Verão dinamarquês: a pegadinha! #podcast

Verão: aquela estação da qual todxs nós nascidxs ali abaixo da linha do equador somos bem íntimxs. Pode-se dizer que no hemisfério sul é uma estação compreendida entre os meses de dezembro e março ( porém, a gente sabe que a parada é quente o ano inteiro, pelo menos na maior parte do Brasil, né?). E lá em cima, a galera do verão boreal, teoricamente dá boas vindas ao “calor” entre os meses de junho e setembro.

Porém, meus caros, na Dinamarca a conversa não é bem assim! E olha que o pessoal ainda disse que esse verão foi totalmente atípico, atingindo monstruosos 27 e 29 graus! A casa caiu e essa galera derreteu. Mas para a gente… é…nem fez cócegas. Até porque essa temperatura caiu rapidinho ( e o pior, no mesmo dia!).

Mesmo assim, hoje vejo que não posso reclamar! Prestes a adentrar o inverno, e já com poucos horas de sol e temperaturas de 6 graus durante o dia, digo que passamos bem viu, e que o verão foi até bom!Sol… onde andarás?!

Esse podcast está um pitel! Escute e ria muito da situação veranesca bizarra pela qual passamos! Escandinávia da alegria e do desespero, mas mesmo assim amamos!

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário no mundo sobre Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Comecei a ir em festivais de metal internacionais em 2009. Desde então, viajar em busca da música, essa outra paixão, tornou-se um projeto profissional que hoje chamamos de Festivalando.

No comments

Add yours

Deixe seu comentário