popload festival 2017Oswaldo Corneti/Divulgação

Popload Festival 2017: o que você precisa saber

Atualizado em 13/11/2017 – Escolhemos o Popload Festival 2017 para ser a nossa saideira deste ano, mas olha… Bateu um medinho. Até dois dias atrás não se tinha nem sinal de quando começaria a entrega das pulseiras (a propósito, festivais do BR precisam melhorar seu relacionamento com pulseiras). Teve gente nervosa, impaciente e até uma turma que duvidou da realização do festival.

A coisa começou a fluir, ainda que atrasada, e agora parece que é só esperar pelo feriado. Mas não sem antes dar uma lida naquele bê-a-bá super prático sobre o festival que a gente aqui no Festivalando faz como ninguém. Tira-dúvidas, detalhes, dicas, está tudo aqui:

Como chegar

O Popload Festival acontece no Memorial da América Latina (av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda), exatamente ao lado da estação Palmeiras-Barra Funda do metrô (linha vermelha) e do Terminal Rodoviário Barra Funda. Tarifa do metrô: R$ 3,80.

DICA: as primeiras duas mil pessoas que chegarem ao festival vão receber bilhetes do metrô para usar na volta 😉

Entrada Pista: Portão 1
Entrada Pista Premium: Portão 2
Entrada PNE: informações pelo e-mail [email protected]

Programação

12h00 Abertura dos portões
13h20 Neon Indian
14h50 Ventre
15h50 Carne Doce
17h00 Daughter
18h30 PJ Harvey
21h00 Phoenix (previsão de encerramento: 22h15)

O que pode e não pode levar?

Será permitida a entrada de alimentos desde que sejam industrializados e originalmente lacrados (limitados a quantidade de 3 unidades por pessoa).

Atenção aos objetos proibidos:

  • Guarda-chuva
  • Pingentes / correntes pesadas
  • Objetos Pontiagudos (canetas, palito de cabelo, etc)
  • Objetos Perfurocortantes (tesoura, cortador de unha, lâmina de barbear)
  • Qualquer material cuja dimensão ou peso possa provocar ferimentos
  • Balões em geral
  • Malabares
  • Fogos de artifício e de estampido
  • Substâncias tóxicas
  • Bebidas alcoólicas
  • Remédios (exceto se acompanhados da prescrição médica)
  • Bandeiras com mastro
  • Papel em rolo de qualquer espécie, jornais, revistas, livros e cartazes
  • Vasilhames, copo de vidro ou qualquer outro tipo de embalagem, contendo bebidas ou refrigerantes de qualquer natureza
  • Máquinas fotográficas profissionais (lente intercambiável), filmadoras, gravadores, bastão de selfie e drones
  • Laser pointers
  • Tablets e notebooks
  • Arma de fogo e branca de qualquer tipo ou espécie

Pulseiras

Retirada/Entrega

  • Retirada em ponto físico – As pulseiras devem ser retiradas até o dia 14 de novembro, no Cine Joia (Praça Carlos Gomes, 82 – Sé, São Paulo). Horários: das 10h às 18h, de segunda a sábado, ou das 10h às 16h, no domingo. É preciso levar RG + voucher da compra no celular ou impresso. Terceiros podem fazer a retirada, desde que apresentem autorização autenticada  (modelo aqui) e os demais documentos. No dia do festival, a retirada será na bilheteria do evento, no Memorial da América Latina.
  • Entrega em domicílio – Quem optou por receber as pulseiras em casa vai receber um e-mail com código de rastreamento. A organização promete a entrega até o dia 13/11. Caso não chegue até esta data, é preciso entrar em contato pelo e-mail [email protected]cketload.com para que a pulseira seja retirada na bilheteria no dia do festival, a partir das 11h.
  • Popload Social – Quem ganhou um ingresso por participar das ações de voluntariado do festival vai receber um e-mail no dia 13/11 com instruções para retirada da pulseira.

Registro, carga e recarga

O registro e o carregamento antecipado de créditos na pulseira cashless devem ser feitos no site cashless.poploadfestival.com. As cargas online são feitas em múltiplos de R$ 30 (valor mínimo) com cartão de crédito.

No dia do festival, as cargas devem ser feitas nos caixas com cartão de crédito, débito ou dinheiro. O valor mínimo para carregamento é de R$ 1 (um real).

Fabrício Vianna/Divulgação

Quanto carregar?

A organização divulgou a tabela de preços dos produtos que estarão à venda no festival:

popload festival 2017 popload festival 2017 popload festival 2017 popload festival 2017

O Popload Festival terá também uma feirinha gastronômica com curadoria da chef Helena Rizzo e participação de alguns restaurantes de São Paulo.

popload festival 2017

Reembolso

Há duas modalidades de reembolso, que variam conforme a maneira como for feita a carga nas pulseiras

1) Reembolso automático: somente para cargas feitas online. Basta aguardar o reembolso no cartão de crédito utilizado. Será cobrada uma taxa de R$ 10 para a devolução dos créditos remanescentes

2) Reembolso manual: para cargas feitas no festival com dinheiro, cartão de crédito e de débito. É preciso preencher um formulário que estará disponível no site cashless.poploadfestival.com entre os dias 16/11 e 30/11. O reembolso manual terá início no dia 8/12 e também haverá cobrança de uma taxa de R$ 10 para a devolução dos créditos remanescentes

Esquenta no Spotify

Vamos ao Popload na condição de Embaixadoras do Spotify e, por isso, o festival já tá rolando pra gente lá no player. Playlists pra ouvir enquanto dia 15 não chega: This is PJ Harvey, This is Phoenix, This is Daughter, a playlist oficial do festival e a nossa:

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

2 comments

Add yours
  1. Renan 8 novembro, 2017 at 03:24 Responder

    Fiquei com vontade de ir quando assisti ao último filme da Eleanor Coppola, Paris Can Wait, que tem algumas músicas do Phoenix na trilha sonora. Em 2014, cheguei a ver um pedaço do show deles, em que optei por ver o show inteiro do Imagine Dragons. Hoje me bate um arrependimento enorme, haha. Como meu dinheiro já estava comprometido para alguns shows em dezembro, tive que fazer escolhas. Mas queria muito ir ver PJ Harvey e o Phoenix, mas vou deixar pra próxima. E o Ozzy em BH, que notícia maravilhosa dessa turnê deles pelo Brasil, ein?

    • Priscila Brito 8 novembro, 2017 at 20:18 Responder

      Olha, eu já vi o Black Sabbath aqui em BH, inclusive eu e Gra fomos juntas a esse show na esplanada do Mineirão. Tendo isso em vista, preferia agora ver o Ozzy num lugar inédito pra mim, tipo um Download Festival da vida hahaha (aquelas que não se contenta com pouco)

Deixe uma resposta

Close