Instagram PopegojaInstagram Popegoja

As descobertas sonoras do Popegoja

Quando falamos aqui que o Festivalando estava indo conferir o Popegoja, na Suécia, dissemos que o festival era um “baby”, devido aos seus apenas dois anos de existência. Pois bem, se o evento é um bebê, as atrações são fetos em diferentes fases de gestação.

A proposta do Popegoja de jogar luz sobre novas bandas suecas é levada estritamente a sério e o que vimos em dois dias de shows no Folkets Park, em Malmö, foi uma seleção do novo do novo. Há grupos que sequer têm um ano de formação. O recorte apresentado pelo festival mostra uma cena sueca dominada por sintetizadores, mas há também espaço para alguma distorção e para o pop básico. Se você está à procura de novidades sonoras, este post é pra você. Conheça e ouça alguns dos destaques da programação do festival sueco:

20140711_210821

PMToYou
O PMToYou faz um indie eletrônico que abusa de vocais suaves e sintetizadores para criar uma atmosfera onírica. Ao vivo, o sonzinho low profile ganha um certo contorno dramático com a banda toda uniformizada de preto e rostos pintados. O grupo tem um EP lançado, “Hours” (2013). A mente por trás do projeto é o jovem Anton Thoursie, que já é um queridinho da cena eletrônica sueca.

Para ouvir e conhecer mais:
No Soundcloud: soundcloud.com/pmtoyou
No Facebook: www.facebook.com/pmtoyou

20140710_192130

Echo Ladies
Fundada em janeiro deste ano, e portanto com o título de recém-nascida do Popegoja, a banda Echo Ladies segue um caminho próximo ao do PMToYou, mas acrescenta uma guitarra e um ritmo mais oitentista ao suave indie eletrônico. O trio formado por Matilda Bogren, Joar Andersen e Mattis Andersson se define como uma banda de “dreampop”. No Soundcloud, você ouve três registros sonoros do Echo Ladies, mas ao vivo o repertório cresce um pouco mais.

Para ouvir e conhecer mais:
No Soundcloud: soundcloud.com/echo-ladies
No Facebook: www.facebook.com/echoladieshttp

20140710_202315

Sista Bossen
O visual da banda resgata os cabelos longos e ensebados da turma grunge, o som está em algum lugar entre aquele rock garageiro dos anos 1990 e o Parquet Courts, guardadas as devidas proporções. É o Sista Bossen, uma das poucas bandas selecionadas para o Popegoja que apostou em uma sonoridade mais elétrica. Ao vivo, chama atenção o jeito inquieto e comicamente perturbado do vocalista Hampus Sunden. Praticamente ainda em gestação, a banda lança o primeiro EP, sem nome divulgado, em setembro.

Para ouvir e conhecer mais:
No Soundcloud: soundcloud.com/sista-bossen
No Facebook: www.facebook.com/pages/Sista-Bossen/717902838241321

20140711_220359

Hurricane Love
Honrando a tradição sueca de bandas pop com apelo radiofônico, o Hurricane Love é pra quem gosta daquele pop que ora é alto astral, ora tem carga emotiva. Veterano se comparado às demais atrações, o Hurricane Love, que fechou o Popegoja, surgiu em 2012 e já faz algum buzz no YouTube e em terras europeias com o single “Only Human”.

Para ouvir e conhecer mais:
No Soundcloud: soundcloud.com/hurricane-love
No Facebook: www.facebook.com/HurricaneLoveMusic

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora também coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Além de uma das mães do Festivalando, sou colaboradora da Mixmag e do Brasil Post e autora do Porque eu gosto de música. Também ajudei Paul McCartney a falar uai em pleno Mineirão.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta