" /> O primeiro grande festival pós-quarentena (?) + Tomorrowland digital e lives de festival em junho | Festivalando
festival pós-quarentenaJelena Ivanović/EXIT Photo Team

O primeiro grande festival pós-quarentena (?) + Tomorrowland digital e lives de festival em junho

Atualizado em 4/6/2020 – É possível que a gente veja o primeiro grande festival pós-quarentena acontecer ainda em 2020. Se tudo der certo, vai ser o EXIT Festival, na Sérvia, que recebeu autorização para acontecer em agosto. Detalhes dessa história nesta edição do Festival Update, que tem também um ~mistério envolvendo o Tomorrowland e as lives de festival em junho.

Lembrando que o Festival Update chega antes pra quem assina a lista do Festivalando 🙂

EXIT Festival: o primeiro grande festival pós-quarentena?

O EXIT Festival, um dos principais festivais da Sérvia, pode ser o único grande evento do tipo a acontecer ainda em 2020 após a pandemia. Ele recebeu autorização do governo sérvio e das autoridades de saúde para ser realizado dos dias 13 a 16 de agosto. A venda de ingressos foi retomada nesta segunda-feira (1) e o novo lineup será divulgado nos próximos dias.

Inicialmente agendado para julho, o EXIT chegou a ficar em “modo de espera” até maio, quando a primeira-ministra sérvia Ana Brnabić solicitou aos organizadores que o festival fosse realizado.

A decisão foi motivada pelo controle da pandemia na Sérvia e nos demais países da região dos Bálcãs. Até agora, a Sérvia registrou em torno de 11 mil casos de Covid-19 e 245 mortes, em uma população de 6,9 milhões de habitantes.

“Novo normal”

Apesar do controle da disseminação do coronavírus e do sinal verde das autoridades, o EXIT Festival não terá o seu formato tradicional.

No lugar dos cerca de 40 palcos e público diário de aproximadamente 50 mil pessoas, haverá capacidade reduzida – especula-se que será apenas metade do habitual – e nem todos os palcos funcionarão.

Além disso, o público será limitado ao dos países europeus, já que o continente prepara-se para abertura gradual das fronteiras internas nas próximas semanas e estima-se que, em agosto, quando o festival vier a acontecer, a pandemia já terá sido totalmente controlada em toda Europa.

No entanto, os organizadores do EXIT Festival não descartam a possibilidade de exigir testes de visitantes de países europeus vindos de regiões que eventualmente tenham uma possível nova escalada de casos.

Tomorrowland digital

Depois de fazer mistério nas redes sociais, o Tomorrowland anunciou nesta quinta (4) que realizará uma edição digital. Batizado de Tomorrowland Around The World, o festival virtual será nos dias 25 e 26 de julho. Seguindo o modelo do festival “físico”, o Around The World também será temático. “The Reflection of Love – Chapter 1” vai ser o conceito por trás dos ambientes virtuais criados especialmente para o festival.

A programação, ainda a ser anunciada, terá não só o costumeiro lineup de DJs – distribuídos em oito palcos – como também webinars, jogos e workshops. E tudo isso terá um preço. O Tomorrowland Around The World terá ingressos a partir de 12,50 euros (aproximadamente 72 reais) até pacotes de 290 euros (aproximadamente 1.670 reais), à venda a partir do dia 18 de junho. Mais informações aqui.

O Tomorrowland 2020 foi cancelado e retornará em 2021, de 16 a 18 de julho e de 23 a 25 de julho. Na Bélgica, eventos de massa estão proibidos pelo menos até 31 de agosto, quando o governo fará uma nova reavaliação.

Lives de festival em junho

Diferentemente da realidade do Exit Festival, citado acima, os demais festivais ainda seguem com o seu retorno incerto e a única saída, por enquanto, continua sendo as lives.

O Festivalando fez uma lista com as lives de festival programadas para este mês. As opções incluem versões digitais de festivais já existentes, novos festivais e algumas reprises.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

2 comments

Add yours

Deixe seu comentário