Festival Update: Volta do Spirit festival, novo local do Ultra e alerta Zika

No Festival Update de hoje você vai ficar sabendo os detalhes sobre a volta do Spirit festival (SP) e sobre a mudança de local do Ultra Brasil (RJ). Além disso, você fica por dentro das repercussões sobre o Zika  vírus nos festivais latino americanos, depois do cancelamento do Lollapalooza Chile.

Lembrando: o Festival Update chega primeiro pra quem é Festivalando+.

O Festivalando+ é a super plataforma que inclui acesso ao nosso mapa de festivais, planner de viagem, o Almanaque Festivalando e conteúdos exclusivos como este. O melhor de tudo: é gratuito e você só tem que se inscrever. VEMGENTE!

Spirit festival está de volta

 

Um dos festivais mais importantes da cena eletrônica do Brasil e da América Latina está de volta. O Spirit – festival de São Paulo acontece desde 2004, mas teve uma pausa de três anos que fez muita falta para o cenário nacional dos fests de eletrônica. A boa notícia é que o festival ressurge agora no dia 29 de outubro deste ano, em São Paulo, no Sambódromo do Anhembi. E para voltar em grande estilo, vem com um line-up que tem nomes como Alok, Dubdogz, Capital Monkey, Cat Dealers, Hot Bullet e mais.
Reformulado em um conceito mais urbano, o festival promete um grande retorno. Os ingressos já estão à venda aqui e custam entre R$ 60 e R$240 na pré venda especial. Depois deste período de vendas limitadas, os ingressos terão valores entre R$200 e R$290.

O evento acontece no Sambódromo do Anhembi, Av. Olavo Fontoura, São Paulo – SP, de 20h às 8h da matina. Fique ligado com a gente para mais informações.

Ultra Brasil define novo local para a edição de 2016

640px-Quinta_da_Boa_Vista_17

Quinta da Boa Vista, Rio de Janeiro. Wikimedia Commons.

Depois de enfrentar uma enorme demanda por mais ingressos, a organização do festival de música eletrônica Ultra Brasil decidiu mudar o local do evento para uma área maior e mais confortável. Agora, o Ultra Brasil vai acontecer no parque da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro. As datas continuam as mesmas: dias 14 e 15 de Outubro de 2016. O parque é um dos lugares mais bonitos do Rio de Janeiro, garantia de conforto e contato com a natureza exuberante para esse festival que já é sucesso!

Deu Zika nos festivais da América Latina?

maximus festival

Depois do cancelamento do Lollapalooza Colômbia no último mês devido ao anúncio de que Rihanna não viria mais para o festival por precauções diante do Zika Virus, a imprensa internacional tem especulado sobre a realização dos demais festivais na américa latina, dentre eles os grandes como o Maximus Festival, que acontece em Setembro em Buenos Aires, Argentina e São Paulo, Brasil.

A histeria com relação ao virus tem feito com que vários atletas que estão vindo para as olimpíadas no Brasil congelassem sues sêmens. E há uma grande especulação na imprensa itnernacional para os eventos musicais que se seguem no Brasil nos próximos meses. A web especializada IQ – Live Music Intelligence fez um artigo no qual conversou com a produtora Move Concert, uma das maiores responsáveis pelos próximos eventos no continente sul americano.

Segundo a entrevista, a Move Concerts não enfrenta qualquer tipo de problemas com relação a vendas ou cancelamentos. Até agora, todos os eventos estão confirmados.

Algumas áreas, como a área Colombiana, não são necessariamente tão perigosas para os eventos. Além disso, com o inverno a reprodução do mosquito transmissor tem uma queda, o que ameniza a situação.

Mas, existem riscos reais para os turistas? Sim. Talvez seja hora de os produtores de repelentes começarem a fazer parceirias com os festivais de música por aqui 😉

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer com 2 colegas um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário sobre as Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Foi por paixão também que larguei um emprego público, para me aventurar pelo mundo dos festivais com a Pri.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta

Close