" /> 4 destinos de festival para desbravar no mundo | Festivalando
monte fuji destinos de festivalMonte Fuji, Japão – Ph: suzutake via Shutterstock

4 destinos de festival para desbravar no mundo

Há uns meses, uma consultoria feita pela Festival Insights nos mostrou o mapa da mina com os melhores festivais do mundo. Foram selecionados 250 de acordo com critérios como vendagem e receita a partir de ingressos, duração e capacidade do festival. O post feito aqui no Festivalando mostrou pra vocês onde estão os melhores festivais do mundo. Ou seja, os destinos de festival que você certamente vai visitar.

Dentre esses destinos, a gente viu que a Europa tem mesmo um reinado absoluto. Inglaterra e Alemanha lideram como anfitriãs dos melhores festivais, estão no topo do ranking. Porém, os melhores festivais do mundo também estão em outros cantos. Alguns deles nos outros continentes, como a Ásia e África, e até mesmo no lado mais alternativo da Europa, em países em que pouco se ouve falar sobre festivais.

Por isso, a gente coloca esses destinos de festival a serem desbravados no spotlight aqui. Tem festival bom? Queremos conhecer! Ainda mais se for um destino de festival menos conhecido.

Há festivais excelentes do norte ao sul da Ásia

promoção de passagens para o japão fuji rock

Fuji Rock/Divulgação

Apesar de a Ásia já ser um destino turístico consagrado, por suas belas paisagens e riqueza cultural, não é algo tão comum ouvir alguém dizer que vai partir para uma viagem de festival na Ásia. Porém, o continente entra aqui em nosso post como um dos destinos destaque, justamente por ter uma variedade de festivais em países que cortam a extensão territorial asiática de norte a sul, leste a oeste.

A listinha festivaleira asiática possui nada mais nada menos do que o festival que ficou em terceiro lugar no ranking dos melhores festivais do mundo. O Fuji Rock, no Japão está no topo desta lista. Ainda na terra do sol nascente tem o Summersonic, outro festival de rock que faz o Japão liderar entre os países festivaleiros asiáticos.

A Coréia do Sul também sedia outro festival de rock entre os melhores do mundo, o Incheon Pentaport Rock, e para os fãs de metal, o Pulp Summer Slam é o festival mais legal do gênero nas Filipinas.

O Midi Festival, na China, faz o meio de campo para os amantes do rock e da música eletrônica. Mas pra quem é de edm, também na china rola o Storm Eletronic Festival. Em Singapura tem o Zoukout e na Índia rola o SunBurn.
Além de todos eles ainda tem o Rainforest World Music Festival na Malásia, com música Folk e World Music.

A África é musical

sahara deserto marrocos

Dunas do Sahara, Marrocos. Vixit via Shutterstock

África não é somente um lugar para fazer safari, e ponto ( até porque, convenhamos, esse lance de safari é uma grande sacanagem com a fauna local). Além de ser um continente deslumbrante, de cultura forte e milenar, É lá que se encontram 3 dos melhores festivais do mundo.

Os países deste enorme continente que sediam tais festivais são o Marrocos e a África do sul. Destaque para o Marrocos, sede do Mawazine festival, um dos maiores do continente, que mistura rítmos e tribos diferentes. O Marrocos é um dos destinos turísticos preferidos na África. E agora, tendo um dos melhores festivais do mundo (25o lugar), melhor deixar um lugar reservado para o país na lista de destinos festivaleiros. Além do Mawazine, também rola no país o festival Essaouira Gnaoua, um dos melhores festivais de world music.

A África do Sul é outro país que você precisa visitar logo, ainda mais agora quando você souber que lá rola o Oppikoppi festival. É um festival que abrange atrações do indie, pop,metal e eletrônica.

Precisamos conhecer a Oceania

sydney australia

Sydney, Australia . siwawut via Shutterstock

Parece, mas a Oceania não é um dos destinos mais óbvios para os amantes de festviais de todos os tipos. No entanto, é impossível não prestar atenção nesse continente depois de ver que a Austrália sedia 6 dos melhores festivais do mundo. São eles o Byron Bay Blues fest, Woodfood folk festival, Splendour in the Grass, Womadelaid, Soundwave e Falls festival.

E esses festivais australianos agradam a todos os gostos. Fãs de metal, música eletrônica e indie, entretanto, vão se sentir mais confortáveis por lá.

A Nova Zelândia é o país do Rhythm and Vines, um festival de indie, eletrônica e world music que também está entre os melhores do mundo. Aí, quando você baixar na Nova Zelândia para conhecer os locais das gravações de O Senhor dos Anéis, aproveita e dá uma sacada neste festival!

A Europa lado B completa nossa lista de destinos de festival

letônia

Letônia, kavalenkava via Shutterstock

Aí vc me pergunta: mas não era para ser destinos alternativos de festival? O que a Europa está fazendo aqui? O fato é que, dentro do continente europeu existem países que são mais procurados para festivais, seja pelo marketing maravilhoso que foi feito, seja pela qualidade (lembre-se de que Alemanha e Inglaterra, por exemplo, possuem a maior parcela dos melhores festivais do mundo).

Mas, existem países que, apesar de serem bem menos procurados no quesito turismo de festival, ou turismo musical, eles também possuem vários dos melhores festivais do mundo.

Para o mar!

O primeiro destaque vem para a região do mar Adriático e o sudoeste europeu. É lá que vamos ter a Sérvia, com o Exit Festival, que acontece em um antigo forte militar do país e reúne artistas de estilos variados, do pop, indie rock, metal e eletrônica. Na Croácia, o Ultra Europe e o Hideout ajudam a emoldurar as belas paisagens croatas com muita música eletrônica. E na mesma vibe e região, rola o Sea Dance, em Montenegro.

Já na Europa central, onde a Hungria rouba a cena com o Sziget, existe também o Pohoda Festival, na Eslováquia. Sem dúvidas, uma região que merece a nossa atenção festivaleira.

Do centro para a região do mar Báltico, encontramos Estônia e Letônia, sediando o Ollesummer e o Positivus Festival. No Ollesummer rola de tudo, jazz, pop, rock, folk. Já no Positivus, a pegada é mais indie rock, rolando também artistas do pop em algumas edições.

Rerserve sua viagem de festival com a ajuda da nossa central de marcações

Para você que não gosta sempre do mesmo, ficou aí a dica dos destinos para desbravar. Não se esqueça que só aqui você encontra o Festivalando Busca, uma ferramenta para te auxiliar na procurar dos seus festivais e destinos mais inusitados.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário