#VideoSelfie: Dicas Rock in Rio para marinheiros de primeria viagem

O #VideoSelfie voltou para ficar! Depois de dar o start no Festivalando e na nossa série de vídeos direto da Europa, no ano passado, quando passamos dois meses viajando, eu voltei para o Brasil e a Gra ficou morando na Dinamarca. Foram meses de parceria à distância, com muitas conversas pelo Skype, mas neste mês ela voltou para o Brasil e cá estamos nós retomando as atividades festivaleiras in loco.

Isso inclui não só a gravação deste primeiro #VideoSelfie em terras brasileiras, como também os preparativos para o primeiro festival ao qual vamos juntas novamente, o Rock in Rio. Aproveitamos para juntar as duas coisas numa só e nos encontramos para bater um papo sobre o festival. Queria tirar umas dúvidas com a Gra.

Ela já foi ao Rock in Rio, mas eu sou estreante na Cidade do Rock. Em 1985 eu estava ainda na barriga de mammy, em 1991 era apenas uma criança e em 2001, uma adolescente que mal podia sonhar em viajar para o interior de Minas. Em 2011 e 2013 eu tinha condiçõe$$$ de ir, mas Murphy cuidou para que os shows de meu interesse coincidissem com dias de plantão ou fechamento de edição – coisas da vida de jornalista de redação, mas agora the times they’re a changin’

Como marinheira de primeira viagem que sou, despejei algumas perguntas pra cima da Gra:

  • Vai estar fazendo calor pra valer, mesmo sendo setembro um mês de transição do inverno para a primavera?
  • A que horas convém chegar na Cidade do Rock?
  • Como é a revista na entrada e quais as principais restrições?
  • A área do festival é muito grande? Vou gastar muito tempo me deslocando entre os palcos?
  • Dá para sonhar em pegar grade?
  • Como é a segurança lá dentro?

Se você também está no time de calouros do Rock in Rio, pode conferir todas as respostas para as dúvidas acima no #VideoSelfie de hoje. Dá o play!

PS: Dá uma olhada também no nosso arquivo de posts sobre o festival e na página oficial.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário