são pauloSão Paulo. Foto: Thiago Leite via Shutterstock

5 lugares para fazer turismo musical em São Paulo

São Paulo talvez seja a cidade brasileira que mais recebe shows e grandes festivais. Podemos enumerar aqui o Lollapalooza, Sónar, EDC, Monsters of Rock, Maximus, Epic Fest, Sampa Music Festival e por aí vai. A cidade também é uma das mais cantadas na MPB, sendo tema de mais de 3 mil canções, segundo o crítico de música Tárik de Souza. Assim, um roteiro para turismo musical em São Paulo não só é possível como é necessário.

Ainda não sabe onde vai se hospedar em São Paulo para os festivais que acontecem em Interlagos? Veja aqui nossas sugestões.

Turismo musical é aquele que nós adoramos fazer quando viajamos para festivais de música. Como o próprio nome já diz, a gente tenta aliar as nossas andanças pelos lugares com atrações que sejam relacionadas à música. É assim que a gente se diverte para além dos roteiros turistões que todo mundo já está cansado de saber.

Pois bem, primeiramente, vamos sugerir que você cruze a Ipiranga com a avenida São João para ver se sente alguma coisa no seu coração, assim como o Caetano Veloso sentiu e cantou em “Sampa”.

Feito isso, agora você pode seguir viagem com a gente, nas seis atrações turístico-musicais mais legais em São Paulo, em nossa opinião 😉

Ainda não comprou sua passagem para São Paulo? Compre na Voopter.

MIS – Museu da Imagem e do Som

Para quem é melômano, uma parada no Museu da Imagem e do Som é obrigatória. Fundado em 1970, o museu registra e preserva imagens e sons do passado, mas também do presente.

A midiateca do museu reúne um arquivo de raridades em vinis, cds, partituras e vídeos. Todas as obras no acervo contam a história audiovisual da cidade. Somente o acervo musical possui cerca de 3700 entradas.

A consulta à midiateca é aberta ao público e gratuita, mas tem que ser agendada. Há uma sala de pesquisa equipada com televisores, aparelhos de DVD, CD, VHS e fita cassete. Para agendar sua tarde de pesquisas sobre curiosidades da música, você pode entrar em contato pelo email [email protected] O horário de funcionamento da midiateca é de 12h às 19h, de terça a sábado, e de 14h às 18h, nos domingos e feriados.

Endereço/funcionamento geral MIS

Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo – SP, Brasil.
Horário de funcionamento geral: terças a sábados, das 12h às 21h; domingos e feriados, das 11h às 20h
Mais: http://www.mis-sp.org.br/comovisitar

Woodstock Discos

woodstock discos

Woodstock Discos. Foto: Divulgação/Facebook oficial

Essa é uma dica para todo mundo que gosta de música, mas em especial para os que curtem heavy metal. Para os headbangers que visitam São Paulo, a parada na Woodstock é obrigatória, assim como era no início dos anos 80.

A loja abriu em 1978, quando Walcir Chalas decidiu vender sua grande coleção de discos de rock. Inicialmente, a loja vendia discos de artistas como os Beatles, Rolling Stones e todos os demais nomes importantes da década de 70. Com o tempo, e também influenciados pela New Wave of British Heavy Metal, a loja diversificou as vendas.

Já no início da década de 80, poderiam ser encontrados discos do Iron Maiden, Scorpions, AC/DC e outros. Naquela época, eram clientes da loja os irmãos Cavalera, do Sepultura, entre outros artistas.

A loja é até hoje um ponto de encontro para amantes da música e colecionadores. Atualmente, a Woodstock Discos funciona em um endereço diferente do original, em um espaço mais amplo no bairro Reúplica, em São Paulo. Em média 500 pessoas passam por lá aos sábados, para comprar, trocar discos e conversar.
Endereço/funcionamento:

R. Dr. Falcão Filho, 155 – República, São Paulo – SP
Segunda a sábado, 10h às 17h
Mais: https://pt-br.facebook.com/WoodstockRockStore/

Rua Augusta

A Augusta faz parte das histórias de boemia de São Paulo e, desde 1960 é espaço onde as várias juventudes da cidade se encontram. Há quem diga que a rua de três metros de comprimento expressa de forma muito clara todas as nuances da diversidade paulista. A rua também já foi cantada nas vozes de muitos artistas, como Os Mutantes e Emicida.

Inferninhos, clubes, casas de shows, cabeleireiros, e até mesmo butiques existem ao longo da rua. Trata-se de um dos lugares de efervescência cultural, onde há baladas para todos os gostos musicais. Funk, Música eletrônica, Rock, Punk, tudo e mais um pouco do alternativo está por lá.

Dentre as casas de música mais cultuadas, estão em destaque: 1007 Augusta, Espaço Desmanche, Inferno club, Beco 203, Bar Caos, Mono Club, Outs, Anexo B, Blitz Haus e Hole Club.

Indo para qualquer festival, compensa escolher uma balada na rua para entender o que tanto se fala sobre ela.

Reserve seu hotel ou hostel em São Paulo com o Booking.com

Sala São Paulo

orquestra sinfônica de são paulo

Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Foto: Márcio de Assis via Wikimedia Commons

A Sala São Paulo é um dos espaços para música mais bonitos da cidade. Ela é um dos ambientes do Centro Cultural Júlio Prestes, localizado na antiga estação de trem homônima. O local foi todo restaurado e ficou pronto em 1999, contendo uma pinacoteca e a sala de concertos, com capacidade para 1498 lugares.

A Sala São Paulo também é sede da Orquestra Sinfônica do estado, além de mensalmente ter uma programação musical que traz a música clássica, bem como a contemporânea.

Outro atrativo da Sala é que ela é considerada um dos locais com melhor acústica no mundo, sendo comparada com o Symphony Hall de Boston, por exemplo. Então, seja para escutar música ao vivo com uma acústica impecável, ou para admirar o prédio e as demais atividades oferecidas pelo centro cultural, a Sala São Paulo é uma ótima pedida.

Enderço

Praça Júlio Prestes, 16 – Campos Elíseos, São Paulo – SP
Mais: http://www.salasaopaulo.art.br/salasaopaulo/visitavirtual.aspx

Galeria do rock

Por causa do nome, pode parecer que esta é mais uma sugestão para quem gosta de música pesada. Mas acredite, a galeria do rock é um dos espaços com maior diversidade de lojas de discos e vestuário para todas as tribos urbanas em São Paulo. Rock, punk, heavy metal, rap, indie rock, tudo isso em um só lugar.

São mais de 400 lojas, localizadas nos quatro andares da galeria. Além de vendas de discos, a galeria também conta com estúdios de tatuagem e piercing, bem como cabeleireiros e alguns bares onde é impossível não parar para tomar uma cerveja. No mezanino também há uma loja inteiramente dedicada aos Beatles, a Beatles 4ever.

Estima-se que mais de 20mil pessoas passam pela galeria todos os dias. Caso você nunca tenha ido, fica essa dica. Mas lembre-se de se preparar financeirametne, pois seus impulsos consumistas vão falar alto com tudo que você vai ver! hahaha.

Endereço/ Funcionamento

Rua Vinte e Quatro de Maio, 62 – República – Centro – São Paulo.
Segunda a sexta, das 10h às 18h30. Sábados, das 10h às 18h.
Mais: galeriadorock.com.br

O Festivalando faz parte do programa de afiliados do Booking.com. Isso quer dizer que fazendo as reservas no Booking através dos nossos links, você ajuda o site a ganhar uma pequena comissão, mas não paga nada a mais por isso. 😉

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer com 2 colegas um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário sobre as Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Foi por paixão também que larguei um emprego público, para me aventurar pelo mundo dos festivais com a Pri.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta