como é ir ao governors ball festivais no exteriorFotos Arquivo Pessoal

5 histórias de [email protected] em festivais no exterior pra você se inspirar

Está decretado, você já sabe: as pessoas estão festivalando. E desde que a gente começou a contar aqui nossas histórias de viagens para festivais, também abrimos espaço para [email protected] que quisessem compartilhar suas próprias histórias em festivais no exterior. Elas estão todas reunidas na seção [email protected] [email protected] e neste post destacamos algumas delas pra você se inspirar e também viajar para um festival.

Importante lembrar que a seção [email protected] [email protected] está sempre aberta para agregar mais um relato. Sendo assim, está feito o chamado: se você viajou para um festival no exterior ou fez uma viagem memorável para um festival aqui no Brasil mesmo, compartilhe sua história com a gente 😉 Escreva para [email protected]

Karina Bernardo no Coachella e Lollapalooza, nos Estados Unidos

como e ir ao coachella festivais no exterior

A Karina, que hoje conta suas experiências de viagem no blog Malão, já dividiu com a gente histórias em dois super festivais dos Estados Unidos, o Coachella e o Lolla Chicago. No primeiro caso, é um exemplo clássico de como você pode programar suas próximas férias somente em função de uma viagem para o Coachella. No segundo caso, é um ótimo exemplo de como dá para encaixar no seu roteiro uma escapada para o Lollapalooza Chicago mesmo quando sua viagem tem outra finalidade.

Ana Zacchi no Governors Ball, nos Estados Unidos

como é ir ao governors ball

A Ana também trouxe pra gente uma história de festival nos Estados Unidos, só que na Costa Leste. Ela viajou até Nova York para o Governors Ball, festival com lineup irresistível que pouco a pouco está virando motivo de cobiça por aqui no Brasil. No relato a gente percebe como as viagens para festivais reservam surpresas turísticas, como usar um ferry (e não o clássico metrô de NY) para chegar ao festival.

Ivan Coluchi no Tuska Open Air, na Finlândia

finlândia tuska open air

Fotos Ivan Coluchi

O Ivan viajou até a Finlândia para o Tuska Open Air, um dos principais festivais de heavy metal do país. Pra quem tem aquela imagem gélida de qualquer da Escandinávia, o Tuska oferece um ótimo contraponto. Como bem destacou o Ivan no seu relato, o festival acontece em pleno verão na capital finlandesa, Helsinque, o que implica shows sob o sol até as 23h! – devido à localização do país mais ao norte do globo terrestre, os dias de verão são longuíssimos.

Sandra Nunes no Hellfest, na França

Sandra e Gra no Hellfest, antes do show do Satyricon.

Sandra e Gra no Hellfest, antes do show do Satyricon.

A Sandra é nossa querida leitora de Portugal (a propósito, olá, pessoal de Portugal que lê o Festivalando! A gente sabe que vocês estão aí!). Ela colaborou com a nossa cobertura do Blastfest, na Noruega, e do Graspop, na Bélgica, mas antes disso ela contou pra gente sobre sua experiência no acampamento do Hellfest, na França. É um exemplo lindo de como esse movimento de gente viajando pra festivais é gigante e de como o Festivalando está atravessando fronteiras além-mar!

Kênnia Trevizani e Camilo Lucas no Rock in Rio

kennia no rir rock in rio 1985

Ok, tá certo que a promessa era de juntar histórias de viagens para festivais no exterior, mas as histórias da Kênnia e do Camilo no Rock in Rio valem muito a exceção. Primeiro, porque eles trouxeram pra gente relatos de como foi o primeiro Rock in Rio da história, em 1985, com detalhes muito parecidos com o que um jovem de hoje às vezes precisa viver para conseguir fazer uma viagem para seu primeiro festival: arrumar um emprego de última hora pra juntar dinheiro, encarar viagens homéricas de ônibus. Segundo, porque mostra como a gente pode ter experiências memoráveis em festivais também no quintal de casa 😉

Pra reforçar: se você também viajou pra um festival no exterior ou aqui mesmo no Brasil e quer contar pra todo mundo, mande sua história pra gente e ela aparece aqui! Escreva para [email protected] 😉

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora também coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Além de uma das mães do Festivalando, sou colaboradora da Mixmag e do Brasil Post e autora do Porque eu gosto de música. Também ajudei Paul McCartney a falar uai em pleno Mineirão.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta