seguro viagem para os Estados UnidosIvan Krivenko via Shutterstock

Seguro viagem para os Estados Unidos: 5 coisas importantes pra saber

Cada país tem suas próprias regras relativas à entrada e permanência de estrangeiros, condições para emissão de vistos temporários e permanentes, mas não só. Quem está planejando uma viagem para o exterior deve se atentar também para as regras de seguro viagem. Em alguns países ele é obrigatório, em outros há a exigência de uma cobertura mínima. Se as suas dúvidas são especificamente sobre o seguro viagem para os Estados Unidos, há quatro detalhes que você precisa saber na hora de contratar o serviço:

1. O seguro viagem para os Estados Unidos não é obrigatório

Ao contrário da Europa, onde o seguro é obrigatório para brasileiros e cuja apresentação é exigida logo na imigração, nos Estados Unidos o seguro viagem não é obrigatório para turistas. Ele não será cobrado de você em nenhum momento da viagem. Seja no processo de obtenção do visto, na imigração ou durante a sua estada no país, nenhuma autoridade está preocupada em saber se você tem um seguro ou não.

2. Não se deixe levar pelo item 1. É ALTAMENTE RECOMENDÁVEL contratar um seguro viagem para os Estados Unidos

“Oba, uma coisa a menos pra eu me preocupar”, você deve ter pensado ao ler o item 1. Pois é exatamente o contrário. Você precisa, sim, se preocupar em ter um seguro viagem para os Estados Unidos ou para qualquer outro lugar – inclusive para viagens no Brasil.

Isso porque o que define a importância dele não é a sua obrigatoriedade e sim a sua função. Um seguro viagem serve para prover assistência à sua saúde em situações diversas, das mais simples às mais complexas, e também para te auxiliar em problemas diversos que eventualmente ocorram durante a viagem (veja o item 5).

3. Você não vai ter dinheiro pra pagar um atendimento médico nos EUA. Mas o seguro viagem pode pagar tudo pra você

O custo do atendimento de saúde nos Estados Unidos é um dos mais altos do mundo. Não existe uma assistência mínima e gratuita semelhante ao SUS, por exemplo. Todo mundo tem que pagar por tudo.

Para você ter uma ideia, o Banco Mundial tem um indicador para medir o custo do serviço de saúde nos países do mundo todo. Ele varia de 0 a 100. Quanto mais próximo de 100, mais caro é o serviço de saúde. O índice dos Estados Unidos é 87.

Se isso ainda não foi o suficiente pra te convencer, veja só o custo médio de alguns serviços de saúde nos Estados Unidos, segundo dados da Kaiser Family Foundation e da Vox:

Diária de internação: 5.220 dólares
Consulta médica de emergência: 350 dólares
Tratamento de infecção viral: 8.500 dólares
Cirurgia de apendicite: 15.930 dólares

Quem mora nos Estados Unidos e tem um plano de saúde arca com uma parte desses custos, enquanto o plano arca com o restante. Você, turista, sem um seguro viagem para os Estados Unidos, vai ter que pagar o valor integral de tudo. Por outro lado, se você tiver um seguro, ele vai cobrir essas despesas.

pra que serve o seguro viagem

ShutterOK via Shutterstock

4. O seguro viagem para os Estados Unidos deve ter uma cobertura total alta

Por tudo o que foi dito até agora, é de se esperar que você já tenha se convencido da importância do seguro viagem para os Estados Unidos. Então, partindo do pressuposto de que você vai contratar o serviço, um detalhe importante na hora de fazer a compra é buscar um plano que tenha uma cobertura alta, principalmente tendo em vista o que foi dito no item 3.

Você vai encontrar planos que têm cobertura médica total partindo de 30 mil dólares até 1 milhão de dólares. Quanto maior o tempo que você ficar, mais alta deve ser essa cobertura. Por exemplo, para passar duas semanas em Nova York, eu contratei um seguro com cobertura médica total de 330 mil dólares e paguei R$ 290.

É provável que, quanto maior a cobertura, mais caro vai ser o seguro viagem para os Estados Unidos. Porém, você pode usar ferramentas de comparação de preço, como a Seguros Promo, parceira do blog. Com esse tipo de recurso é possível encontrar o seguro com o melhor custo-benefício para a sua viagem.

5. Escolha um seguro com boa assistência médica E TAMBÉM com outras coberturas

Saúde em primeiro lugar, é o que a gente sempre ouviu dizer, não é mesmo? Mais verdade impossível. E é por isso que na hora de comprar o seguro viagem para os Estados Unidos você deve prestar muita atenção em todos os detalhes da assistência médica que o plano contratado oferece.

No entanto, não se atenha apenas a isto. Como foi dito no item 2, o seguro viagem não serve apenas para dar garantia de atendimento médico. Um bom plano também tem coberturas para casos de cancelamento de viagem, seguro para bagagem extraviada, auxílio em caso de perda de documentos e outros tipos de assistência.

Compre agora o seguro viagem para os Estados Unidos na Seguros Promo e ganhe até 10% de desconto. Basta usar o nosso cupom FESTIVALANDO5 para garantir 5% de desconto. Se o pagamento for no boleto, você ganha mais 5%

quanto custa o seguro viagem

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário