Lollapalooza Brasil | Avaliações

Lollapalooza

Brasil

lollapalooza brasil

O Lollapalooza Brasil chegou ao país em 2012 e se firmou como um dos principais festivais do calendário. Desde 2014, acontece no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Média das

avaliações

3.3
Rated 3.3 out of 5
3.3 de 5 estrelas (com base em 18 avaliações)
Ótimo6%
Bom33%
Regular50%
Ruim11%
Péssimo0%
Últimas

avaliações

Falta de banheiro

Rated 3 out of 5
Lineup e Programação
Rated 5 out of 5
Estrutura
Rated 3 out of 5
Ambiente
Rated 4 out of 5
Alimentação
Rated 3 out of 5
Custo-benefício
Rated 1 out of 5
Você iria outra vez neste festival?Sim
23 de abril de 2022

O preço das bebidas são extremamente abusivos! Já estou acostumada a ir em festivais, mas esse em si foi o mais caro! Um COPO de água 200 ml: 6 reais! A comida era ok, pizza por 20,00 lanches 25,00 estavam boas e preço ok. Se tinha 20 banheiros químicos pra cem mil pessoas, era muito! E todos em estado de calamidade, impossíveis de usar, um nojo!
Os shows foram ótimos, porém a distância dos palcos e a falta de organização do line foi ruim! Era difícil ir de um palco pra outro em menos de 20 minutos (muitos morros e distância)
A saída foi a pior parte!! Falta de sinalização e informações pra sair! Uma avalanche de pessoas e mais de 2km andando pra sair do autódromo

Avatar for Ana Leticia
Ana Leticia

Shows ótimos, organização meia boca

Rated 3 out of 5
Lineup e Programação
Rated 5 out of 5
Estrutura
Rated 2 out of 5
Ambiente
Rated 2 out of 5
Alimentação
Rated 1 out of 5
Custo-benefício
Rated 3 out of 5
Você iria outra vez neste festival?Sim
12 de abril de 2022

Foi meu primeiro Lolla, e tenho algumas impressões:
– Faltou a estação de água;
– O acesso aos palcos Ônix e Adidas é muito difícil pra quem chega de metrô;
– As opções de comida são insuficientes e caríssimas;
– A revista na entrada é ridícula, entrei com bebidas em dois dias, mas se estivesse com uma arma entraria também;
– Jogaram o reembolso da pulseira pro Palco Ônix, o que não faz sentido algum já que o ponto de recarga principal era perto do Perry’s.
No geral, a minha experiência foi boa porque os shows foram perfeitos, mas falta organização, clareza em alguns procedimentos e principalmente bom senso da organização. Pretendo ir pro Lolla Argentina ou Chile no ano que vem, pra ver qual é a deles

Avatar for Marcus Vinícius
Marcus Vinícius

As atrações salvaram o evento

Rated 4 out of 5
Lineup e Programação
Rated 5 out of 5
Estrutura
Rated 4 out of 5
Ambiente
Rated 4 out of 5
Alimentação
Rated 2 out of 5
Custo-benefício
Rated 3 out of 5
Você iria outra vez neste festival?Sim
4 de abril de 2022

Só valeu pelas atrações, por ser um festival tão caro deixou muito a desejar, principalmente o banheiro… impossível de usar. O Rock in Rio que é muito mais acessível (pelo preço e opções de parcelamento), dá de dez a zero no Lolla, sem contar com os preços absurdos lá dentro, até os copos do evento são pagos 😭 E não tem estrutura nem pra aguentar chuva, é um absurdo pararem o evento e causarem aquele caos todo.

Avatar for Bianca
Bianca

Primeira vez no Lolla e foi melhor do que esperava

Rated 4 out of 5
Lineup e Programação
Rated 5 out of 5
Estrutura
Rated 4 out of 5
Ambiente
Rated 3 out of 5
Alimentação
Rated 5 out of 5
Custo-benefício
Rated 3 out of 5
Você iria outra vez neste festival?Sim
4 de abril de 2022

Fui no sábado, com meu amigo e meu pai, dentro do que queríamos ver deu tempo para descansarmos e disfrutamos de tudo, pontos de alimentação em todo o lugar, mas achei os preços um pouco caros

Avatar for Arthur
Arthur

Já foi melhor

Rated 2 out of 5
Lineup e Programação
Rated 2 out of 5
Estrutura
Rated 2 out of 5
Ambiente
Rated 2 out of 5
Alimentação
Rated 2 out of 5
Custo-benefício
Rated 2 out of 5
Você iria outra vez neste festival?Sim
4 de abril de 2022

A Line-Up pra 2020 que iria ser o Lolla pra quem comprou entre 2019-2020 tava MUITO melhor, o fato do Bolsonaro ter feito aquela ”lei” que proibia o reembolso por dinheiro complicou a vida de muita gente que apesar de ser um festival bem eclético pela diversificação dos palcos e dos estilos tocados tem gente sim que realmente vai pra ver uma ou outra atração como por exemplo teve muita gente que ia só pra ver Travis e Lana. A data do reembolso e a incerteza de quem viria pro ano de 2022, fez muita gente ter que vender as pulseiras por um valor menor por causa da line-up pior que veio em 2022. Pra mim a programação deveria ser feita como os festivais de eletronica, tomorrowland, edc, ultra. TODOS os palcos tocam ao mesmo tempo basicamente, sim você vai perder uma ou outra banda dependendo mas você não vai perder 30-40 minutos parado tentando se locomover pra outro palco.
A estrutura real é sempre a mesma coisa, fui a TERCEIRA vez esse ano muda uma ou outra coisa de ”patrocinadores” mas continua a mesma porcaria, a diferença pra esse ano é que monetizaram uma área que antes era livre pra virar a área ”confort” que é um degrau a menos do Lounge.
O ambiente depende de muitas variáveis na minha opinião, o espaço do evento tem tudo pra fazer um festival maravilhoso, porém eles pecam em muitas coisas que afetam o ambiente em si, começa pela revista. Não pediram documento nenhum pra eu entrar em nenhum dos 3 dias, mas pediram meu RG pra eu pedir refrigerante? tipo ?? Passava qualquer coisa na revista oq dependendo pode fazer o ambiente ficar ”perigoso” em alguns aspectos, segurança lá no geral só serve pra ser poste de enfeite, sabe aquelas estátuas que deixam de enfeite por São Paulo em eventos culturais? Então, a diferença é que eles sabem falar: ”Não sei ou pode passar” o que passou de maconha e cigarro eletronico misericórdia, isso que o ambiente é bem aberto mas tava com MUITA FUMAÇA, pra quem tem asma ou problemas respiratórios o pessoal tava real passando muito mal. Os seguranças nunca sabiam te passar informação nenhuma, causaram na saída do Sábado pós show da Miley/Alok e causaram na entrada do Domingo.
A alimentação esse ano achei que tinha uma maior variedade de opções pra comer, mas tava uma exploração pesada, big mac + batata grande sem refri por 35 conto no MC Donalds só tendo opção de Mc Melt, Big Mac e 10 Nuggets + batata frita foi um tiro no coração. O preço da água tava até OK, lembro que já paguei 7 conto em 235 ml de água, porém por não ter fonte de água devido a pandemia provavelmente poderiam ter abaixado pra 4-5 tranquilamente que eles ainda iam sair no lucro.
Custo Benefício – Pra quem pegou primeiro e segundo lote acho que foi OK, pra quem pegou a partir do terceiro foi caro pra caramba a menos que a pessoa tenha pego o ingresso pra ver em alguém em específico. O day a inteira tava saindo 1k+ o último lote tipo WTF?
Se alguém quiser mais alguma info a respeito, não sei se pode porém meu IG é @lkuro_

Avatar for Leandro Todo
Leandro Todo

Melhor opção de festival realizado no Brasil.

Rated 5 out of 5
Lineup e Programação
Rated 5 out of 5
Estrutura
Rated 5 out of 5
Ambiente
Rated 5 out of 5
Alimentação
Rated 5 out of 5
Custo-benefício
Rated 4 out of 5
Você iria outra vez neste festival?Sim
4 de abril de 2022

O Lollapalooza vem se consolidando como a melhor opção de festival no Brasil. Mesmo com intempéries da pandemia e problemas estabelecidos por casos fortuitos e/ou por força maior, conseguiu entregar um festival com uma estrutura e experiência indescritível aos que estavam sedentos por um festival de musica depois de tanto tempo parado por causa da pandemia.

Avatar for Nicolas Cavalcante
Nicolas Cavalcante

O Lolla é grande, mas vou esperar pelo The Town

Rated 3 out of 5
Lineup e Programação
Rated 4 out of 5
Estrutura
Rated 2 out of 5
Ambiente
Rated 3 out of 5
Alimentação
Rated 3 out of 5
Custo-benefício
Rated 3 out of 5
Você iria outra vez neste festival?Não
4 de abril de 2022

Já fui 3 vezes: 2017, 2018 e 2022 e sempre tive a mesma experiência:
1. Line-up bom com nomes de peso e nomes alternativos (conheci muita banda boa lá).
2. Do resto, perrengue – para comer, para ir ao banheiro, para ir embora.
3. Pelo preço, a estrutura deveria ser bem melhor!
Como moro em São Paulo, é muito fácil (e barato) chegar lá de metrô.
Maaasss… está chegando o The Town, que será no mesmo local e promete uma estrutura muito melhor. Se for assim mesmo, não gastarei mais meu suado dinheirinho com o Lolla.

Avatar for Miguel Angelo
Miguel Angelo

Um grande festival, mas com muitos pontos a serem melhorados

Rated 3 out of 5
Lineup e Programação
Rated 4 out of 5
Estrutura
Rated 3 out of 5
Ambiente
Rated 3 out of 5
Alimentação
Rated 4 out of 5
Custo-benefício
Rated 3 out of 5
Você iria outra vez neste festival?Sim
1 de abril de 2022

Não é à toa que o Lollapalooza é considerado um dos maiores festivais do Brasil. Com nomes como Miley Cyrus, Foo Fighters, Doja Cat e The Strokes, o lineup dá um banho até mesmo em certos festivais dos Estados Unidos e Europa. Mas é claro que experiência de um evento como esse não pode ser medida somente pelas atrações musicais.
Falando do próprio lineup, acho que o Lolla investe muito em bons artistas internacionais, mas não se empenha em trazer grandes nomes da música brasileira. É claro que queremos ver no palco os novos nomes da MPB como Jão, Marina Sena, Djonga e MC Tha, mas, ao mesmo tempo, penso que seria incrível ter artistas consagrados como Alceu Valença, Milton Nascimento, Maria Bethânia, Elba Ramalho e tantos outros. Ainda sobre a programação, algumas coisas não fazem sentido: nesse ano, tivemos atrações pop (Glória Groove e Ashnikko) se apresentando no longínquo palco de música eletrônica, enquanto DJs performavam nos palcos principais (Caribou e Martin Garrix).
A estrutura é um dos principais pontos negativos. Após tantas edições, acredito que já tenha dado tempo de pensarem em uma solução melhor que os terríveis banheiros químicos. A saída do festival também é um problemão. Quem já foi ao Rock in Rio sabe da praticidade que é deixar a Cidade do Rock via transporte público após o fim dos shows: há ônibus passando sem parar e o metrô funciona 24 horas nos dias de festival. No Lolla, temos cem mil pessoas deixando o evento por dois portões e se arrastando lentamente como uma horda de zumbis até a estação de trem, que fecha poucas horas após o fim do último show. A experiência é péssima, pois todo mundo já está cansado de andar por várias horas durante o dia, e o festival não facilita em nada na hora de ir pra casa. Ainda em relação ao serviço, um ponto positivo são as pulseiras cashless, que agilizam a compra de comidas e bebidas; no entanto, sinto a necessidade de mais guichês de atendimento ao cliente. Eu tive problema com o saldo da minha pulseira e precisei andar um tempão até encontrar um ponto de atendimento. O fato de não oferecerem estações de água é vergonhoso. Não me deixaram entrar com nenhum tipo de água, nem mesmo copinho.
Eu não tive problemas com a segurança, mas vi relatos de outras pessoas de que aconteceram furtos dentro do autódromo. A revista na entrada é praticamente inexistente.
As comidas e bebidas são caras, mas isso é padrão de qualquer festival. Há bastante opções e não precisei enfrentar filas pra comer e beber.
Enfim, acho que é um festival grande e caro; por conta disso, alguns dos pontos negativos que mencionei são inaceitáveis. Espero que a chegada de novos festivais a São Paulo faça com que o Lolla repense alguns pontos e que, no próximo ano, eu possa voltar aqui e escrever uma resenha bem mais positiva, afinal, o Lollinha ainda é um dos eventos mais queridos pelos fãs de música brasileiros 🙂

Avatar for Léo
Léo

Desorganizado

Rated 3 out of 5
Lineup e Programação
Rated 4 out of 5
Estrutura
Rated 1 out of 5
Ambiente
Rated 3 out of 5
Alimentação
Rated 4 out of 5
Custo-benefício
Rated 3 out of 5
Você iria outra vez neste festival?Sim
1 de abril de 2022

Demorei 3h aguardando as maquininhas de recarga da pulseira voltarem a funcionar. Não anunciaram após o temporal que os shows haviam voltado, o que fez com que eu perdesse um show.

Avatar for Matheus
Matheus

Adorei os shows, fiquei tensa com a falta de segurança

Rated 4 out of 5
Lineup e Programação
Rated 4 out of 5
Estrutura
Rated 3 out of 5
Ambiente
Rated 3 out of 5
Alimentação
Rated 5 out of 5
Custo-benefício
Rated 4 out of 5
Você iria outra vez neste festival?Sim
1 de abril de 2022

Falta a organização do Lolla um pouco de vivência de Carnaval no Rio de Janeiro. Lá tinha até ambulante credenciado e mais banheiro químico.
Brincadeiras a parte, durante a saída do show da Milley fiquei com muito medo de rolar um empurra-empurra e alguém sair pisoteada como aconteceu no festival de Houston. Já no domingo, quando pararam os shows no começo da tarde, eu não consegui entrar e fiquei de cara dos seguranças que fazem as revistas. Uma galera ameaçou invadir, rolou um princípio de tumulto. Foi bem tenso.
Amei os shows e a parte dos Chefs Stage, mas fiquei com medo das questões de segurança e fluxo de pessoas. Talvez medidas mais sérias só serão tomadas quando algo pior acontecer 🙁

Avatar for Natie Soares
Natie Soares
Conte a sua

experiência

Deixe a sua avaliação e a sua nota para o Lollapalooza Brasil com base na sua experiência no festival.

Este é um espaço coletivo, cuja ideia é reunir a experiência de quem vai ao festival em um mesmo lugar, tenha sido ela boa ou ruim, para servir de referência para outras pessoas e para o próprio festival. Portanto, faça uma resenha sincera e use linguagem adequada.

Para evitar spam, os comentários são moderados. Preencha o formulário abaixo com base nos seguintes quesitos:

Lineup e programação

Escalação de artistas e atividades em geral, realizadas pelo festival ou patrocinadores.

Estrutura

Banheiros, opções de transporte e pontos de informação.

Ambiente

Segurança, limpeza e conforto em geral.

Acessibilidade

Se você tem algum tipo de deficiência, preencha o campo indicado no formulário.

Alimentação

Hidratação e venda de lanches e bebidas.

Custo-benefício

O festival vale o quanto custa?