Pra onde vamos? – Festivalando Season 01

Diz o Google que vão ser 2.646 km. O que a gente sabe é que vão ser seis países, sete festivais e pelo menos umas duas centenas de shows na primeira expedição festivaleira na Europa, após nosso rolezinho por Rio, São Paulo e interior de Minas. Sim, primeira porque como os europeus não sabem fazer outra coisa no verão do hemisfério norte a não ser festivalar, vai ser necessário cruzar o Atlântico muitas vezes para entender qual que é a dos festivais de lá.

Para início de conversa, vamos começar nossa rota por um dos dez maiores festivais de música do velho continente: o Roskilde, que acontece na cidade de mesmo nome, na Dinamarca, entre 29 de junho e 6 de julho. Quarentão, fundado em 1971, o evento vai festejar nossa presença com os Rolling Stones, Drake, a sensação dinamarquesa Mo e mais uma tonelada de shows. E se a gente vai representar o Brasil no meio do povo, o Emicida vai representar o país no palco, porque o rapper é uma das atrações do festival dinarmaquês este ano.

De lá, seguimos para Mälmo, no sul da Suécia, para acompanhar o baby Popegoja, nos dias 10 e 11 de julho. Em sua segunda edição, o festival é uma vitrine das novidades na cena musical do país que um dia deu ao mundo um bocado de bandas de death metal, o Abba e o Ace of Base.

O caminho segue por Montreux, na Suíça, porque a gente também é chique, tsá? Lá vamos ver qual que é a do Festival de Jazz de Montreux, evento veterano fundado em 1967. O foco será a programação gratuita, que responde por cerca de dois terços de todo o calendário do festival (a gente é chique, mas nem tanto a ponto de pagar ingressos cobrados em francos suíços). O festival começa no dia 4 de julho, mas o Festivalando chega por lá no dia 16 e fica até o fim, no dia 19.

A próxima parada será a Deutschland. Em Postdam, vamos ao Greenville Music Festival, que se orgulha por ser um festival sem nenhum tipo de patrocinador e livre de marcas. “No banner, no sponsor, no bullshit”, é o que prometem no site. No dia 26 de julho a gente descobre como isso funciona de verdade. Quando agosto começar, entre os dias 1º e 3, estaremos em Berlim para acompanhar o Resist to Exist, o maior festival de punk, hardcore e ska da Alemanha.

Na sequência, Hradrec Králové, na República Tcheca, estará nos esperando para o Brutal Assault, com todas as vertentes possíveis do heavy metal, entre os dias 6 e 9 de agosto. Dois dias depois, no dia 11, o Festivalando marca território em Budapeste, na Hungria, para acompanhar o Sziget, que compete com o Roskilde na lista dos maiores festivais do continente. Numa ilha (que não é deserta) vamos ver a ruivice irresistível de Josh Homme e seu Queens of the Stone Age, Prodigy e muita arte em performances e instalações.

VEM GENTE!

Compartilhe este post

Festivalando

Festivalando é o primeiro site brasileiro sobre viagens para festivais de música. Viajamos o mundo todo para oferecer um mix de dicas, ferramentas, relatos, informação e opinião sobre o universo dos festivais.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta