir com 18 horas de trabalho distribuídas em três turnos de seis horas. Porém, só quem opta por trabalhar durante o festival ganha acesso grátis ao Hangout.
Mais informações

What the Festival
A solução de voluntários é feita pelo site WET (veja no bloco acima) e as inscrições já começam no dia 13 de janeiro. O festival acontece nas florestas do Oregon, em junho.
Mais informações

Lollapalooza Chicago
O Lolla necessita de voluntários para trabalhar nos serviços de informação, reciclagem, recepção do público, estações de hidratação e outros. Há uma restrição, porém: apenas residentes da região metropolitana de Chicago são aceitos
Mais informações

ser voluntario em festival

Pilgrimage Music & Cultural Festival
Esse festival de rock/folk super família do Tennessee exige que os voluntários trabalhem apenas oito horas em troca dos ingressos. É possível concentrar tudo em um único turno ou dividir em dois turnos de trabalho.
Mais informações

Landmark Music Festival
O Landmark é um dos mais novos festivais dos Estados Unidos e ocorre nos arredores de todo o patrimônio histórico da capital, Washington. O recrutamento é voltado para interessados em trabalhar antedendo o público do festival.
Mais informações

Forecastle
Festival que mescla música, arte e ativismo em Louisville, em julho, o Forecastle seleciona voluntários para trabalhar antes, durante e depois do festival. Quem trabalha antes e depois cumpre 18 horas de trabalho e tem os três dias de festival inteiramente livres para curtir. Quem trabalha durante o festival trabalha menos: 12 horas. Porém, perde uma parte do evento. É possível trabalhar em serviços de logística ou na limpeza
Mais informações

Governors Ball
O festival indie nova-iorquino seleciona voluntários para trabalhar antes, durante e depois do evento. Há oportunidades também só para ajudar na limpeza e um programa exclusivo para moradores de Nova York. As inscrições começam em fevereiro
Mais informações

Summer Meltdown
O Summer Meltdown exige que os voluntários trabalhem 12 horas em turnos de três ou quatro horas. Há um camping somente para os voluntários com performances acústicas exclusivas
Mais informações

Outside Lands
O festival descolado de San Francisco precisa de voluntários para trabalhar antes, durante e depois do evento, assim como tantos outros festivais nos Estados Unidos. No Outside Lands, especificamente, quem trabalha antes ou depois ganha ingresso para apenas um dia do festival.
Mais informações

ser voluntario em festival

Fun Fun Fun Fest
O Fun Fun Fun Fest tem um processo seletivo de voluntários interessante: você deve citar as cinco bandas que mais deseja ver no festival, de modo que seja feito o possível para você ser escalado para trabalhar fora do horário desses shows
Mais informações

Hopscotch
O festival que acontece na Carolina do Norte em setembro seleciona voluntários no primeiro semestre. É preciso trabalhar no mínimo seis horas
Mais informações

CANADÁ

Pemberton Music Festival
O festival que ocorre aos pés das montanhas da Colúmbia Britânica trabalha com voluntários em diferentes setores antes, durante e após o festival. É preciso ficar atento ao site para a abertura das inscrições
Mais informações

ser voluntario em festival

Center of Gravity
O festival que mescla música eletrônica e esportes radicais à beira da praia recebe inscrições voluntários a partir de março. O Center of Gravity acontece em julho
Mais informações

Squamish
O Squamish precisa de voluntários que trabalhem entre 12 e 24 horas. O acesso gratuito ao festival depende da quantidade de horas trabalhadas. Quem trabalha o mínimo tem liberdade para curtir o evento somente no dia que trabalhar. Quem trabalha mais horas ganha o passe para o fim de semana completo. Cheque o site para a abertura do processo seletivo de 2016
Mais informações

Shambhala
O festival de música eletrônica aloca voluntários em cerca de cinco setores diferentes. O trabalho é duro se comparado com a média dos festivais: 34 horas de trabalho divididas pelos quatro dias de evento
Mais informações

PopMontreal
O PopMontreal precisa de voluntários que trabalhem em pelo menos três turnos de 8 horas. Para alguns dos setores, é necessário saber inglês e francês
Mais informações

Mutek
Voltado para a música avançada, o conceituado Mutek utiliza voluntários nas áreas de merchandising, atendimento à imprensa, artistas e convidados, credenciamento, dentre outros.
Mais informações

Rifflandia
São 18 setores diferentes nos quais os voluntários são alocados no Rifflandia. É possível trabalhar em três turnos durante o festival ou em quatro turnos distribuídos durante e após o festival
Mais informações

ser voluntario em festival

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário