No youtube: reflexões da vida festivaleira, dicas pra conseguir ingresso pro RIR e games

Este mês nosso canal do youtube traz reflexões essenciais para quem está iniciando a vida festivaleira. Além disso, tem um monte de dicas sobre como conseguir ingresso para o RIR. Pra fechar, diversão ( ou pagação de mico) com nosso jogo Festval x País. Vem!

A pedra filosofal do Festivalando: você quer mesmo viajar para um festival de música?

Esta é uma questão crucial que toda nossa audiência deveria se perguntar: você quer mesmo viajar para um festival de música? Antes de refletir pra responder, precisamos bater um papo.

A gente sabe que viajar para um festival de música no exterior é sonho de muitas pessoas. Porém, tem gente que ainda não parou pra pensar que esta não é uma viagem comum. Na verdade, viajar para festival tem algumas características especiais e é melhor tomar conhecimento delas antes de definir se este é mesmo o seu sonho. Em todo caso, esperamos que continue sendo, mesmo depois  assistirem a este vídeo:

Dicas pra conseguir ingressos pro o RIR

Esse vídeo é dedicado especialmente para as pessoas que ainda estão perdidas. Aquelas que não têm ideia de como irão conseguir um ingresso para a edição do Rock in Rio deste ano. Então, separamos 6 dicas, algumas mais tradicionais e seguras do que as outras, para você garantir que não vai perder este super festival!

Festival x País: a nossa provinha de geografia

Nada melhor do que um belo desafio festival x país pra que a audiência toda entenda que faz muito tempo que saímos do ensino médio, haha. Afinal, não é nada fácil advinhar o país de alguns festivais. Vários deles são muito lado B e até há nomes pegadinha. Por exemplo, nome de festival em espanhol em plena china, ou algo do tipo. Mas enfim, vem ver a gente pagando mico e dê boas risadas!

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário