onde ficar em milãoMarinaDa via Shutterstock

Onde ficar em Milão: ofertas de hotéis e melhores regiões

Milão é uma outra Itália. É, ao menos, a impressão que ficou em mim depois de cruzar o país da bota, numa viagem que começou por Roma, passou por Florença e terminou ~à milanesa~ (desculpa, não consegui evitar). Não é a Itália das ruínas milenares, das multidões de turistas ou de gente falante. É uma cidade altamente elegante, sóbria, mais moderna. Justamente por isso, é altamente visitável. Como se não bastasse tudo isso, é muito simples organizar uma visita de alguns dias à cidade. Chega-se lá fácil de trem e é bem tranquilo escolher um lugar onde ficar em Milão, como você vai ver a seguir.

A facilidade reside na boa concentração de hotéis nas regiões mais centrais, onde ficam os principais pontos de interesse para turistas, aliada à boa rede de metrô da cidade, o que agiliza os deslocamentos. Só prepare o bolso porque você vai sentir o custo mais alto de Milão. Chega a superar inclusive a über turística Roma.

De todo modo, se você não tem um nível de exigência alto demais quando o assunto é hotel, vai encontrar opções mais em conta. Para facilitar, eu selecionei algumas opções mais baratas nas principais regiões da cidade e ainda configurei no fim do texto um buscador de ofertas de hotéis em Milão. Assim, você economiza na hospedagem para fazer a rycah nas galerias chiquérrimas da cidade 😛

Onde ficar em Milão – Centro Histórico, a região mais cobiçada

O nome já indica que esta é a região de maior apelo turístico. Na região ficam a Piazza Mercanti, que abriga várias construções do período medieval, e a Piazza del Duomo, onde fica a belíssima e homônima Catedral de Milão. Para quem se interessa por moda e compras, lá estão a Galeria Vittorio Emanuele II, com lojas das principais marcas de luxo, cafés e livrarias, e o Quadrilátero da Moda, outra concentração de lojas de luxo. Se o foco é arte e cultura, no centro histórico estão também o Teatro Alla Scala e o Palácio Real, que hoje recebe exposições de arte imperdíveis. Quando estive lá, vi uma mostra retrospectiva de Andy Warhol, um sonho realizado! Ufa, é muita coisa!

Consequentemente, você vai encontrar uma quantidade enorme de hotéis, mas também vai se deparar com preços mais altos. Se dinheiro não é problema, este hotel e este hotel aqui estão praticamente grudados no Duomo e são de alto padrão.

Numa faixa de preço mais intermediária, este hotel de rede é uma boa opção pra quem não gosta de se arriscar. A mesma faixa de preço também oferece alternativas, como este apartamento e este apart-hotel. Pra turma do hostel, este aqui é um dos raríssimos da região do centro e tem um preço inacreditável de bom.

Se preferir, veja todas as opções de hotéis no Centro Histórico de Milão.

onde ficar em milão

Galeria Vittorio Emanuele II. Olgysha via Shutterstock

Onde ficar em Milão – Porta Garibaldi, ótima localização

Porta Garibaldi é a região de uma das duas grandes estações de trem de Milão, neste caso, a própria Garibaldi. É também vizinha ao centro histórico. Além disso, tem preços mais convidativos que o centro histórico. Portanto, é uma boa escolha como local de hospedagem em Milão.

Eu fiquei exatamente em Porta Garibaldi quando estive em Milão e achei ótima a minha escolhei. Fiquei neste hotel de rede, perfeito para o preço cobrado, quase grudado na estação de trem, onde cheguei vindo de Florença e de onde parti em direção ao aeroporto. Foi fácil também usar o metrô e cheguei rápido no centro histórico. É uma boa região também para encontrar apartamentos com custo menor, como este e este.

Se preferir, veja todas as opções de hotéis em Porta Garibaldi.

Onde ficar em Milão – Milano Centrale, lugar dos preços mais em conta

Milano Centrale leva este nome não porque é o centro geográfico (já vimos qual é), mas porque abriga a estação central da cidade, que leva exatamente o mesmo nome. Muitos trens partem de lá para o restante do país, então é possível que você compre passagens cujo destino final seja a Milano Centrale.

A região é vizinha do centro histórico e de Porta Garibaldi, portanto, continua sendo bem localizada. Também tem boa ligação com o metrô. Não tem o mesmo charme e e elegância do centro histórico. Mas tem muito mais hotéis com preço baixo. Alguns deles até quase quatro ou cinco vezes mais baratos que no centro histórico.

Este hostel é um dos mais baratos da região. Este hotel e este outro têm boas avaliações e preço próximo do hostel.

Se preferir, veja todas as opções de hotéis em Milano Centrale.

Ofertas de hotéis em Milão

Você pode também verificar abaixo ofertas de hotéis em Milão. Pode ser que você encontre um desconto em bons hotéis nas melhores regiões da cidade.



Booking.com

Vai viajar para a Itália? Faça agora o seu seguro viagem. Ele é exigido para entrar na Europa, e se você não apresenta-lo será barradx na migração. Além disso, é a garantia de que você estará amparadx caso haja algum imprevisto com a sua saúde. Aqui você pode pesquisar o melhor preço em várias seguradoras, comprar o que se adequar ao seu orçamento, conseguir um desconto e parcelar sem juros.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta

Close