" /> Roteiro de Curitiba: o que fazer em um fim de semana | Festivalando
roteiro de curitibaZiviani via Shutterstock

Roteiro de Curitiba: o que fazer em um fim de semana

A experiência que eu e Gra tivemos em Curitiba foi relâmpago: um fim de semana e nada mais. Fomos para o Coolritiba e fizemos (na verdade, esprememos) ~otras cositas más~ no tempo que sobrou. Por isso, a sugestão de roteiro de Curitiba a seguir é bastante econômica, pois é baseada nessa experiência curtinha. Infelizmente, não abrange tudo o que a capital do Paraná oferece. Mas facilita as coisas se você realmente tem pouco tempo.

O turistão

Sim, o turistão, termo que a gente usa aqui no Festivalando para aquele roteiro super básico,  praticamente inescapável. Em se tratando de um roteiro de Curitiba, que tal começar pelo começo?

A Praça Tiradentes, super central, é considerada o marco zero da cidade. Ali mesmo na praça fica a Catedral de Curitiba, outro lugar comum nos roteiros tradicionais. A propósito, esta é uma ótima região onde ficar em Curitiba – nós ficamos num hotel a um quarteirão da praça. Pertinho dali está também a Biblioteca Pública do Paraná, um prédio que encantou a gente de tão lindo que é.

onde ficar em Curitiba

Catedral de Curitiba. Ph: Diego Grandi via Shutterstock

A Ópera de Arame e a Pedreira Paulo Leminski, onde foi o Coolritiba, formam juntas um complexo turístico que combina cultura (ambos os locais são usados para shows), arquitetura e natureza.

Não ficam de fora também o Jardim Botânico, provavelmente a imagem de cartão postal mais conhecida de Curitiba, o Museu Oscar Niemeyer, o Museu de Arte Contemporânea do Paraná e o Mercado Municipal de Curitiba. Como tínhamos compromisso com o Coolritiba, que tomou um dia praticamente todo, faltou tempo pra essa parte.

onde ficar em Curitiba

Jardim Botânico, Curitiba. Ph: Marcio Jose Bastos Silva via Shutterstock

Os bares da rua Mateus Leme e o Hard Rock Café

Pra quem gosta de esticar os passeios turísticos até a noite e sempre faz uma ~baladinha~, a sugestão é ir no Hard Rock Café, o único em funcionamento hoje no Brasil. Quem é ~roqueirinhx~ tem um motivo a mais pra ir, pois há toda a afinidade que a marca tem com o estilo musical. Prepare-se, pois os preços são caros.

Quem quer mais opções pode encontrar várias delas num mesmo endereço, a rua Mateus Leme, no centro da cidade. Ela é repleta de bares descontraídos, sem muita frescura, daqueles em que muita gente topa até sentar na calçada enquanto bebe. A rua parece uma balada a céu aberto.

O passeio de trem Curitiba-Morretes

O passeio de trem Curitiba-Morretes é considerado um dos mais bonitos do Brasil e do mundo. O percurso é entre a capital e a cidade litorânea de estilo colonial na ferrovia inaugurada em 1885. O maior charme do passeio, responsável por esse título honroso, é o trajeto em si.

Nas quatro horas dentro do trem, passamos pela Mata Atlântica e pela Serra do Mar (com o fofíssimo Morro do Cachorrinho). De brinde, vimos a cascata Véu da Noiva e o vão-livre da ponte São João, uma vista impressionante de uma estrutura suspensa em meio à imensidão das montanhas.

Se você quiser fazer esse passeio, precisa reservar um dia inteiro pra ele. Além das quatro horas até Morretes, ainda tem o passeio pela cidadezinha e a volta para Curitiba.

roteiro de curitiba

Erica Catarina Pontes via Shutterstock

Serra Verde Express

Nós fizemos o passeio com a empresa Serra Verde Express, que nos levou para toda essa viagem até Curitiba. Se você tem pouco tempo na cidade e pouca paciência para planejamento, recomendo bastante fechar o passeio com eles, pois eles cuidam de tudo.

Os pacotes incluem não só o passeio de trem em si, como também o transfer do seu hotel para a estação. Tem ainda almoço na chegada em Morretes e um passeio até Antonina, outra cidade litorânea próxima, que nos agradou bastante. Por fim, a garantia do retorno rodoviário para Curitiba e o transfer de volta para o hotel. No nosso caso, como tínhamos um voo no dia do retorno do passeio, a empresa nos deixou no aeroporto.

O Coolritiba, pra adicionar uma dose de música nesse roteiro de Curitiba

Se você é da nossa seita festivaleira, vai querer incluir um festival nesse roteiro, certo? Pois o nome pra focar é o Coolritiba, atualmente o principal festival da cidade. Ele acontece em maio, então você precisa ir nesta época se quiser incluir música no seu roteiro de Curitiba.

A viagem para Curitiba teve o apoio da empresa Serra Verde Express.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário