pulseira do rock in rio

Pulseira do Rock in Rio: o que você precisa saber

Atualizado em 19/07/2017 – Enfim, o maior festival do Brasil adotou um acessório que há tempos já se vê nos maiores festivais do mundo: a pulseira. A partir deste edição, o acesso ao Rock in Rio será feito mediante uma pulseira com tecnologia RFID, equipada com um chip que permite a realização de transações por meio de radiofrequência. Com a pulseira do Rock in Rio você terá o seu acesso à Cidade do Rock validado na entrada do festival e também participará de ações dentro do evento.

Para fazer tudo isso, ao receber em casa ou retirar em um ponto físico a pulseira, você deverá cadastrá-la. Todos os detalhes desse procedimento estão no guia que segue abaixo, com explicação passo a passo.

Mas antes de prosseguir você deve prometer não violar o mandamento de ouro das pulseiras de festival.

Mandamento supremo: Não colocarás a pulseira do Rock in Rio antes do dia do festival

Você deve colocar a pulseira no braço somente no dia evento. Você também só deve mexer no fecho da pulseira no momento de colocá-la no braço. O fecho que ajusta a pulseira é inviolável. É dificílimo removê-la do braço ou reajustar o fecho sem provocar algum tipo de dano. E pulseiras com algum tipo de avaria não serão aceitas.

Muita gente que foi ao Lolla teve dor de cabeça porque não segurou a ansiedade e colocou ou mexeu na pulseira antes da hora. Por um lado, dá para entender, pois esta é uma grande novidade pra muita gente, mas é importante se conter para evitar problemas para você mesmx.

Pulseira do Rock in Rio passo a passo: recebimento/retirada e cadastro

Como prometido, a seguir você fica sabendo o que deve fazer quanto estiver com a sua pulseira em mãos. À medida que novas informações forem surgindo, este post vai sendo atualizado, ok?

1. Retirada/Recebimento

Pontos físicos

Se você optou por retirar a pulseira do Rock in Rio em um ponto físico, fique atentx ao calendário de retirada:

  • Até o dia 14 de setembro: no mezanino intermediário da estação de metrô Carioca, na Rua da Carioca, s/n, centro do Rio de Janeiro. O serviço de retirada das pulseiras fica disponível de segunda a sexta, das 11h as 19h e também no sábado, de 9h às 14h. Também está disponível o serviço de agendamento da retirada. Assim, para evitar as filas, você pode agendar os horários em que poderá retirar as pulseiras, por meio deste link aqui
  • Durante os dias do festival: durante o evento, as pulseiras poderão ser retiradas na bilheteria oficial do Rock in Rio, que fica na Cidade do Rock. Durante o festival (15, 16, 17, 21, 22, 23 e 24 de setembro), a bilheteria abre às 10h e funciona até 22h. Nos dias intermediários – 18, 19 e 20 de setembro -, a bilheteria atende o público entre 11h e 19h.

Entrega em domicílio

Se você optou por receber a pulseira em casa, aguarde o recebimento entre maio e agosto de 2017, período de entrega estabelecido pelo Rock in Rio. Você pode acompanhar e rastrear a entrega das pulseiras no seu Histórico de Compras no site da Ingresso.com.

Se desejar, você pode alterar o endereço de recebimento, desde que sua encomenda não tenha saído ainda para entrega. Essa alteração pode ser feita no seu Histórico de Compras.

Você receberá todas as pulseiras do seu pedido em uma mesma embalagem. Caso o conteúdo da embalagem não esteja de acordo com o seu pedido (pulseiras a menos ou pulseiras de dias diferentes), você deve reportar o ocorrido no autoatendimento.

Serão feitas duas tentativas de entrega. Caso não haja ninguém para receber o pedido, suas pulseiras serão disponibilizadas para retirada em ponto físico e você receberá um aviso por e-mail.

Em caso de dúvidas sobre o andamento da sua entrega, utilize o autoatendimento disponibilizado pela produção.

2. Cadastro

Com a pulseira do Rock in Rio em mãos, você deve cadastrá-la neste site. Este cadastro é o que personaliza a pulseira. Ou seja, é ele que torna a pulseira nominal e determina a pessoa que irá utilizar o ingresso no dia do festival.

Por exemplo: se você comprou três ingressos – um pra você, um pra amiga e outro pra irmã, cada uma de vocês deve cadastrar a própria pulseira. Isso vale tanto para ingressos inteira quanto para meia entrada. No caso da meia-entrada, será necessário informar no ato do cadastro os dados do documento que comprovam o benefício da meia do usuário em questão. Este mesmo documento deverá ser apresentado na entrada do Rock in Rio.

Vixe! Colocou o nome errado na hora do cadastro? Quer passar a pulseira para outra pessoa?

Sem problemas, bebê! Segundo a organização do festival, depois de registrar a pulseira do Rock in Rio ainda será possível alterar o usuário tranquilamente 😉

A pulseira do Rock in Rio vai ser cashless igual no Lolla?

Não.  Ainda não. Ela será usada, por enquanto, para entrar no festival e participar de atividades lá dentro. Alimentos, bebidas e produtos em geral deverão ser comprados da maneira “tradicional”: com cartão de crédito, débito ou dinheiro ou ainda com o cartão do transporte Rock in Rio Primeira Classe.

E quanto vão custar as coisas lá dentro?

Não se sabe quando e se a produção irá informar antecipadamente o valor de alimentos e bebidas dentro do festival. De todo modo, você pode se basear nos valores de 2015 para tentar estimar quanto dinheiro vai gastar (lembre-se que há bebedouros na Cidade do Rock e que você pode entrar com comida industrializada):

Valor de bebidas e alimentos no Rock in Rio 2015

Água – R$ 5
Refrigerante – R$ 7
Chopp R$ 10
Pizza Brotinho – R$ 22
Cheese Picanha – R$ 15
Penne – R$ 20
Batata frita no cone – R$ 14
Salada de frutas – R$ 25
Bombom – R$ 0,99
Paleta mexicana – R$ 10

Favorite este post, pois vamos atualizá-lo à medida que novas informações forem divulgadas 😉 Enquanto isso, dá uma olhada em todas as nossas outras dicas pro Rock in Rio

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

38 comments

Add yours
  1. Adriano 25 junho, 2017 at 21:59 Responder

    Priscilia, boa noite. Tenho algumas dúvidas. O local da sede do rock in rio será aberto 24 horas e as atrações como por exemplo, a tirolesa, funcionaram 24 hrs ou terão horários específicos? Obrigado.

    • Priscila Brito 27 junho, 2017 at 09:42 Responder

      Oi, Adriano! O festival como um todo (inclusive tirolesa e outras atrações) estará aberto das 14h até o fim do último show no Palco Mundo (o horário varia, mas acaba lá pelas 2h ou 3h da manhã).

    • RICARDO CERQUEIRA DE ARAUJO 17 julho, 2017 at 09:55 Responder

      se souber sobre o cadastro dos ingressos, envie-me alguma mensagem por favor:
      cel: (21) 986264170
      Me chamo RIcardo

  2. Ronival Pereira 14 julho, 2017 at 07:54 Responder

    Bom dia Priscila. Eles informaram que as pulseiras poderiam ser cadastradas a partir de julho, porém no site ainda não existe essa informação. Você sabe alguma coisa a respeito?

    • Priscila Brito 14 julho, 2017 at 10:05 Responder

      Bom dia, Ronival. A única informação que eu tenho é essa também. Desde que o mês começou estou monitorando pra ver se eles liberam o cadastro, mas até agora nada. Vou continuar de olho. Mas como ainda estamos na metade do mês, ainda há tempo pra eles cumprirem o prazo prometido 🙂

      • RICARDO CERQUEIRA DE ARAUJO 17 julho, 2017 at 09:55 Responder

        se souber sobre o cadastro dos ingressos, envie-me alguma mensagem por favor:
        cel: (21) 986264170
        Me chamo RIcardo

  3. Murilo 21 julho, 2017 at 12:47 Responder

    Boa tarde. O site de registro que está no artigo é oficial? Pois não vi nenhuma divulgação tanto no site oficial do Rock in Rio quanto em suas redes sociais…

    • Priscila Brito 25 julho, 2017 at 09:44 Responder

      Pois, é Stephanie. Não tá muito diferente de outros eventos. A água, inclusive, tem um preço melhor que em outros festivais. Vamos ver como os preços vão ficar depois dos reajustes, já que esses valores aí foram os de 2015 só pra vocês terem uma referência. Tomara que não suba muito!

  4. Caique 3 agosto, 2017 at 13:39 Responder

    Comprei para pegar no ponto físico… No caso, você sabe me informar se outra pessoa pode pegar a pulseira por mim (com autorização) e restará-la em seu nome para utilizar no festival?

    • Priscila Brito 3 agosto, 2017 at 14:16 Responder

      Sim, Caique. Outra pessoa pode retirar a pulseira usando o modelo de autorização disponibilizado pela Ingresso.com e essa mesma pessoa pode registrar a pulseira no nome dela para usar no festival.

  5. Yan 4 agosto, 2017 at 01:11 Responder

    Segundo seu post Priscila depois de registrado a pulseira no nome de X (exemplo) pode alterar o cadastramento e colocar no nome de Y. Onde você obteve essa informação? Desde já muito obrigado. Estou em dúvida por causa que no site do RiR diz de outra forma e é isso que tá complicando a venda das pulseiras (inclusive eu quero comprar uma de outra pessoa que mora em outro Estado por isso estou perguntando)

    • Priscila Brito 4 agosto, 2017 at 09:59 Responder

      Oi, Yan! A informação é do próprio site do Rock in Rio. Está neste link aqui: http://rockinrio.com/rio/pt-BR/ingressos Logo abaixo de “conseguiu garantir seu ingresso?” você vai ver um slideshow com quatro itens (é só rolar a seta para o lado). No item 3, “Hora do Registro”, há o seguinte texto: “O registro deve ser feito por quem vai usar a pulseira. Basta tê-las em mãos. Depois de registrada, ainda será possível alterar o usuário sem problemas”

  6. Yan 4 agosto, 2017 at 11:32 Responder

    Mas justamente essa parte do “o registro deve ser feito por quem vai usar a pulseira” . Então a dúvida é: será que a pessoa que registrou a pulseira no seu nome ainda pode vender para outra pessoa? (No caso seria alterando o usuário né, se sim) (se não é porque o registro é inalterável)

  7. Izhaias 6 agosto, 2017 at 22:57 Responder

    Eu definitivamente acho que esse lance de registrar as pulseiras não passou de uma grande estupidez, afinal, se elas não vão servir para vincular crédito e realizar pagamentos, qual a necessidade de um registro nominal ? Gerar buzz na questão de segurança do festival ? Se a questão fosse a autenticidade de quem realmente comprou, todos os ingressos antigos já continham informações como o nome e RG/CPF do comprador. Como um evento que vai receber mais de 100k pessoas por dia terá suporte pra incluir esse método de ingressos nominais ? Só pra entrar no Rock in Rio normalmente, você já levava de 30 a 40 minutos, imaginem se eles forem parar um por um, para conferir documento e ver se pulseira que a pessoa está usando realmente foi registrada por ela, nexo 0.

    • Priscila Brito 7 agosto, 2017 at 10:05 Responder

      Pois é, Izhaias. Se acabarem usando o registro só mesmo pra entrada, realmente vai ser um procedimento totalmente desnecessário. No site consta que a pulseira poderá ser usada para atividades dentro da Cidade do Rock, o que poderia ser uma justificativa para o registro, mas até agora não deram mais detalhes a respeito disso. Voltei agora do Governors Ball, nos EUA. Peguei a pulseira na entrada do festival, pus no braço e passei o chip na catraca de entrada sem ter que fazer nenhum registro. Eu só registrei depois de entrar, e mesmo assim porque era cashless e eu queria comprar comida. Mas se não quisesse ter consumido nada lá dentro, não haveria necessidade alguma de fazer a ativação, o que é bem lógico. Vamos ver como vai evoluir essa questão das pulseiras aqui…

  8. Alexandre 22 agosto, 2017 at 20:23 Responder

    Comprei pra retirar no ponto físico, mas resolvi vender, mas pra outra pessoa retirar precisa do papel de autorização, no meu caso que sou de outro estado, tem alguma outra forma? A autorização teria que ser autenticada? Pode ser scaneada?

    • Priscila Brito 23 agosto, 2017 at 09:45 Responder

      Oi, Alexandre. Não sei dizer com certeza se pode ser escaneada. Mas não há necessidade de ser autenticada (a não ser que você queira dar mais segurança pra pessoa na hora da retirada). Basta usar o modelo que está disponível no SAC da Ingresso.com.

  9. Lucas de Almeida 2 setembro, 2017 at 23:52 Responder

    Boa noite, na hora do cadastro da pulseira de meia entrada não está pedindo para especificar o documento comprovante para tal benefício. Algum problema? Alguém sabe me dizer se é isso mesmo.

    • Priscila Brito 8 setembro, 2017 at 14:27 Responder

      Hamond, sem ela ter sido registrada fica praticamente impossível fazer esse rastreamento. Se você tiver o código da pulseira, aí pode adiantar alguma coisa entrando em contato com os responsáveis pelo sistema de registro.

  10. Tiago 8 setembro, 2017 at 16:51 Responder

    Boa tarde Priscila! Perdi um dos ingressos, antes de registrá-lo. Teria como saber, qdo alguém for registrá-lo? O numero da pulseira está associado ao comprador?

  11. Débora 11 setembro, 2017 at 14:39 Responder

    Olá. Comprei meia entrada ano passado mas este ano estou sem carteira de estudante. Sério mesmo que na hora de ativar a pulseira precisa dos dados?? Alguém já fez? Neste caso, então, eu poderia usar a pulseira da entrada inteira de uma amiga e ela usar a minha de meia entrada, já que ela sim possui carteirinha?HEEEELP

  12. Daniel 11 setembro, 2017 at 17:18 Responder

    Oi, Priscila, parabéns por mais um post ótimo sobre o evento!

    Uma dúvida: quem vai retirar o ingresso/pulseira lá no dia do evento, registra na hora da retirada mesmo?

    Abraço 🙂

  13. marcos 14 setembro, 2017 at 11:40 Responder

    priscila, um grande duvida que não consegui resposta. cadastrei a pulseira, em meu nome mais na hora não posso ir e a pessoa que vai não alterou o meu cadastro, a pergunta. na hora da entra eles irão conferir , pedir documento para ver se a pessoa é a mesma?? ou não tem problema, pode ter acesso sem mudar o nome que foi registrado?

    • Priscila Brito 15 setembro, 2017 at 10:48 Responder

      Marcos, teoricamente eles vão olhar isso, mas se vão fazer na prática mesmo só quando os portões se abrirem pra gente saber. O mais recomendado seria trocar o cadastro pra se prevenir de problemas

  14. mario 19 setembro, 2017 at 20:49 Responder

    Obrigado, fiquei preocupado por ela ser um pouco diferente de outra que já tenho possuo com esse código qr no verso e ser de uma textura diferente, mais uma vez obrigado pela sua resposta

Deixe uma resposta

Close