o que fazer em EstocolmoCentral Sergels Torg square, Estocolmo. Stock Photos/ A G Baxter /Shutterstock

O que fazer em Estocolmo: turismo ou passeios antes/depois do Sweden Rock

A capital sueca é destino de muita gente que viaja para o Sweden Rock. Por isso, a gente decidiu compilar dicas sobre o que fazer em Estocolmo. A ideia é compilar atrações para quem vai à Estocolmo antes ou depois do Sweden Rock Festival. Mas, também pensamos em um roteiro que pode ser feito por qualquer pessoa que esteja a passeio pelo país.

A gente já falou sobre um roteiro musical básico em Estocolmo. Mas, a ideia de hoje é enumerar as principais atrações turísticas, focada em um público que ainda não conhece a cidade. Pensamos no básico, aquilo que não se pode deixar de fazer quando visitar a capital sueca.

Veja também, onde ficar em Estocolmo com as nossas dicas.

O que fazer em Estocolmo: dicas pra evitar filas

Pra quem quer economizar tempo ( e muitas vezes dinheiro) existem opções como os city cards ou passes vendidos pelos órgãos de turismo. No caso de Estocolmo, existe o Stockholm Pass. Ele é um passe que pode ser de um até cinco dias e dá direito a entrada gratuita no sistema de transporte público. Além disso, você entra gratuitamente em vários museus e atrações da cidade. (Você pode adquirir seu passe de Estocolmo neste link).

No caso deste passe, também vão estar incluídos alguns passeios de forma gratuita. Por exemplo, passeio de barco em canal e ônibus hop-on hop-off.

Agora, pra quem pensa que não vai compensar comprar um passe, e vai ter um volume de atividades turísticas menor, ainda sim é bom evitar filas. Pra isso, o único jeito é comprar os ingressos das atrações com antecedência. Além de tudo, assim você garante que não vai deixar de participar de alguma atividade por conta de esgotamento de ingressos. Sem contar que é bem melhor pro planejamento de viagem.

O que fazer em Estocolmo: principais passeios e excursões

Além de ser uma cidade exuberante, com um centro histórico lindo e coloridinho, Estocolmo também tem arquipélagos, mirantes, palácios e um monte de museus. Por isso, o que não faltam são opções de turismo. A seguir, enumeramos os passeios e excursões mais legais:

#1 – Cruzeiro pelo arquipélago de Estocolmo

É um dos passeios mais procurados pelos turistas. E não é pra menos: as pessoas entram à bordo de uma embarcação clássica, num passeio de 2,5 horas pelo maior arquipélago da Suécia e um dos maiores do mar Báltico. (Ingressos podem ser comprados aqui).

#2 –  Excursão de barco sob pontes

Outra maneira de se conhecer Estocolmo é à bordo de um barco, navegando pelos canais da cidade, sob as diversas pontes que ajudam a compor o belo cenário da capital sueca. Além disso, você vai ter uma boa visão geral da cidade velha, bem como da área nova da cidade e das áreas verdes ( compre aqui esta excursão).

#3 – Excursão histórica

Esta também é uma excursão pelos canais. Porém, tem foco na parte histórica da cidade. Canal e pontes datadas de 1800 (M / S Sjöfröken), Pelo palácio de Kalrbergs, Prédio da prefeitura (onde acontece o famoso banquete do prêmio Nobel). Pra evitar filas, compre aqui esta excursão.

#4 – Passeio a pé pela cidade velha

Sem dúvida, uma das excursões mais legais em Estocolmo. O passeio pela cidade velha abriga muitas histórias. Talvez seja um dos passeios que cobrem de fato vários dos pontos turísticos principais da cidade. Por exemplo, a antiga igreja de Riddarholmen, palácios datados de 1600, a estátua do fundador da capital sueca – Birger Jarl, e ainda, os impressionantes becos. Porém, os ingressos se esgotam bem rápido. Pra garantir o seu antes, clique aqui.

#5 – Excursão de bicileta por Estocolmo

Esta é outra maneira deliciosa de descobrir os lugares mais legais de Estocolmo. Afinal, a bike entra em ruas e detalhes da cidade que o ônibus ou os barcos não são capazes de entrar. Por isso, é um dos passeios mais vendidos, também (Se interessou? Aqui o link).

Pra quem não curte muito pedalar, também vale a dica da excursão de Segway, que pode ser comprada aqui.

#6 – Excursão pelas igrejas medievais da Suécia

Esta é uma excursão onde você vai poder entender como a cultura viking e cristã se mesclaram, a partir da sobreposição católica ao paganismo. As igrejas medievais suecas são fascinantes mostras culturais deste fenômeno. Muito bem preservadas, com várias pinturas originais e até mesmo com pedras rúnicas, elas são um locais que merecem visita. Nesta visita estão incluídas da igrejas: Vallentuna Church, Orkesta Church, Markims Church e possivelmente também Täby Church. Pra evitar filas, compre neste link.

#7 – Caminhada gastronômica por Estocolmo

Antes de tudo, confesso que a culinária escandinava foi muitas vezes mal interpretada por mim. No entanto, há, sim, coisas bem gosotosas pra se comer na culiária desta cultura. Por isso, uma das maneiras mais legais de entrar em contato com a velha e nova gastronomia da região é em excursões como esta. Ainda é uma ótima oportunidade para conehcer os mercados de comida, novos e antigos.

O que fazer em Estocolmo: ABBA  e museus

#1 – Museu do ABBA

Além dos passeios, é muito convidativo também visitar os museus suecos, que são únicos! Afinal, onde mais no mundo você teria um museu de um dos grupos musicais mais importantes da história do pop? Pois bem, o Museu do ABBA é um lugar ímpar que você precisa fazer um esforço pra visitar durante a sua estadia na Suécia.

A experiência interativa proporcionada lá é fantástica. Além de poder ver fotos, ouvir audios exclusivos dos integrantes, você também vai ficar impressionadx com os avatares 3D. Por fim, ainda vai poder cantar no palco usando os figurinos do ABBA e gravar vídeos da sua apresentação. Muito massa, não é? Pra comrpar o ingresso do Museu do ABBA sem filas, vá neste link aqui.

#2- Museu Vasa

O Museu Vasa é um dos mais famosos e importantes da Escandinávia.  Trata-se de um museu marítimo que tem como principal mote o navio de guerra Vasa, que afundou logo após sua saída, comovendo toda a cidade. o Vasa ficou sob a água por quase 300 anos, totalizando 400 anos de idade. Como é um museu muito visitado, o melhor a se fazer é comprar os ingressos antes ( neste link).

Há também uma excursão pelo centro histórico que incluir a visita ao Museu Vasa. Esta pode ser uma ótima opção pra quem quer juntar todas as peças da história sueca em uma só tarde ( compre aqui nest link).

#3- Diversos museus

Também há uma lista de museus para os quais não existe uma visita guiada específica. Porém, possuem entrada garantida pra quem tem o Stockholm Pass. São eles:

  • Jardim Botânico de Bergius, Conservatório Edvard Anderson e Casa Victoria
  • Museu da Dança
  • Teatro do Palácio de Drottningholm (março – 16 de dezembro)
  • Museu da Tecelagem de Seda K. A. Almgren
  • Museu Nobel
  • Museu Nórdico
  • Riddarhuset (Casa da Nobreza)
  • Spritmuseum
  • Catedral de São Nicolau de Estocolmo
  • Museu Strindberg
  • Museu Sueco de Artes Performáticas
  • Museu da Fortaleza de Vaxholm (maio – setembro)

Pra comprar o passe que dá direito a entrada em todos estes museus gratuitamente, basta entrar neste link.

O que fazer em Estocolmo: outras opções

 

Vai viajar para a Suécia? Faça agora o seu seguro viagem. Ele é exigido para entrar na Europa, e se você não apresenta-lo será barradx na migração. Além disso, é a garantia de que você estará amparadx caso haja algum imprevisto com a sua saúde. Aqui você pode pesquisar o melhor preço em várias seguradoras, comprar o que se adequar ao seu orçamento, conseguir um desconto e parcelar sem juros.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário